1ª VEZ NA HISTÓRIA
TEMER AUTORIZA TROPAS FEDERAIS CONTRA MANIFESTAÇÕES EM BRASÍLIA
RUI DIZ QUE ABDICA DO MANDATO POR ELEIÇÕES DIRETAS EM TODOS OS NÍVEIS
CRISE
RUI DIZ QUE ABDICA DO MANDATO POR ELEIÇÕES DIRETAS EM TODOS OS NÍVEIS
CONFRONTO COM A POLÍCIA E VANDALISMO MARCAM MANIFESTAÇÃO EM BRASÍLIA
PROTESTO
CONFRONTO COM A POLÍCIA E VANDALISMO MARCAM MANIFESTAÇÃO EM BRASÍLIA
JUSTIÇA BAIANA SUSPENDE COBRANÇA ANTECIPADA DO ITIV
IMPOSTO
JUSTIÇA BAIANA SUSPENDE COBRANÇA ANTECIPADA DO ITIV
SESSÃO DA CÂMARA TEM GRITARIA E TROCA DE EMPURRÕES
CONFLITO
SESSÃO DA CÂMARA TEM GRITARIA E TROCA DE EMPURRÕES
TEMER DIZ A SENADORES QUE FICA NA PRESIDÊNCIA ATÉ O FIM DO MANDATO
SEM RENÚNCIA
TEMER DIZ A SENADORES QUE FICA NA PRESIDÊNCIA ATÉ O FIM DO MANDATO
MANIFESTANTES CONTRÁRIOS A TEMER OCUPAM AVENIDA SETE
MAIS UM
MANIFESTANTES CONTRÁRIOS A TEMER OCUPAM AVENIDA SETE
SPORT NEGOCIA E CONSEGUE MAIS INGRESSOS PARA SUA TORCIDA
ESPORTE
SPORT NEGOCIA E CONSEGUE MAIS INGRESSOS PARA SUA TORCIDA
TIMBALADA TERÁ MUDANÇAS NA BANDA, DIZ COLUNISTA
ENTRETENIMENTO
TIMBALADA TERÁ MUDANÇAS NA BANDA, DIZ COLUNISTA
IVETE DESABAFA SOBRE VIOLÊNCIA: ‘O MUNDO ESTÁ DE CABEÇA PRA BAIXO’
ENTRETENIMENTO
IVETE DESABAFA SOBRE VIOLÊNCIA: ‘O MUNDO ESTÁ DE CABEÇA PRA BAIXO’


COLUNISTAS
 

JOSÉ MACIEL - BAHIA PODERÁ TER INVESTIMENTO DE R$ 160 MILHÕES
LUCAS LEAL - A SEMANA NA BOLSA DE VALORES - SEMANA HISTÓRICA
ADARY OLIVEIRA - O MUNDO DO FAZ DE CONTA


BUSCA
 



ENTREVISTAS
 


JAQUES WAGNER- SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO


SEU INVESTIMENTO
 


JUROS É PRINCIPAL BARREIRA PARA 38% DOS EMPRESÁRIOS QUE NÃO BUSCAM CRÉDITO




FRASE DO DIA
 


"Nem me esperou chegar de Brasília, Correria? Vai ter que andar comigo no metrô, do Iguatemi ao CAB. Estamos juntos. Nada resiste ao trabalho"

Otto Alencar
Senador comentou a postagem do Facebook do governador Rui Costa indo trabalhar de metrô







OUTRAS NOTICIAS
 
24/05 - 18h18m


 

Após o pedido de exoneração de Roberto Freire (PPS) na última quinta (18), o secretário-executivo do Ministério da Cultura, João Batista de Andrade, assume interinamente a pasta. 
 
Batista havia sido convidado a substituir Manoel Rangel na presidência da Ancine (Agência Nacional do Cinema) a partir de maio. Entretanto, com o pedido de Freire na última quinta (18), precisa assumir o MinC, de acordo com o previsto no regimento da pasta.
 
Aos 77 anos, Andrade acumula mais de 50 anos de carreira no cinema. Seu filme mais famoso é "O Homem que Virou Suco" (1980), que trata de um poeta retirante (José Dumont) que chega a São Paulo e se envolve em encrenca na cidade.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 17h57m


 

O presidente Michel Temer autorizou o emprego das Forças Armadas para controlar as manifestações no Distrito Federal. Essa é a primeira vez na história em que um presidente convoca o exército para conter manifestações no congresso.

A autorização para intervenção das forças armadas foi publicada na tarde desta quarta-feira (24), em edição extraordinária do Diário Oficial da União (DOU).
 
Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o presidente considera “inaceitável” a confusão que ocorre na capital do país e “não permitirá que atos como esse venham turbar um processo que se desenvolve de forma democrática e com respeito às instituições”.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 17h45m


 

Diante de uma grande ofensiva da polícia e da Força Nacional no centro da manifestação no gramado em frente ao Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios, os carros de som que acompanham o protesto estão deixando a região e pedindo para os manifestantes se retirarem também.
 
Há muita fumaça e cheiro de gás no local e os helicópteros da polícia não param de sobrevoar a região. Apesar da dispersão do movimento, ainda há muitos manifestantes e pontos de confronto e a polícia continua soltando bombas de gás lacrimogêneo e atirando balas de borracha. As áreas mais tensas estão próximas aos ministérios da Justiça, da Saúde e do Itamaraty.


 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 17h29m


 

A sessão da Câmara dos Deputados desta quarta-feira (24) teve gritaria e troca de empurrões entre deputados da oposição e da base de apoio do governo.  A confusão ocorreu enquanto, do lado de fora do Congresso, manifestantes ocupavam a Esplanada dos Ministérios para pedir a saída do presidente Michel Temer.
 
Desde a semana passada a crise política tem se agravado em razão das delações dos executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato, que atingem, principalmente, Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), afastado do mandato parlamentar pelo Supremo Tribunal Federal. Após as informações passadas pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, o ministro do STF, Luiz Edson Fachin autorizou a abertura de inquérito para investigar Temer.
 
Confusão - Durante a sessão desta quarta, deputados da oposição subiram à mesa da Presidência da Câmara no plenário e começaram a gritar palavras de ordem, como "Fora, Temer!" e "Diretas Já!". Eles estenderam, ainda, uma faixa que com os dizeres "#ForaTemer".
 
Em resposta ao protesto da oposição, deputados da base do governo começaram a gritar "Lula na cadeia". Parlamentares também trocaram empurrões na mesa do plenário.
 
Em razão do protesto na Esplanada dos Ministérios contra o governo do presidente Michel Temer, as as imediações do Congresso Nacional foram cercadas com grades e o trânsito na região, bloqueado.


 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 17h17m


 

A Câmara Municipal de Salvador aprovou 114 proposições de autoria dos vereadores, durante a sessão ordinária da tarde desta quarta-feira (24), no Plenário Cosme de Farias. Foram referendados pelos legisladores 22 projetos de lei, 72 indicações, 7 moções e 6 requerimentos.
 
Rogéria Santos foi a legisladora que mais teve propostas aprovadas. As 37 indicações, os 7 projetos de lei, as 2 moções e uma resolução, de autoria da vereadora, somaram 47 proposições referendadas por unanimidade.
 
Após a votação dos projetos, o presidente da Câmara, vereador Leo Prates (DEM), ainda promulgou dois atos: a Resolução nº 2.571/2017, para conceder o Título de Cidadã da Cidade do Salvador a Flora Gil, e a Resolução nº 2.572/2017, que trata sobre as concessões de honrarias pelos vereadores. A partir de agora, cada legislador pode oferecer, no máximo, três homenagens por ano, entre as seis homenagens que têm direito por mandato. Anteriormente, os edis só podiam conceder até duas honrarias por ano.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 17h00m

 

O presidente Michel Temer repetiu a senadores do PMDB, durante reunião nesta quarta-feira (24), que só deixará a Presidência quando seu mandato terminar. Ele disse aos senadores que vai ficar até dia 31 de dezembro de 2018. 
 
Na reunião, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), aproveitou para criticar o senador Renan Calheiros, que é líder do PMDB no Senado. 
 
Jucá disse que Renan não o representa nem representa a maioria da bancada. E pediu uma nova reunião para discutir a situação da bancada. 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 16h40m


 

Uma manifestação contrária ao governo do presidente Michel Temer (PMDB) e às reformas previdenciária e trabalhista provoca o bloqueio do trânsito nas imediações da Avenida Sete, na tarde desta quarta-feira (24). A organização do evento estima a participação de 5 mil pessoas no ato. É aconselhável que motoristas circulem por outras vias. A Polícia Militar acompanha o protesto.

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 16h39m


 

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta quarta-feira (24) identificar e dar prioridade aos processos e fiscalizações abertos na corte e que envolvam a JBS.
 
Segundo o presidente do TCU, Raimundo Carreiro, os casos ilegais denunciados pela delação premiada dos executivos da JBS são preocupantes e é preciso verificar as fragilidades nos sistemas de controle que permitiram que a empresa obtivesse vantagens indevidas.
 
Um dos processos da JBS que estão em investigação no TCU é a compra do frigorífico americano Swift Food. Em abril, a corte apontou indícios de irregularidade no aporte que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fez na JBS para a compra do frigorífico.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 16h20m


 

Durante o protesto realizado nesta quarta-feira (24), em Brasília, manifestantes entraram em confronto com policiais na Esplanada dos Ministérios, palco de manifestações contra o presidente Michel Temer. 
 
Alguns manifestantes jogaram pedras e paus no vidro do prédio do Ministério do Planejamento e acenderam duas grandes fogueiras com restos de bandeiras e papelão. A Polícia se dirigiu para o local e joga bombas para afastar os manifestantes.
 
As várias confusões que ocorrem na manifestação na Esplanada começaram, mais cedo, a partir do momento em que a polícia começou a evitar, com bombas, o acesso de manifestantes nas áreas mais próximas dos prédios dos ministérios.
 
Há confronto entre policiais e manifestantes em alguns pontos, mas a polícia lança bombas a distância desde o início, independentemente de haver ataques dos manifestantes, como intimidação e repressão. Isso ocorreu mais cedo, por exemplo, próximo ao Ministério da Fazenda e tem ocorrido no gramado central da Esplanada.
 
Manifestantes também puseram fogo no Ministério da Agricultura por volta das 15h30, o que causou a evacuação do prédio. Embora o fogo tenha sido contido há pouco, há sinais de vandalismo também foram identificados nos ministérios da Cultura e do Meio Ambiente. Pastas e documentos foram retirados. Os ministérios dividem o mesmo prédio na Esplanada.
 
Enquanto isso, os discursos dos organizadores nos carros de som têm oscilado entre palavras de ordem contra o presidente Michel Temer, pedidos de calma aos manifestantes, mas também apelos para que eles resistam às investidas da polícia. O clima é tenso de um lado e de outro.
 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h48m



 

Um incêndio começou na área interna do Ministério da Agricultura, durante protesto de manifestantes contra o presidente Michel Temer. Os prédios estão sendo evacuados agora, por volta das 15h30min. Segundo a assessoria do ministério, não há feridos. Bombeiros tentaram chegar ao incêndio, mas estão sendo impedidos pela manifestação.

Sinais de vandalismo também foram registrados nos ministérios da Cultura e do Meio Ambiente. Pastas e documentos foram retirados. Os ministérios dividem o mesmo prédio na Esplanada. Edifícios foram evacuados.
 

Atualizada em 24/05/2017 às 16h05

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h36m


 

Manifestantes que participam nesta quarta-feira (24) de marcha das centrais sindicais contra as reformas e pela renúncia de Michel Temer tentaram invadir o prédio do Ministério da Fazenda em Brasília. Com paus e mastros de bandeiras, eles quebraram o vidro do edifício e foram retirados por integrantes da Força Nacional, que fazem agora um paredão para proteger o local.
 
Os manifestantes continuam próximos ao prédio e há muito barulho de bombas, que estão sendo lançadas na Esplanada dos Ministérios pela Polícia Militar. Mais cedo um dos manifestantes foi ferido e procurou ajuda no serviço médico do próprio ministério da Fazenda. Os servidores foram orientados a deixar o prédio.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h30m


 

A defesa do presidente Michel Temer recorreu agora a tarde ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a tentativa da Polícia Federal (PF) de tomar o depoimento do presidente. De acordo com os advogados, uma escrivã da PF entrou em contato com a banca de advogados nesta manhã para saber quando Temer poderia depor.
 
Em petição enviada no início da tarde ao ministro Edson Fachin, relator do inquérito contra o presidente no STF, os advogados sustentam que Temer não pode prestar depoimento porque ainda não está pronta a perícia que está sendo realizada pela própria PF no áudio no qual o empresário Joesley Batista, dono da JBS, gravou uma conversa com o presidente.
 
Os advogados pediram ainda que, se o presidente for interrogado, o ato deverá ser presidido pelo ministro. “Pede-se vênia, ainda, para reiterar que se o presidente da República for ouvido deverá sê-lo em ato presidido por Vossa Excelência ou responder por escrito quesitos adredemente elaborados”, argumentam os advogados.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h26m



Em solenidade no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado, quando assinou parcerias com consórcios abrangendo 160 cidades, o governador Rui Costa falou sobre a crise econômica e disse que é preciso buscar uma solução que dê previsibilidade ao país e consiga fazer a travessia até as eleições  ano que vem.

Rui disse que admite até que haja eleições diretas em todos os níveis e que aqueles que foram eleitos abdiquem de seus cargos por novas eleições. Afirmou que ele como governador colocaria seu mandato à disposição para que houvesse eleições diretas em todos os níveis.
 
“Se a eleição for antecipada para todos inclusive para governador, eu topo abrir mão do meu mandato, pois acima de minhas vaidades pessoais e interesses  políticos está o povo baiano e o povo brasileiro e o país precisa de uma solução que traga segurança jurisdicional, segurança jurídica, pois do jeito que está não dá”.
 
Rui disse que está articulando uma reunião de governadores pois eles podem e devem construir uma solução para o Brasil e conclamar os empresários a gerar empregos. “O povo precisa e quer trabalhar”, concluiu Rui.

Veja Também:  Rui articula reunião de governadores e fala em reeleição
 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h17m


 

O presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, participou nesta terça-feira (23) de uma reunião na Câmara Municipal para discutir o Carnaval de Salvador. O gestor apresentou os números e dados em relação ao tema e ao mesmo tempo declarou suas expectativas e ponderações sobre as próximas edições da festa.
 
A reunião de hoje (24) faz parte de uma série de encontros promovidos pela Comissão Especial do Carnaval na Câmara com o objetivo de aperfeiçoar a maior festa popular de rua do país. O colegiado é presidido pelo vereador Moisés Rocha (PT), com a vice-presidência do edil Felipe Lucas (PMDV). Mais sete vereadores compõem a comissão.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h07m


 

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspendeu a cobrança antecipada pela Prefeitura de Salvador do Imposto de Transmissão Inter Vivos (ITIV) no momento da assinatura dos contratos de compra e venda de imóveis na planta. A constitucionalidade da medida foi questionada pelo Ministério Público, que moveu a ação cautelar, agora acatada pelo TJ. 
 
O tributo, que correspondente a 3% do valor do bem, tinha de ser recolhido aos cofres municipais antes mesmo do imóvel ser construído e entregue ao futuro proprietário. 
 
Conforme decisão do TJ-BA, que acabou de ser votado, fica mantido o recolhimento do tributo pela sistemática antiga, no momento efetivo da transmissão do bem. A forma de cobrança atual estava em vigor desde 2014, quando a mudança foi instituída na capital, ainda na primeira gestão do prefeito ACM Neto.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 15h00m


 

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara terminou a sessão da manhã desta quarta-feira, 24, sem um acordo para votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permite eleições diretas em caso de vacância da presidência da República
 
O presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), negou pressão do Palácio do Planalto para que o tema não seja pautado. O peemedebista afirmou que parlamentares da base pediram que o tema seja discutido "no momento oportuno".
 
O presidente da CCJ explicou que retirou a PEC da pauta desta quarta-feira porque sua intenção era votar outros itens e definir posteriormente a melhor data para apreciação da proposta.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 14h45m


 

Durante o protesto realizado nesta quarta-feira (24), em Brasília, manifestantes entraram em confronto com policiais na Esplanada dos Ministérios, palco de manifestações contra o presidente Michel Temer. A Polícia Militar (PM) usa bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para conter os participantes da manifestação.
 
Segundo os organizadores dos atos, mais de 100 mil pessoas são esperadas para os protestos na capital federal. Toda a região do Congresso Nacional foi cercada por agentes da Força Nacional de Segurança para evitar outros confrontos. 
 
Centrais sindicais e movimentos de esquerda de todo o país marcham em Brasília contra o presidente Michel Temer (PMDB) e pela convocação de eleições diretas nesta quarta-feira.
 
A manifestação saiu do estádio Mané Garrincha e segue em direção ao Congresso Nacional. Os bloqueios da polícia para conter os manifestantes começaram na altura do estádio. Em outro trecho, cavalaria da PM se aproxima de barreira.

 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 14h44m

 


O ministro relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, mandou retirar do processo e pôr sob sigilo os áudios das interceptacões telefônicas feitas nos telefones de alvos da operação Patmos, realizada na semana passada. Entre os investigados estão o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), a irmã dele, Andrea Neves, e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

A medida foi tomada após a divulgação de que o STF tinha tornado público, entre o material da operação, conversas sem pertinência com a investigação. Um site divulgou nesta terça-feira (23), por exemplo, uma conversa interceptada entre Andrea e o jornalista Reinaldo Azevedo.

Conforme o processo, a Procuradoria Geral da República (PGR) não havia pedido a retirada do sigilo das interceptacões, mas o sigilo foi retirado pelo relator da Lava Jato junto com o restante do material, no qual a Procuradoria pediu o fim do sigilo. A íntegra da decisão do ministro ainda não foi divulgada e Fachin também não se pronunciou oficialmente sobre o episódio da divulgação da conversa de Andrea com o jornalista.

Andrea foi presa pela Polícia Federal na operação, na quinta-feira da semana passada. A operação foi autorizada por Fachin e teve 41 mandados de busca e apreensão e 8 de prisão preventiva, segundo a PGR, autora dos pedidos. Foram realizadas também buscas em endereços residenciais e funcionais de Aécio Neves e do deputado Rocha Loures, cujos gabinetes no Congresso Nacional foram ocupados por agentes da Polícia Federal.


 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 14h00m

 


O ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes criticou, a divulgação, pela própria Corte, de uma conversa entre o jornalista Reinaldo Azevedo e Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), no âmbito da investigação relativa à delação da JBS.

"A lei que regulamenta as interceptações telefônicas é clara ao vedar o uso de gravação que não esteja relacionada com o objeto da investigação. É uma irresponsabilidade não se cumprir a legislação em vigor. O episódio envolvendo o jornalista Reinaldo Azevedo enche-nos de vergonha, é um ataque à liberdade de imprensa e ao direito constitucional de sigilo da fonte", afirmou o ministro.

O diálogo foi publicado pelo site BuzzFeed. Segundo a reportagem, a conversa entre Azevedo e a irmã de Aécio ocorreu no dia 13 de abril, logo após a abertura dos conteúdos da delação da Odebrecht. Eles também conversaram sobre Rodrigo Janot, procurador-geral da República. Azevedo anunciou na terça sua demissão da revista e afirmou que dar publicidade a "esse tipo de conversa é só uma maneira de intimidar jornalistas".
 
Os áudios fazem parte de um lote de gravações liberado pelo ministro Edson Fachin na semana passada após o fim do sigilo das delações. Em notas, a Procuradoria-Geral da República e a Polícia Federal negaram ter divulgado a conversa. A PRG disse que "não anexou, não divulgou, não transcreveu, não utilizou como fundamento de nenhum pedido, nem juntou o referido diálogo"



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h43m


A cantora, que comemora 45 anos no próximo sábado (27), usou seu perfil no Instagram para se solidarizar às famílias vítimas de atentados. Ivete Sangalo, que comemora 45 anos neste sábado (27), usou o Instagram para lamentar a violência que aflige o mundo inteiro e se manifestou de forma mais intensa no atentado terrorista na Arena Manchester, na saída do show de Ariana Grande, na Inglaterra. A explosão deixou 22 mortos e 59 feridos.

“Em oração por todas as famílias que sofrem essa dor dilacerante de perder pessoas que amam. O mundo está de cabeça pra baixo com essa violência absurda e cega. Chamemos por Deus”, postou ela, nesta terça (23). Na legenda da imagem em que o texto aparece, Veveta ainda completou: “Violência, intolerância, imediatismo, falta de amor e respeito ao próximo. Ganância, mentiras, oportunismo, conveniências, loucura total … muito difícil”.



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h37m

 

 

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) é um dos que estão indignados com a liberdade dada ao dono da JBS, Joesley Batista pela delação premiada que incluiu o presidente Michel Temer. Pelas provas entregues Joesley foi absorvido e está livre do Brasil.

“Nosso pedido tem como base investigações sobre insider trading e outros crimes contra a ordem econômica que estão fora do acordo com a PGR. Cabe ressaltar que Joesley lucrou com a confissão de seus crimes ao especular contra o país em cima de sua delação. No momento em que passamos o país a limpo, defendo firmemente que este senhor não pode ficar livre vivendo do fruto de seus crimes em Nova York. Ele vai ter que voltar”, pontuou Aleluia

A OAB, e outros deputados também se manifestaram contrários a medida tomada pela justiça e pela polícia federal em relação ao mandatário da empresa que mais financiou campanha nas últimas eleições. Segundo informações divulgadas no portal G1, um a cada três deputados recebeu dinheiro da empresa para fazer campanha. 

Os benefícios concedidos aos irmãos Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS, podem ser revistos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os empresários ganharam anistia aos crimes cometidos depois das delações envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). A informação foi dada pelo ministro Marco Aurélio Mello durante um seminário em Brasília.
 
Na ocasião, a anistia foi criticada também pelo advogado de Temer Antônio Claudio Mariz. “Não pode, por exemplo, haver benesses para aqueles que delatam. Eles ficam folgados, tomando banho de piscina, explorando o mercado de capitais. Isso é injustificável”, declarou



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h31m

 
Militantes e dirigentes do Partido Socialista Brasileiro discutem, neste sábado (27), a possibilidade de realização de eleições diretas para presidente da República e a situação política do País, após a divulgação de denúncias que atingiram Michel Temer e outros agentes da sua base aliada. O encontro será realizado na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo (CAB), a partir das 9h.
 
Participam do evento, a presidente estadual do PSB, senadora Lídice da Mata, os deputados Bebeto Galvão (federal), Fabíola Mansur, Marquinho Viana e Ângelo Almeida (estaduais), o vereador de Salvador, Silvio Humberto, além de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores de municípios do interior e integrantes da Executiva Estadual do partido, bem como líderes dos movimentos sindicais, de negritude, LGBT e juventude da sigla.





.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h20m

 


Em audiência articulada pelo deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB), o ministro interino da Agricultura decidiu, nesta terça-feira (23), criar um Grupo de Trabalho (GT) para elaborar um projeto de revitalização da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), com a participação das entidades representativas e da região. A portaria que cria o GT será promulgada em 5 de junho, quando é comemorado o Dia Internacional do Cacau, marcando assim a retomada da cacauicultura brasileira.

A decisão do ministro interino, Eumar Novack, tomada em reunião onde estavam presentes, além de Davidson, o vice-governador da Bahia, João Leão, representantes dos funcionários da Ceplac e os deputados estaduais Eduardo Salles e Gika Lopes, foi comemorada por todos. Significou um grande avanço, disse João Leão.

“O Brasil já foi o segundo maior exportador de cacau do mundo. Hoje, é o sétimo. Um dos motivos dessa queda é que a Ceplac perdeu importância e recursos do governo federal”, lamenta Davidson. Pela manhã, na audiência pública na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, foi debatida um conjunto de ações para que o Brasil retome seu lugar privilegiado enquanto exportador de cacau. Os presentes sugeriram medidas como retomada de concursos públicos – o órgão está há 20 anos sem novos servidores -, transformação da Ceplac em uma autarquia e diversificação de suas fontes de financiamento.



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h15m

 


No esforço para garantir sustentabilidade ao governo após a crise política causada pela delação dos executivos da JBS, o presidente Michel Temer se reúne com a bancada do PMDB no Senado.  Dos 22 senadores que o partido tem, 17 estão reunidos com o presidente de acordo com o Planalto. Segundo o Blog da Andréia Sadi, Temer não convidou para o encontro o líder do partido na Casa, Renan Calheiros.

Após reiteradas críticas às reformas encampadas por Temer, o senador alagoano decidiu romper de vez com o presidente e passou a defender sua renúncia. Está prevista a participação de Renan na manifestação que ocorre nesta tarde em Brasília contra as reformas trabalhista e previdenciária, o governo Temer e por eleições diretas. O senador José Maranhão foi o último a chegar, quando a reunião já havia começado. Também participa o ministro Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo). Eliseu Padilha (Casa Civil) esteve no Planalto durante a reunião, mas saiu em seguida.

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 13h13m

 


A Central Única dos Trabalhadores (CUT) confirmou que a manifestação prevista para esta quarta-feira (24) está mantida. O protesto será às 15h, no Campo Grande, com direção à Praça Castro Alves. Como anunciado no último domingo (21), o ato reivindica as reformas trabalhista e previdenciária, pautadas pelo gove rno federal, e ainda pede pela convocação de eleições diretas. Neste dia também ocorre uma ocupação em Brasília, promovida pelas centrais sindicais de todo o Brasil.

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 12h37m

 
O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, afirmou nesta quarta-feira, 24, que as centrais sindicais devem se reunir ainda nesta semana para deliberar uma nova greve geral para daqui a 15 ou 20 dias.
 
Segundo o deputado, a paralisação será em função do avanço da reforma trabalhista no Senado, e não da permanência ou não de Michel Temer na Presidência da República.
 
Paulinho reclama que os últimos atos dos sindicalistas não tiveram respaldo no governo. "Temos que aumentar a pressão porque nós estamos fora da discussão. Aqui trabalhador não apita", comentou.
 
As centrais sindicais e movimentos sociais realizam na manhã desta quarta marcha em Brasília contra as medidas econômicas do Palácio do Planalto. A concentração teve início ainda pela manhã, no entorno do estádio Mané Garrincha. Os manifestantes devem seguir em direção ao Congresso por volta das 11h. Segundo Paulinho, os líderes sindicais têm uma reunião agendada com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), às 13h. (Estadão)

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 12h28m

 
Mais três mil quilômetros de estradas serão recuperados por meio de oito consórcios formados por 126 municípios baianos. Os contratos foram assinados, nesta quarta-feira (24), pelo governador Rui Costa e pelos presidentes dos consórcios, no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. Ao todo, somando parcerias que já estão em execução, são dez consórcios abrangendo 160 cidades.
 
De acordo com Rui Costa, o Governo decidiu investir neste modelo de consórcios por ser mais barato para os municípios. “Vamos seguir aquele ditado que diz ‘a união faz a força’. Nós já estamos avançados com os consórcios de saúde e agora pretendemos avançar com esses de infraestrutura. Queremos aumentar o número de máquinas nesse processo e contratar os consórcios também para realizar pequenas intervenções dentro das cidades, como reparo de asfalto, por exemplo. O custo desse modelo é muito menor e, por isso, podemos atender mais municípios e, consequentemente, beneficiar mais pessoas”, explicou o governador.
 
Os oito contratos firmados nesta quarta-feira são: Mata Atlântica; Chapada Forte; Território do Sisal; Território do São Francisco; Municípios do Oeste da Bahia; Alto Sertão; Bacia do Jacuípe; e Território de Irecê. Mais de 500 quilômetros de estradas já têm intervenções asseguradas pelo Governo por meio de parceria firmada com os consórcios Portal do Sertão (203,8 km) e Vale do Jiquiriçá (304,7 km), que juntos totalizam 34 municípios.

Veja também: Rui garante tentar a reeleição e diz que país tem prejuízos com a crise política

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 12h09m


O PT já decidiu que não vai aderir a eventual candidatura de Nelson Jobim numa eleição indireta, caso Michel Temer saia do cargo. Mas não haverá veto. O nome do ex-ministro é o mais palatável para os petistas entre os que teriam viabilidade no Congresso. (Coluna de Mônica Bergamo/Folha)

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 11h37m
 
 
 
Todos os 417 municípios baianos afirmam ter instalações esportivas sob sua responsabilidade. A Bahia é um dos dois estados onde 100% das prefeituras oferecem instalações esportivas, ao lado de Mato Grosso do Sul (79 municípios). No Brasil, como um todo, 5.368 dos 5.570 municípios (96,3%) informam ter instalações esportivas sob sua responsabilidade. Em números absolutos, a Bahia fica em terceiro lugar entre os estados, com 5.957 instalações esportivas municipais, atrás apenas de São Paulo (8.135 instalações em 640 dos 645 municípios) e Minas Gerais (6.141 instalações em 843 dos 853 municípios), ambos estados com mais municípios.
 
Quando se considera a média de instalações por município, a Bahia fica em segundo lugar, empatada com o Rio de Janeiro, com 14 instalações por município. Roraima tem a melhor relação, com 15 instalações por município em média. A instalação esportiva municipal mais frequente na Bahia, assim como no Brasil como um todo, é o campo ou estádio, citado por 394 dos 417 municípios baianos (94,4%) e por 82,8% das cidades brasileiras que têm instalações esportivas municipais. Em segundo lugar estão as quadras de esportes, citadas por 391 municípios baianos (93,8%). No país em geral, a segunda instalação mais citada são os ginásios (por 67,3% dos municípios com instalações), enquanto as quadras ficam na terceira posição (citadas por 65,0% dos municípios).
 
Das 23 instalações esportivas consideradas, as prefeituras baianas não têm 9, entre elas raia para remo e canoagem e complexo aquático, por exemplo. No estado, quatro instalações foram citadas por apenas um município: campo de bocha, em Pojuca; autódromo em Miguel Calmon (1 dos 8 municípios no país em que a prefeitura tem esse tipo de instalação), academia de boxe em Madre de Deus e pista de BMX (bicicross) em Salvador.
 


 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 11h24m
 

 
Os taxistas voltaram a protestar contra a atuação do aplicativo Uber, em Salvador. Na manhã desta quarta-feira (24), a categoria realizou uma carreata na Avenida Mário Leal Ferreira, a Bonocô, e congestionava toda a via até às 9h50. A intenção dos motoristas é retornar para a Avenida Antonio Carlos Magalhães, continuar pela Avenida Luiz Viana Filho, a Paralela, sentido Centro Administrativo da Bahia (CAB). O ato deve terminar em frente ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).



 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 11h01m
 
 
Chegou ao fim o impasse entre a Prefeitura e Governo do Estado em relação a revitalização do Solar Boa Vista, em Salvador. O imóvel vai ficar sob domínio da gestão de Rui Costa (PT), que já tem um projeto para recuperação. No local deve ser instalada uma área de saúde avançada. A informação foi dada pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, na manhã desta quarta-feira (24), na Rádio Metrópole. A Metrópole vinha acompanhando há algum tempo o abandono do local, que mesmo com a importância histórica, seguiu sem revitalização por quase quatro anos depois de um incêndio em meados de 2013.



 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 11h00m
 
 

O governador Rui Costa (PT) negou qualquer possibilidade de ser o candidato do PT as eleições presidenciais em 2018, caso o ex-presidente Lula fique indisponível pelo judiciário. Rui afirmou categoricamente que é candidato a reeleição do governo do estado. Os boatos que Rui poderia ser uma vertente do PT em 2018, surgiram durante a eleição interna do partido, onde Everaldo Anunciação, um dos nomes fortes de Rui na casa, venceu a eleição e foi reconduzido ao posto.  

Rui Rui fez as afirmações durante viagem de metrô nesta manhã. O governador decidiu ir trabalhar de metrô um dia após a inauguração de mais quatro estações da Linha 2 (Pernambués, Imbuí, Centro Administrativo da Bahia e Pituaçu). A viagem durou cerca de 23 minutos e passou pelas Linhas 1 e 2. Acompanhado dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, e da Casa Civil, Bruno Dauster, o governador embarcou na estação da Lapa por volta das 8 horas. Em seguida, eles desceram no terminal do Acesso Norte, onde acessou a Linha 2 em direção a Pituaçu.

O governador Rui Costa também preferiu não ser incisivo quanto a saída ou permanência do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). No plano nacional, a expectativa do Partido dos Trabalhadores é de que a chapa Dilma-Temer seja cassada para que sejam convocadas eleições diretas.

"Eu prefiro, nesse momento, não emitir opinião do ponto de vista se mantém, se cassa... O que eu acho é que o país aprofunda sua crise e eu estou buscando com outros governadores, tentando fazer uma reunião pra que a gente possa avaliar qual a melhor saída para o Brasil", afirma o governador baiano.

Ainda assim, Rui não deixa de ser crítico quanto às implicações do atual quadro político do país para o desenvolvimento econômico. Ele conta que, em um encontro com um investidor internacional para pedir celeridade na definição dos investimentos para a Bahia, ouviu: "Você consegue me dizer quem é o presidente da República daqui a 40 dias?", relatou. 



 

.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 10h43m


O presidente Michel Temer estava reunido por volta das 9h30 desta quarta-feira, 24, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, no Palácio do Planalto. Em seguida, Temer receberá os senadores de seu partido, o PMDB.
 
À tarde, Temer terá reuniões com o deputado tucano Bonifácio de Andrada (MG); com o comandante da Marinha, almirante de esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira; e com José Carlos Rodrigues Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). (Estadão)

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 10h42m


A dívida pública federal, que inclui os endividamentos do governo dentro do Brasil e no exterior, avançou 0,32% em abril, para R$ 3,24 trilhões, informou a Secretaria do Tesouro Nacional nesta quarta-feira (24). Em março, a dívida estava em R$ 3,23 trilhões.

O aumento da dívida pública em abril deste ano está relacionado principalmente com as despesas com juros, que somaram R$ 23,61 bilhões. Em sentido contrário, atuando para reduzir a dívida pública em abril, ocorreu resgate líquido de títulos públicos, ou seja, vencimentos de papéis superando as emissões, em R$ 13,25 bilhões.

Em 2016, a dívida pública registrou crescimento de 11,42%, para R$ 3,11 trilhões. Para este ano, a expectativa do Tesouro Nacional é de novo aumento na dívida pública. A programação da instituição prevê que ela pode chegar aos R$ 3,65 trilhões no fim de 2017. Se isso se confirmar, a alta da dívida, neste ano, será de R$ 538 bilhões, aumento 17,28% em relação ao fechamento de 2016.

No caso da dívida interna, segundo informou o Tesouro Nacional, foi registrada uma elevação de 0,3% em abril, para R$ 3,12 trilhões. Neste caso, a alta foi de R$ 10 bilhões. A dívida externa brasileira, resultado da emissão de bônus soberanos (títulos da dívida) no mercado internacional e de contratos firmados no passado, contabilizou uma alta de 0,81% no mês passado, para R$ 121,2 bilhões. O aumento da dívida externa foi de R$ 1 bilhão no mês passado. (G1)
 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 10h30m


O dólar opera em queda nesta quarta-feira (24), com os investidores monitorando os efeitos da crise política sobre a tramitação das reformas estruturais no Congresso Nacional, além das consequências do rebaixamento da nota da China pela Moody's, segundo a Reuters. Às 9h29, a moeda norte-americana caía 0,42%, cotada a R$ 3,2524.

No Congresso, os aliados do governo tentam dar ares de normalidade aos trabalhos e, na véspera, aprovaram a medida provisória que permite o saque de contas inativas do FGTS. Além disso, o relatório da reforma trabalhista foi considerado lido na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

O Banco Central realiza nesta quarta-feira leilão de até 8 mil contratos de swap cambial tradicional (equivalente à venda futura de dólares) para rolagem do vencimento de junho. A autoridade não fará leilão de contratos novos, como ocorreu nos três últimos pregões. Na véspera, a moeda fechou em queda de 0,31%, vendida a R$ 3,2662. (G1)

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 10h11m


O agravamento da crise política fez o PSDB e o DEM intensificarem as articulações de bastidores na tentativa de barrar a possibilidade de eleição direta para substituir o presidente Michel Temer. Em conversas reservadas, dirigentes das duas siglas avaliam que, caso a coalizão de apoio a Temer não apresente uma alternativa de poder, o movimento por "diretas já" pode ganhar força, com "risco" de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltar ao Palácio do Planalto.
 
Nesta terça-feira, 23, a base aliada conseguiu adiar a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara do relatório favorável à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das eleições diretas para o caso de vacância da Presidência. O projeto, mais tarde, foi retirado da pauta.
 
Desde a divulgação das delações da JBS, tucanos e outros aliados têm feito reuniões quase que diárias para discutir cenários de pós-Temer. Um deles, defendido por dirigentes do PSDB, do DEM e de uma parte do próprio PMDB, seria a renúncia do presidente com escolha de um sucessor que passe pela concordância do próprio Temer. O problema, nesse caso, é que o peemedebista não aceita renunciar e ninguém pretende pressioná-lo para que faça isso, ao menos por enquanto. (Estadão)
 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 10h06m


O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), passou a defender abertamente a saída do presidente Michel Temer para a realização de eleições indiretas. Nesta terça-feira, 23, durante sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), Renan disse que "o ideal seria conversar com o presidente para fazer uma transição rápida e negociada".
 
Após criticar as reformas do governo e articular a derrubada da sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para impedir a leitura do relatório da reforma trabalhista, o peemedebista passou a listar nomes para substituir Michel Temer na Presidência.
 
"Nelson Jobim e Joaquim Barbosa são grandes nomes. É claro que a atual presidente do STF, os presidentes da Câmara e do Senado e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) seriam candidatos naturais. Mas Jobim e Barbosa são ótimos nomes", defendeu.
 
Em mais um embate com Temer, Renan fará um discurso nesta quarta na Marcha das Centrais sindicais, em Brasília, às 10 horas, contra as medidas econômicas defendidas pelo governo. Após sua fala, os manifestantes seguirão em direção ao Congresso Nacional, onde será realizado ato contra as reformas trabalhista e previdenciária. (Estadão)

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 09h43m

 


A quarta-feira começou com sol predominando em Salvador, e a previsão é de que ele permaneça, mas com aumento de nuvens ao longo do dia. À noite ocorrem pancadas de chuva. As temperaturas variam de 24º mínima e máxima de 30º, e ventos fracos a moderados.

Em Jaguaquara, a previsão é de Sol, com muitas nuvens e com chuva a qualquer hora do dia. O tempo fica instável, com temperaturas variando de 20º mínima e máxima de 27º. Em Ribeira do Pombal, a previsão é de sol neste início da manhã, mas com aumento de nuvens e pancadas de chuva no fim da manhã, à tarde e à noite a temperatura também fica instável, variando entre 23º mínima e máxima de 30º.

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 09h27m


O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) subiu 2 pontos em maio e alcançou 84,2 pontos, acumulando uma alta de 11,1 pontos em 2017, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em maio, a percepção dos consumidores quanto à situação atual permaneceu relativamente estável, enquanto que, em relação ao futuro, houve melhora das expectativas. O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 0,3 ponto, para 70,5 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE) avançou 3,5 pontos, atingindo 94,6 pontos.

De acordo com a FGV, o resultado foi influenciado pela melhora das expectativas com relação à situação financeira das famílias e o ímpeto de compras, ambos os quesitos positivamente influenciados pela inflação mais baixa e os juros nominais em queda. "O aprofundamento da crise política no país a partir do dia 17 ainda não foi detectada na pesquisa deste mês, embora o resultado da coleta de dados posterior a esta data sinalize que o aumento de incertezas no ambiente político possa motivar uma maior cautela dos consumidores nos próximos meses", afirma Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da sondagem do consumidor.

Com melhores perspectivas sobre as finanças familiares, os consumidores também responderam de forma mais favorável o quesito que mede o ímpeto por compras de bens duráveis, que exerceu a maior influência sobre o ICC no mês, com alta de 7,4 pontos, para 78,5 pontos, recuperando a queda de 7,2 pontos apresentada no mês anterior. Entre as diferentes faixas de renda a evolução da confiança não foi homogênea. As famílias com renda mensal até R$ 2, 1 mil e acima de R$ 9,6 mil recuperaram a queda da confiança ocorrida no mês anterior.

Já as famílias com renda mensal entre R$ 2.100,01 e R$ 9,6 mil registraram novas perdas. Especificamente para os consumidores com renda familiar entre R$ 2, 1mil e R$ 4,8 mil, essa queda é consequência de uma piora da situação financeira familiar, que atingiu o menor nível já apresentado para este quesito entre todas as rendas: 40 pontos.



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 09h17m

 


Após o escândalo envolvendo o presidente Michel Temer e as acusações de envolvimento em pagamentos indevidos para conter declarações do ex-deputado Eduardo Cunha, a situação política brasileira retorna a um cenário de instabilidade. O mercado demonstrou em números a insegurança quanto aos rumos do país, com forte queda na bolsa de valores e aumento brusco na taxa de câmbio. O valor da moeda brasileira não sofreu mais pois o Banco Central (BC) resolveu.

Criado em 1964, o BC é uma autarquia federal vinculada ao ministério da Fazenda e principal responsável por executar orientações do Conselho Monetário Nacional e garantir o poder de compra da moeda nacional. Dentre suas atribuições, o banco rege a política monetária e cambial do País.

O Brasil possui uma política cambial flutuante, o que significa que o valor do real em comparação a outras moedas não é fixo e pode variar, assim como outros bens e serviços pela lei da oferta e da procura. Caso um bem seja muito demandado e sua oferta se mantenha constante, seu preço subirá. O contrário ocorre quando existe muita oferta e baixa procura.
 
Na última semana, atípica para a política brasileira, foi observada uma grande fuga de capitais, ou seja, investidores que viam o Brasil com potencial de retomar seu crescimento mudaram suas visões, tirando o dinheiro do País. Essa debandada de investimento é feita pela troca do real por moeda estrangeira, como o dólar. Seguindo a lei da oferta e da procura, é necessário que se dê mais reais por uma mesma quantidade de dólares – a chamada desvalorização cambial.

Entretanto, a política cambial brasileira é, na prática, de câmbio flutuante sujo, uma vez que o BC tem a possibilidade de intervir nos mercados, ocasionalmente e de forma limitada, para conter movimentos que analisa como desordenados das taxas de câmbio. É por causa dessa atuação que em momentos excepcionais, como os dos últimos dias, o real não atinge valores muito baixos.




 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 09h15m

 


O governador Rui Costa (PT) resolveu ir trabalhar de metrô, na manhã desta quarta-feira (24). Depois de inaugurar as estações Pernambués, Imbuí, CAB e Pituaçu — que integram a Linha 2 — Rui resolveu ir trabalhar a bordo do sistema. A ação foi transmitida pelo Facebook.  O ato contou com o comentário do aliado, senador Otto Alencar (PSD). "Nem me esperou chegar de Brasília, Correria? Vai ter que andar comigo no metrô, do Iguatemi ao CAB. Estamos juntos. Nada resiste ao trabalho", escreveu.



 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 09h00m

 


A segurança da Presidência da República fechou os três acessos ao Palácio do Jaburu, residência oficial do presidente Michel Temer. Duas equipes de reportagem de empresas de comunicação que estavam próximas à portaria do Palácio, fazendo o trabalho jornalístico, foram retiradas pela segurança a manhã desta quarta-feira, 24. Nem mesmo a circulação de pedestres é permitida no local neste momento.

Está programada para esta quarta a Marcha das Centrais a Brasília, um protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência. A previsão da organização é reunir 100 mil manifestantes na capital e o movimento deve também pedir a saída do presidente Michel Temer, após as revelações da delação dos executivos da JBS. O trânsito na Esplanada dos Ministérios está bloqueado desde à 0h desta quarta-feira, assim como várias vias da região central de Brasília.

A última fez que foi fechado o acesso ao Jaburu foi no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, quando Temer, então vice-presidente, fez a solicitação à segurança. Até a publicação desta matéria, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto não havia se pronunciado sobre o esquema de segurança e nem informado quem o presidente irá receber pela manhã. 




 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 08h44m


Após três adiamentos do julgamento em menos de dois meses, a ação direta de inconstitucionalidade (Adin) movida pelo Ministério Público contra a atual cobrança do Imposto sobre Transmissão Inter Vivos (ITIV) volta hoje à pauta de apreciação do Tribunal de Justiça da Bahia.

Segundo informações do jornal A Tarde, desde o dia 12 de abril, o processo não pôde ser julgado pelo Conselho do Plenário do TJ baiano, devido a um pedido de vista feito pelo desembargador Maurício Kertzaman. Ontem, entretanto, ele confirmou que, finalmente, deve divulgar seu voto na sessão desta quarta-feira (24).

Caso nenhum outro desembargador volte a pedir vista do processo, a pauta poderá ser julgada hoje. A ação foi movida pelo Ministério Público desde 2014, quando a prefeitura de Salvador implantou uma nova sistemática de cobrança do tributo.    

 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 08h28m

 

 
A procuradora-geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado, e o assessor especial do Ministério Público, promotor Paulo Modesto, ingressaram, nesta terça-feira, 23, com embargos de declaração no Tribunal de Justiça (TJ-BA) contra a decisão da Corte que preserva vantagens remuneratórias e benefícios a servidores de outros poderes cedidos à Assembleia Legislativa.

No último dia 10, o pleno do TJ acatou integralmente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) proposto pelo MP e declarou, por unanimidade, a inconstitucionalidade da Lei Estadual 13.224/2015. Mas a Corte propôs uma modelação (adequação) dos efeitos da Adin, que o MP entende ser “ambígua e obscura”, por não “delimitar precisamente” os efeitos normativos e executivos da decisão.

Pelo menos 34 servidores, que estavam à disposição do Legislativo por um período ininterrupto de 10 anos, se beneficiaram da lei. Passaram a fazer parte do quadro permanente de pessoal da Assembleia e a incorporar vantagens e a paridade – em caso de aposentadoria – de proventos com a remuneração dos cargos efetivos do quadro de servidores do Poder Legislativo.

Para o promotor de Justiça Paulo Modesto, caso se preserve o vínculo desses servidores que ingressaram sem concurso público, além de prejudicar os servidores concursados do Legislativo, estarão se exaurindo todos os efeitos práticos da Adin e estimulando novas leis que venham a violar o princípio do concurso público. (A Tarde)
 


.....................................................................................................................................................................................................................

24/05 - 08h24m

 
Ao falar sobre as eleições de 2018, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Angelo Coronel (PSD), disse que pretende se afastar da vida pública em 2018. “Não sou pré-candidato, o pré-candidato é o meu filho. Ir para chapa majoritária é destino. Se o destino lá na frente conspirar ao meu favor e o partido achar que não devo pendurar as chuteiras, é uma coisa a ser pensada”, declarou em entrevista à rádio Metrópole.

O pessedista também disse que acredita na possibilidade de o prefeito ACM Neto (DEM) se candidatar ao governo da Bahia. “É um direito que ele tem, mas ninguém sabe quem vai poder ser candidato lá na frente. Ninguém imaginava que Aécio seria pego na Lava Jato... Temos que esperar ainda para ver o que vai sobrar do Brasil nos próximos seis meses”, acrescentou.

Coronel também comemorou as mudanças que aconteceram na AL-BA nos últimos três meses. “Dizem que o poder só é ruim se você está fora dele. Eu seria hipócrita se dissesse que não estou gostando. Eu vejo que estamos tendo estímulos de aprovação positiva. A gente abre o gabinete para atender a todos, não tem distinção. Hoje, todos os colegas, até os que não compraram a ideia de nossa candidatura, são os que mais elogiam nossa postura. Isso deixa a gente com o ego massageado. Hoje não existem mais decisões monocráticas, ouço a todos. A mesa diretora hoje opina, tudo hoje são decisões colegiadas, não são decisões unilaterais”.

“A reeleição foi uma das nossas propostas de campanha e foi aprovada por unanimidade, qualquer outro deputado pode pleitear ser presidente. Isso foi um grande marco da nossa gestão em três meses e meio. Fizemos cortes, hoje não precisamos pensar em suplementação”, enfatizou. (Tribuna)

 


.....................................................................................................................................................................................................................


Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960