politica

politica

A CANDIDATURA DE MARINA SILVA PODE SER BOA PARA A ECONOMIA BRASILEIRA?

“Já está decidido. Até o final do ano os shoppings da cidade vão começar a usufruir o direito garantido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de cobrar um valor pelos estacionamentos do estabelecimento”.

Coordenador da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), Edson Piaggio, sobre cobrança em Shoppings de Salvador.



BAHIA INVEST

23/08/ - 16h15m
VEJA AS 45 PROPOSTAS DO PLANO DE AÉCIO NEVES PARA O NORDESTE




Veja as 45 propostas do Programa Nordeste Forte, lançado pelo candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), lançou neste sábado em Salvador
 
 
1 - Concluir a Ferrovia Transnordestina.
 
2 - Aprimorar o modal rodoviário, com destaque para as obras de manutenção e duplicação das estradas federais, a exemplo dos gargalos da BR-324, BR-242, BR-101.
 
3 - Expandir a malha ferroviária da região, em especial a conclusão da Ferrovia Oeste-Leste.
 
4 - Ampliar os investimentos públicos e incentivar investimentos privados na consolidação e modernização de Complexos Portuários.
 
5 - Fortalecer o papel das hidrovias do São Francisco e do Parnaíba.
 
6 - Diagnosticar e reformular as estratégias de implantação das Refinarias Abreu e Lima, Premium I e Premium II.
 
7 - Garantir a disponibilidade de energia elétrica para a região Nordeste, com destaque para o potencial eólico e solar.
 
8 - Investir em infraestrutura turística, com potencialização ou consolidação de no mínimo vinte polos turísticos relevantes internacionalmente.
 
9 - Implantar o Programa Decenal de Desenvolvimento do Semiárido, de forma articulada com os Estados nordestinos, com orçamentos plurianuais aprovados pelo Congresso Nacional.
 
10 - Concluir a Transposição do Rio São Francisco, com prazos e custos rigorosamente (re)negociados, aprovados e definidos, e ações importantes, como a revitalização do Rio São Francisco e a recuperação da sua foz.
 
11 - Investir e viabilizar financiamentos na perenização e adequação de sistemas existentes de abastecimento de água.
 
12 - Integrar mananciais, com ampliações por poços e cisternas, e revitalizar pequenas barragens.
 
13 - Estabelecer financiamentos extremamente diferenciados para programas de recuperação, perfuração e instalação de poços tubulares e adutoras, captação e armazenamento de água de chuva, terras molhadas, mecanização agrícola, água subterrânea, revitalização de pequenas barragens e produção de peixes do semiárido e a criação de animais na caatinga.
 
14 - Implantar programa diferenciado de educação do Semiárido, com redução do analfabetismo à média do Nordeste em dez anos.
 
15 - Evoluir o Bolsa Família, tornando-o uma política de Estado.
 
16 - Ampliar a atuação social do Governo Federal, implantando o Programa Família Brasileira, que garante a continuação dos atuais programas de transferência de renda e vai além, estabelecendo novos serviços e oportunidades para atender às demandas das famílias.
 
17 - Ampliar continuamente a renda média domiciliar per capita nordestina.
 
18 - Melhorar continuamente o IDH do Nordeste.
 
19 - Implantar mecanismos ainda mais diferenciados para os micro e pequenos empreendedores urbanos e produtores rurais.
 
20 - Promover ações para manutenção e ampliação do poder de compra da população nordestina.
 
21 - Ampliar os gastos federais per capita com ações e serviços públicos de saúde do Nordeste.
 
22 - Ampliar os leitos hospitalares no Nordeste de forma que em quatro anos todos os Estados tenham alcançado no mínimo a atual média nacional, de 2,4 leitos por cem mil habitantes.
 
23 - Ampliar de forma contínua os serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto.
 
24 - Promover uma ampla Reforma Urbana.
 
25 - Ampliar o escopo do Programa Minha Casa Minha Vida, implantando um intenso programa de reurbanização de áreas já consolidadas, qualificação construtiva das moradias e regularização fundiária de diversas residências já existentes.
 
26 - Implantar um programa efetivo que integre políticas públicas para as mulheres nordestinas.
 
27 - Fomentar processos de cooperação técnica e ações programáticas entre Municípios, Estados, Governo Federal e iniciativa privada, com o objetivo de superar os desafios da Lei Nacional de Resíduos Sólidos.
 
28 - Integrar o desenvolvimento econômico local a práticas consistentes de preservação do meio ambiente.
 
29 - Implantar uma Política Regional de Segurança Pública no Nordeste.
 
30 - Ampliar os recursos federais para a segurança pública no Nordeste acima da média per capita nacional.
 
31 – Criar o Centro Regional de Inteligência, com recursos, equipamentos, capital humano e coordenação federal.
 
32 - Implantar no Nordeste uma base permanente da Força Nacional de Segurança Pública.
 
33 - Zerar em quatro anos o déficit do sistema prisional da Região Nordeste.
 
34 - Reduzir à atual média nacional o percentual de nordestinos sem instrução ou com o ensino fundamental incompleto, em no máximo dez anos.
 
35 - Ampliar a formação em ensino superior dos professores do Nordeste.
 
36 - Dobrar os recursos federais para os programas de transporte escolar.
 
37 - Melhorar a qualidade da educação em todo o Nordeste, ampliando gradativamente as escolas em tempo integral e promovendo o aprendizado unificado composto de ciência, trabalho e cultura.
 
38 - Implantar um grande e audacioso programa de ciência, tecnologia e inovação, com políticas que alcancem o cidadão que está nos municípios menores e mais carentes.
 
39 - Fortalecer a educação em áreas técnicas como engenharia, agronomia e tecnologia da informação, conforme vocações das microrregiões.
 
40 - Destravar e potencializar as Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs), que devem migrar de um programa de transferência fiscal para orientação produtivista.
 
41 - Implantar no Nordeste o Programa Poupança Jovem Brasil, no qual o estudante do ensino médio recebe em uma conta o valor de mil reais a cada ano do ensino médio.
 
42 - Criar e intensificar políticas de desenvolvimento econômico com foco na redução das taxas de desemprego dos jovens.
 
43 - Ampliar o ensino profissionalizante na região, elevando a participação do Nordeste nas matrículas nacionais a, no mínimo, 30% - proporção da população nordestina no Brasil.
 
44 - Manter e ampliar os programas de acesso e financiamento da educação superior, a exemplo Prouni, FIES e Ciência Sem Fronteiras.
 
45 - Promover inclusão digital e empreendedorismo por meio de centros de inovação voltados à cadeia produtiva regional.

...........................................................................................................................................................................

18/08/ - 09h25m
EMPRESA VAI FABRICAR SUCO DE UVA NA BAHIA


Única empresa vinícola da Bahia, a Miolo Wine Group anunciou um investimento de R$ 20 milhões em Casa Nova, município da microrregião de Juazeiro.

O montante vai ser aplicado na expansão da produção de vinhos, espumantes e destilados (brandy) e no início da fabricação de suco de uva integral, que deve começar em 2016, com uma produção inicial de dois milhões de litros ao ano.

Superintendente da empresa, Adriano Miolo afirma que o mercado de sucos integrais é o que mais cresce no país, no setor vinícola. "Há dez anos, o Brasil produzia 10 milhões de litros. Em 2014, serão mais de 100 milhões de litros", diz Adriano.

O país figura entre os dez maiores produtores mundiais desse suco e já exporta para países do continente europeu, China, Japão, Canadá e até para os EUA, maior produtor mundial dessa bebida.

A produção do suco da Miolo já teve início no Rio Grande do Sul - onde a empresa tem sede, no Vale dos Vinhedos -, mas deve ser transferida para a Bahia assim que os novos vinhedos e as novas instalações industriais estiverem prontos em Casa Nova.

Miolo diz que a vantagem da propriedade baiana são as duas safras anuais, que proporcionam uma produção do suco durante o ano inteiro , ao contrário do Rio Grande do Sul, onde isso só é possível durante dois meses do ano, exigindo a estocagem.

"Ao contrário do vinho, o suco tem validade de um ano e meio, dois anos. Quanto mais jovem a bebida, melhor", explica Miolo.(A Tarde)

 

...........................................................................................................................................................................

13/08/ - 14h43m
GOVERNADOR JAQUES WAGNER LAMENTA MORTE DE EDUARDO CAMPOS


O governador Jaques Wagner ficou extremamente consternado com a notícia da trágica morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. Além de um dos mais importantes políticos do país da atualidade, Wagner lembra que Eduardo Campos sempre se destacou pelo seu comprometimento com as causas sociais do povo de Pernambuco e do país. 
 
"Ele merece a mais elevada homenagem de todos os brasileiros. Eu, pessoalmente, perco um grande amigo. Construímos laços de profundo carinho, respeito e admiração. Em nosso último encontro, no enterro do escritor Ariano Suassuna, pude abraçá-lo. Em meu nome, em nome de minha esposa Fátima e de todas as baianas e baianos, a nossa homenagem a esse exemplo de ser humano e homem público", disse o governador.
 
Wagner estava em Brasília, no momento em que aconteceu o acidente, onde participou, pela manhã, na companhia da mãe de Campos, Ana Arraes, da cerimônia de posse do novo presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas. O governador decretou luto oficial de três dias.


 

...........................................................................................................................................................................

13/08/ - 10h02m
TRILHOS DA FIOL CHEGAM A BRUMADO E JEQUIÉ


Os primeiros trilhos que farão parte da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) chegam, nesta terça-feira (12), aos canteiros de obras dos lotes 2 e 4 da ferrovia, localizados, respectivamente, nos municípios baianos de Jequié e Brumado, onde serão iniciadas a instalações. São cerca de 500 toneladas de trilho para o lote 2 e 1600 para o lote 4, que se estende até a cidade de Caetité, também na Bahia.

Os trilhos, que estavam armazenados Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), em Ilhéus, chegaram no Porto da cidade na tarde do domingo (3). São 3027 peças de origem espanhola, pesando cerca de 750 quilos cada uma.

Além destes, mais 11 navios do mesmo fornecedor, também pertencentes a este primeiro montão de trilhos, estão sendo esperados no Porto de Ilhéus ainda este ano. A partir de outubro, outro lote deverá ser fornecido por uma empresa chinesa. (Ascom)

 

...........................................................................................................................................................................

12/08/ - 16h29m
EMPRESA DE ENERGIA EÓLICA VAI GERAR 1.500 EMPREGOS NA BAHIA

 
O prefeito Ademar Delgado recebeu na manhã de hoje a visita de Renato de Almeida Mendes e Eduardo Carpinetti de Castro, representantes da empresa Tecsis Tecnologia e Sistemas Avançados, e do gerente de Desenvolvimento de Negócios da Sudic (Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial), Antonio Carlos Feillace. Durante o encontro foi discutido o andamento da instalação da fábrica na Via Atlântica (BA 530), conhecida como Estrada da Cetrel.
 
A Tecsis é uma empresa brasileira e referência na produção de pás para o setor de energia eólica. Com investimento de R$ 200 milhões, a nova fábrica deve gerar 1.500 empregos diretos em Camaçari. De acordo com Renato de Almeida Mendes, a Tecsis pretende iniciar a terraplanagem da planta no final deste mês. O começo da operação está marcado para 2015.Em uma área de 1,2 milhão de metros quadrados, a fábrica deve produzir cerca de mil pás eólicas por ano. A nova planta vai aumentar em aproximadamente 17% a produção total da empresa. Ao todo, a Tecsis possui 11 fábricas no estado de São Paulo. 
 
O prefeito Ademar Delgado ressaltou a importância da Tecsis estabelecer parceria com as empresas locais e contratar pessoas de Camaçari para trabalhar na planta do Município. Os representantes da nova fábrica demonstraram a possibilidade das solicitações serem atendidas e informaram ainda que pretendem capacitar e qualificar a mão de obra em convênio com a Prefeitura.
 
Renato de Almeida Mendes destacou que o Município está presente no planejamento estratégico da empresa como plataforma de exportação. “As condições aqui são muito favoráveis. Atualmente, fornecemos para Gamesa e Alston e todo nosso crescimento tem como base a planta em Camaçari”, afirmou. 


 

...........................................................................................................................................................................

11/08/ - 19h10m
TRILHOS DA FIOL CHEGAM AOS MUNICÍPIOS DE BRUMADO E JEQUIÉ NESTA TERÇA


Os primeiros trilhos que farão parte da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) chegam, nesta terça-feira (12), aos canteiros de obras dos lotes 2 e 4 da ferrovia, localizados respectivamente nos municípios baianos de Jequié e Brumado, onde começarão as instalações.

São cerca de 500 toneladas de trilhos para o Lote 2 e 1,6 (tonelada) para o Lote 4, que se estende até a cidade de Caetité, também na Bahia.

Os trilhos, que estavam armazenados na Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), em Ilhéus, no sul do estado, chegaram no porto da cidade, no dia 3 deste mês. As 3.027 peças de origem espanhola pesam aproximadamente 750 quilos cada uma.

Mais 11 navios do mesmo fornecedor, também pertencentes ao primeiro volume de trilhos, estão sendo esperados no Porto de Ilhéus ainda em 2014. A partir de outubro, outro lote deverá ser fornecido por uma empresa chinesa.
 

...........................................................................................................................................................................

08/08/ - 12h35m
FENACOCO: PALESTRA ABORDA A IMPORTÂNCIA DA APLICAÇÃO DE RESÍDUOS DE COCO


"Benefícios provenientes dos resíduos do coco seco e verde que ajudam no controle da erosão e na re-vegetação de áreas degradadas". Esse tema foi desenvolvido pelo diretor comercial da Aurantiaca, Sérgio Ribeiro, na Fenacoco - Feira Nacional do Coco. O evento termina nesta sexta-feira, dia 08 no Centro de Convenções da Bahia.

Ribeiro explicou que através dos resíduos do coco, a Frysk, indústria do Grupo, produz Biomantas e biorrolos, que auxiliam no controle da erosão e na recuperação de áreas degradadas. Na produção, a Fibraztech, unidade de tecelagem da empresa, utiliza fibras do coco seco confeccionando assim as suas Biomantas. "Esse material quando aplicado ao solo protege imediatamente do efeito splash da chuva, reduzindo assim os riscos de erosão, além de servir como um cobertor para sementes acelerando o processo de re-vegetação no local", detalhou o palestrante.

Várias localidades do Brasil receberam recentemente a aplicação de Biomantas e biorrolos da Fibraztech para a recuperação de encostas. Sérgio Ribeiro citou a MMX em São Joaquim de Bicas, Minas Gerais; Morro da Manteiga em Camaçari e o Imbuí e Av Pinto de Aguiar, em Salvador. Ele explica que as mantas podem ser produzidas em várias espessuras, de 250 g/m² a 800 g/m², de acordo a necessidade da obra. "O material adequado para o trabalho desejado, nosso produto é feito de acordo com o desejo do cliente e a sua necessidade", afirmou Ribeiro. (ASCOM)

 

...........................................................................................................................................................................

07/08/ - 18h49m
INDÚSTRIA PARA PROCESSAR FRUTAS É INAUGURADA NO SUDOESTE DA BAHIA


A inauguração de uma agroindústria de beneficiamento de frutas em Mirante, no sudoeste do estado, vai gerar renda para 235 famílias da comunidade de Espírito Santo, na zona rural do município.

Inaugurada pelo governador Jaques Wagner na manhã desta quinta-feira (7), a unidade produzirá polpas, doces, geleias e compotas, com a capacidade para processar 100 toneladas de frutas por ano. A fábrica recebeu investimentos de R$ 1,2 milhão por meio do Projeto Gente de Valor do Governo do Estado.

Ainda na região foram entregues uma ambulância, uma viatura e uma máquina agrícola no município de Bom Jesus da Serra. “Estou vindo a Mirante e a Bom Jesus da Serra com alegria por atender a demandas dos moradores, como as da agroindústria, da ambulância e da viatura que ajudam a melhorar a vida das pessoas na região”, disse Wagner.

Localizado em um polo regional de produção de umbu, o município de Mirante recebeu investimentos de R$ 3 milhões do projeto desde 2011. Os recursos são destinados a obras, equipamentos e assistência técnica para o fortalecimento da cadeia produtiva caracterizada pela atividade familiar.

Os produtos e derivados de frutas da região - umbu e ‘maracujá do mato’ - saem da unidade na forma de diversos produtos e derivados para comercialização tanto para indústrias de polpas e sucos quanto para o consumidor final, com a marca Imbuira.

De acordo com o presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), José Vivaldo, o valor agregado ao produto e a auto-sustentabilidade são pilares do modelo adotado nas três agroindústrias, incluindo a de Mirante e mais duas em Manoel Vitorino - uma a ser inaugurada em setembro. “A partir de agora, a meta é que, em um ano e meio, os produtores sejam capazes de manter e ampliar o negócio como qualquer outro da economia de mercado”.
 

...........................................................................................................................................................................

07/08/ - 07h40m
WAGNER DESTACA A IMPORTÂNCIA DA FENACOCO PARA A BAHIA


Está acontecendo até sexta-feira, 08 de agosto, a Feira Nacional do Coco – Fenacoco, no Centro de Convenções da Bahia, das 8h às 19h. Na feira 26 stands estão apresentando as potencialidades da cultura do coco. Vários deles mostram inclusive peças do artesanato produzido na Bahia a partir do que seria resíduo, como casca do coco e palha do coqueiro. Está ocorrendo também o I Encontro Brasileiro de Pequenos Produtores de coco.

O Governador da Bahia, Jaques Wagner esteve presente inaugurando o evento. “Trouxemos para o estado a Fenacoco para impulsionar esse produto que é a cara da Bahia. O consumo de água de coco vai crescer cada vez mais à medida em que as pessoas se preocupam com a alimentação saudável”, afirmou o governador.

Ele destacou a importância da instalação da indústria do Grupo Aurantiaca na Bahia. Situada no município do Conde, Litoral Norte, a empresa está lançando na Fenacoco a água de coco da marca Obrigado.  “Acho que esse Grupo pode revolucionar pela qualidade do produto e pelo incentivo que está dando para os pequenos produtores de coco. A indústria desenvolve um processo de envasamento inédito e de alta tecnologia”, comentou Jaques Wagner. A feira é aberta ao público. (ASCOM)

 

...........................................................................................................................................................................

06/08/ - 11h30m
SALVADOR PODE HERDAR PISCINA OLÍMPICA DOS JOGOS DO RIO 2016


Fruto de um projeto do Governo Federal de descentralizar a estrutura do esporte no Brasil, Salvador deve ganhar uma pista de atletismo com certificação de qualidade no campus da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Ondina, em 2015, além de uma piscina olímpica até 2017. Esta, ao que tudo indica, deve ser a mesma que será usada nos Jogos do Rio em 2016.

A ideia vem do próprio ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que foi alertado para a carência de estrutura olímpica na Bahia em entrevista concedida no fim de 2012. Na ocasião, ele se mostrou surpreso com o problema e garantiu um "esforço máximo pessoal para resolver a questão".

Quem salientou que a preocupação do ministro com a estrutura baiana - na realidade, com a falta dela - cresceu a partir desta entrevista foi Ricardo Leyser, secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento, secretaria vinculada ao Ministério do Esporte.

Na terça-feira, 5, Leyser também confirmou a ideia de se trazer a piscina das Olimpíadas da capital fluminense Janeiro para Salvador após os Jogos.

No Rio de Janeiro, está sendo construído o Parque Olímpico da Barra da Tijuca. Dentro dele, há o Parque Aquático, cuja estrutura temporária será a sede das competições de natação. A estrutura conta com uma capacidade de arquibancada para 18 mil pessoas, uma piscina de aquecimento e uma olímpica, onde serão disputadas as provas. E é esta piscina, cujo valor está entre R$ 8 e 9 milhões, que deve vir para Salvador após os Jogos.

Tudo só depende da viabilidade financeira, que já está sendo estudada no Ministério do Esporte. É o que informa Ricardo Leyser. O secretário também garante: seja qual for o resultado do estudo, a capital baiana não vai ficar sem piscina olímpica. (A Tarde)

 

...........................................................................................................................................................................

05/08/ - 15h41m
JAQUES WAGNER ANUNCIA FÁBRICA DE CALÇADOS EM CAATIBA


Ainda neste 2º semestre de 2014, o município de Caatiba, localizado no centro sul da Bahia, contará novamente com uma unidade fabril calçadista. O anúncio foi feito na manhã desta terça feira (5) pelo governador Jaques Wagner, com a presença de um dos diretores da Bárbara Krás Calçados, Edilson Soares. A expectativa é que sejam gerados entre 250 e 300 empregos diretos, com o investimento privado da ordem de R$ 3 milhões.

A instalação da Bárbara Krás Calçados em Caatiba, cidade que possui em torno de 12 mil habitantes, é resultado de incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado, que irão garantir a implantação da fábrica no município ainda este ano. "Estamos empenhados em reocupar com novas fábricas, como o caso da Bárbara Krás aqui em Caatiba, todos os galpões que foram utilizados pela Azaleia na Bahia”, afirmou o governador.

De acordo com executivos da empresa, a mão de obra será 100% da região, por ser considerada de altíssima qualidade. A fábrica, que é de Santa Catarina, atualmente já conta com unidade no município baiano de Itambé, e pretende expandir negócios no estado baiano.

Na oportunidade, o governador Jaques Wagner acompanhou o andamento do Programa de Rastreamento do Câncer de Mama em Caatiba, que, desde o dia 1º de agosto, já realizou mamografias em 308 mulheres. A expectativa é que até o final desta terça (5), um total de 570 mulheres, entre 50 e 69 anos, tenham realizado o exame no caminhão, gratuitamente. "Estamos trazendo aqui, com este programa de saúde, os equipamentos mais modernos que realizam exames com excelente qualidade de imagem, da mesma forma como é feito nas melhores clínicas de Salvador. A prevenção é o melhor remédio", destacou Wagner.

 

...........................................................................................................................................................................

05/08/ - 08h40m
BAHIA SEDIA MAIS DE 100 INDÚSTRIAS DE COSMÉTICOS


Cresce cada vez mais o mercado de cosméticos e produtos de beleza na economia do país. De acordo com a Euromonitor,  agência internacional de pesquisa e análise de mercado, o Brasil ocupa a terceira posição em relação ao mercado mundial de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. Em 2013, o setor apresentou um faturamento de R$ 38 bilhões, segundo informações da Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).

Apesar de não existirem dados oficiais regionalizados, a Bahia se destaca na área, com mais de 100 indústrias de cosméticos instaladas, sendo que algumas já exportam para a África, com produtos voltados para o público negro. Salvador, por sua vez, é a terceira cidade do país com mais salões de beleza.

Um exemplo do dinamismo desse setor no estado está na 6ª Feira Cosmética Bahia 2014, que começou no domingo (3) e vai até hoje (5), no Pavilhão de Feiras do Centro de Convenções.

Lá estão expostos mais de 100 marcas. E, o principal, é um canal para a formação de rede de contatos para o fechamento de negócios. A feira traz diversas inovações: cabelos cacheados em menos de 15 minutos, secadores com aroma, esmaltes que duram mais de um mês e não saem com acetona são apenas algumas delas. (Correio)

 

...........................................................................................................................................................................

04/08/ - 16h24m
FÁBRICA DE COCO ATRAI PARA BAHIA INVESTIMENTO DE MAIS DE R$ 200 MILHÕES


Líder nacional na produção de coco e de derivados do fruto, a Bahia vai sediar, pela primeira vez, a Feira Nacional do Coco (Fenacoco), que será realizada desta quarta (6) até sexta-feira (8), no Centro de Convenções, em Salvador. Uma das empresas baianas que são destaque no setor e que vai participar do evento, a Frysk Industrial, localizada no município de Conde, Litoral Norte, recebeu a visita do governador Jaques Wagner na manhã desta segunda-feira (4).

Ele visitou as instalações da fábrica e conheceu de perto como funcionam os maquinários responsáveis pelo envase e distribuição da água de coco, que sai direto do fruto para a caixa, sem contato direto com o ar, sem conservantes e aditivos. Essa é uma das inovações nas quais a Frysk investe e Wagner se disse feliz de fazer parte, enquanto Governo do Estado, desse projeto. "Fazemos questão de dar todo apoio a iniciativas como essa, que, além de produzir um produto diferente, ainda traz a geração de emprego, qualificação da mão de obra local, traz benefícios para a região".

Para a sua implantação, a fábrica do Grupo Aurantiaca trouxe para o estado um investimento de mais de R$ 200 milhões, que foram empregados em infraestrutura e na importação de tecnologia avançada para a cadeia produtiva. Para o vice-presidente do Grupo, Roberto Lessa, a implantação da indústria foi um ganho para a região. “Sempre nos preocupamos em integrar a nossa produção, e o que fazemos dentro dos muros da fábrica à economia local, com a participação dos pequenos produtores, que vão abastecer cerca de 50% da demanda de cocos da Frysk”.

Além disso, a estimativa é que até 2017, quando a fábrica irá operar em capacidade plena, sejam criados mil empregos diretos e seis mil indiretos, com utilização da mão-de-obra local.
 

...........................................................................................................................................................................

04/08/ - 07h34m
EXPORURAL PRETENDE MOVIMENTAR R$ 40 MILHÕES EM NEGÓCIOS.



A partir do dia 9 de agosto, o Parque de Exposições de Salvador sedia a 15ª edição da Exporural. Considerada uma das mais importantes exposições agropecuárias do Norte-Nordeste, a feira irá expor mais de  4 mil animais, entre bovinos, eqüinos, caprinos, ovinos e pequenos animais, com a estimativa de movimentar R$ 40 milhões em negócios.
 
 A  Exporural 2014 irá realizar um total de 10 leilões, envolvendo raças que estarão em exposição. A programação também prevê julgamento de animais, concurso leiteiro das raças Gir e Girolando, feira de artesanato, visitas escolares guiadas e stands de empresas relacionadas ao setor agropecuário.
 
 Para o setor agropecuário, um dos destaques da 15ª Exporural é a Festa Nacional da Raça Santa Inês, que acontece pela primeira vez na Bahia. O evento é o segundo mais importante da raça em número de animais e em ranqueamento de criadores, e antecede a exposição nacional da raça que acontece em novembro no estado de Pernambuco.
 
As arenas da Exporural receberão dez leilões, envolvendo bovinos Nelore, Gir e Girolando, cavalos Mangalarga, Mangalarga Marchador e Pampa, além de ovinos da raça Africano, com um público estimado de quase 350 compradores em cada um deles. A previsão de movimentação financeira é de R$ 12 milhões com a venda desses animais.
 

...........................................................................................................................................................................

03/08/ - 08h15m
EMPRESAS DO SETOR DE SHOPPINGS DOS EUA QUEREM COMPRAR OUTLET DO BRASIL


Os outlets brasileiros podem estar prestes a serem vendidos para duas gigantes do setor de shoppings centers dos Estados Unidos. De acordo com o colunista Geraldo Samor, da 'Veja Mercados', a Simon Property e a Paragon Outlets sondaram a General Shopping sobre sua disposição em vender todos os seus outlets, também conhecidos como shoppings de ponta de estoque. O colunista afirma ainda que a empresa negou o interesse de vender a rede.

Uma das interessadas, a Simon Property, é a maior incorporadora, proprietária e operadora de outlets no mundo, com 70 unidades em cinco países. Em 2012, a empresa havia feito uma sociedade com a BR Malls para desenvolver outlets no Brasil, mas a parceria não resultou em nenhum shopping e foi desfeita.

Muitos comum nos países norte-americanos, os outlets entraram no Brasil, pela primeira vez, na década de 90, sem muito sucesso. Mas segundo a empresa About, responsável por prestar consultoria de planejamento e comercialização de outlets, os empreendimentos devem crescer no país nos próximos anos.

A previsão da empresa é que até o final deste ano, pelo menos dez empreendimentos desse estilo sejam construídos em diferentes regiões do Brasil. A General Shopping é a maior empresa e incorporadora do ramo no Brasil, com outlets em São Paulo, Brasília e Salvador, um em construção no Rio, e com planos de abrir mais dois, um em Recife e outro Curitiba. (Correio) 

 

...........................................................................................................................................................................

01/08/ - 11h23m
RUI COSTA DIZ QUE A QUESTÃO DA ENERGIA PARA AS ELETROINTENSIVAS SERÁ SOLUCIONADO



O deputado federal Rui Costa, candidato ao governo do estado pela coligação Pra Bahia Mudar Mais, disse ontem, durante o encontro “Setores Produtivos e Candidatos ao Governo do Estado”, promovido pelas federações estaduais de indústria (Fieb), de agricultura (Faeb) e do comércio (Fecomércio) que a questão das empresas eletrointensivas está em vias de solução.

Respondendo à pergunta do vice presidente da Fieb,  Antonio Ricardo Alvarez Alban,  Costa disse que tratou do assunto com o Governador Jaques Wagner e o Senador Walter Pinheiro que lhe garantiram  que a solução para o problema está sendo encaminhada.

Algumas das principais empresas do Polo Industrial de Camaçari, a exemplo da Dow Química, Braskem, Paranapanema, Ferbasa e outras, que  são eletro intensivas, estão preocupadas com o término   dos contratos  assinados com a Chesf – Companhia Hidroelétrica do São Francisco, que vencem em 2015.

Essas empresas estão buscando uma solução para que esse fornecimento de energia seja mantido em bases que não aumentem excessivamente os custos de produção e afetem sua  competitividade.    

 

...........................................................................................................................................................................

01/08/ - 09h14m
CONGRESSO PIONEIRO NA BAHIA DISCUTE CULTURAS DO MILHO E SORGO

 


 


Para debater o tema ‘Eficiência nas cadeias produtivas e o abastecimento global’, acontece no Hotel Pestana, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, deste domingo a quinta-feira (3 a 7), o XXX Congresso Nacional de Milho e Sorgo (CNMS), uma iniciativa da Associação Brasileira de Milho e Sorgo (ABMS), em parceria com a Embrapa Milho e Sorgo e a Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri).

Os participantes discutirão os processos tecnológicos e científicos sobre as culturas e as políticas de desenvolvimento para o setor. De acordo com o engenheiro agrônomo da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) e presidente desta edição do congresso, Edson Alva, são esperadas cerca de mil pessoas. “A expectativa é grande, por ser realizado pela primeira vez no estado, um importante produtor de milho no Brasil”.

Podem participar produtores de milho e sorgo, profissionais ligados ao setor de criação e industrialização de aves, suínos e bovinos, entre outros, que utilizam o milho e sorgo como base da ração para a criação desses animais, além de estudantes. Mais informações estão disponíveis na página do evento.


 

...........................................................................................................................................................................

31/07/ - 16h47m
SECRETÁRIO TERÁ QUE IR À CÂMARA DE CAMAÇARI EXPLICAR QUESTÃO JAC MOTORS

Secretário Djalma Machado


O secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Djalma Machado, terá que prestar esclarecimentos na Câmara de Vereadores local sobre as informações publicadas hoje (31) na imprensa do sul do país a respeito de uma eventual desistência da JAC Motors em instalar a fábrica no município baiano, num terreno onde já foi feito a terraplenagem, na estrada da Cetrel.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, a montadora estaria prestes a desistir de se instalar na Bahia e se mudar para o estado do Rio de Janeiro, o que provocaria inúmeros prejuízos à Camaçari.

"O município gastou uma fortuna com publicidade para divulgar a instalação da fábrica. E gastou outra fortuna abrindo mão de impostos e oferecendo incentivos fiscais. É um prejuízo incalculável, isso sem falar na questão social, já que havia uma grande expectativa de geração de emprego e renda para a cidade. Queremos que o secretário de Desenvolvimento Econômico do município preste esclarecimentos não a nós vereadores, mas à população de Camaçari que pagou essa conta", afirmou o líder da oposição, vereador Antônio Elinaldo.

De acordo com a reportagem, somente de impostos para aceitar a construção da JAC Motors em Camaçari o Estado abriu mão de R$ 15 milhões.
 

...........................................................................................................................................................................

31/07/ - 14h21m
EXPORURAL ACONTECE EM SALVADOR E DEVE MOVIMENTAR R$ 40 MILHÕES

 

 
 

A partir do dia 9 de agosto, o Parque de Exposições de Salvador sedia a 15ª edição da Exporural. Considerada uma das mais importantes exposições agropecuárias do Norte-Nordeste, a feira irá expor mais de  4 mil animais, entre bovinos, eqüinos, caprinos, ovinos e pequenos animais, com a estimativa de movimentar R$ 40 milhões em negócios.

Representada pela Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba), a Exporural 2014irá realizar um total de 10 leilões, envolvendo raças que estarão em exposição. A programação também prevê julgamento de animais, concurso leiteiro das raças Gir e Girolando, feira de artesanato, visitas escolares guiadas e stands de empresas relacionadas ao setor agropecuário.

Logo na abertura do evento, o ponto alto será a programação infantil, que irá fazer do Parque de Exposições destino certo para as famílias no Dia dos Pais, com atrações especiais como Show do Chiquinho, Exposição Literária Tabuleiro das Letrinhas e Feira de Adoção de Animais.

Festa Nacional da Raça Santa Inês - Para o setor agropecuário, um dos destaques da 15ª Exporural é a Festa Nacional da Raça Santa Inês, que acontece pela primeira vez na Bahia. O evento é o segundo mais importante da raça em número de animais e em ranqueamento de criadores, e antecede a exposição nacional da raça que acontece em novembro no estado de Pernambuco.

Leilões - As arenas da Exporural receberão dez leilões, envolvendo bovinos Nelore, Gir e Girolando, cavalos Mangalarga, Mangalarga Marchador e Pampa, além de ovinos da raça Africano, com um público estimado de quase 350 compradores em cada um deles. A previsão de movimentação financeira é de R$ 12 milhões com a venda desses animais.
 

 

...........................................................................................................................................................................

31/07/ - 11h15m
BAHIATURSA BUSCA ATRAIR MAIS TURISTAS DE NOVOS MERCADOS

Trazer para o Brasil operadores de viagem dos mercados potenciais internacionais e fazer capacitações fora do país, o sentido de aumentar a visibilidade do destino Bahia – depois de registrada grande presença de estrangeiros, no estado, durante a Copa do Mundo – é a meta anunciada pelo presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Na próxima segunda-feira (4), haverá uma reunião da Diretoria de Relações Internacionais da Empresa de Turismo da Bahia com diretores da Embratur, em Brasília, com o objetivo de motivá-los para a realização de novas ações para a captação de mais turistas. As ações deverão ser desenvolvidas em países da América do Sul e também na Alemanha, Espanha, Portugal, Estados Unidos e França, que já foram trabalhados antes da Copa do Mundo, em eventos da Embratur, chamados de Goal to Brasil, e que precisam de uma intensificação de um trabalho de provocação de demanda de turistas.

A Embratur tem vários escritórios espalhados pelo mundo. A ideia, segundo Rosana França, diretora de Relações Internacionais da Bahiatursa, é sensibilizar os diretores da empresa, para ampliar o contato com as representações desses escritórios e abrir novos mercados.

“Tem que ter uma demanda considerável. Se não tem, a gente tem que provocar. E a gente provoca como? Mostrando, anunciando nos jornais, fazendo ações como famtur, press trip, capacitação”, afirma Rosana.

Mas, para abrir o mercado, é preciso ter acesso, com novos voos, novas conexões para trazer os turistas à Bahia, alerta Rosana. “Não adianta você abrir mercado se as pessoas não têm condições de chegar aqui. Vêm, mas a longo prazo. Uma aeronave tem 300 acentos. Para você colocar 300 turistas nesses voos, é um trabalho que precisa ser feito ao longo dos anos”, explica Rosana.

 

...........................................................................................................................................................................

31/07/ - 08h38m
CENTRO DE JUDÔ É O 1º LEGADO BAIANO DAS OLIMPÍADAS DE 2016

 

 
 

Localizado na Praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), inaugurado na última segunda-feira (28), é o primeiro legado, na Bahia, dos Jogos Olímpicos 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro.

A partir de 2015 até a realização das Olimpíadas, o centro será o principal espaço utilizado por judocas de todos os países da América para treinamento e, em 2016, o espaço de aclimatação de equipes de todo o mundo. A Arena Fonte Nova também vai ser usada nas Olimpíadas de 2016.

“Desde 2012, Salvador foi confirmada, pelo Comitê Organizador, como uma das sedes dos jogos olímpicos de futebol masculino e feminino. Essa conquista foi resultado do empenho do Governo do Estado para atração de grandes eventos esportivos para a Bahia”, afirmou o secretário do Trabalho e Esporte, Nilton Vasconcelos. Para ele, a existência da Arena Fonte Nova foi decisiva para Salvador entrar no calendário das Olimpíadas.

 

...........................................................................................................................................................................

30/07/ - 17h58m
INDÚSTRIA BAIANA LANÇA ÁGUA DE COCO NA FENACOCO 2014


O Grupo Aurantiaca participará da Feira Nacional do Coco - Fenacoco. O Grupo estará presente em um stand com duas de suas empresas: a Fibraztech e a Frysk, fábrica situada no município do Conde, no litoral norte da Bahia.

Durante a Fenacoco, a empresa lançará sua água de coco com a marca Obrigado. O evento acontecerá pela primeira vez na Bahia, em Salvador, no período de 06 a 08 de agosto, no Centro de Convenções.

A ideia, segundo o vice-presidente da empresa, Roberto Lessa, é oferecer uma bebida que assegure padrões de qualidade, o sabor e os valores nutricionais encontrados na água do coco verde. De acordo ele, o produto conta com um processo de produção singular. “Investimos em equipamentos e tecnologias inovadoras para levar ao consumidor final um produto diferenciado em relação ao que já existe no mercado”, afirma.

Simultaneamente à feira, acontecerá também o Seminário do Pequeno Produtor, um concurso gastronômico e uma reunião da Câmara Setorial de Fibras Naturais a nível nacional. “Nós investimos para contribuir no sentido de trazer a feira para a Bahia por reconhecer a  importância do evento já que o nosso estado é o maior produtor de coco do  Brasil”, afirma Roberto Lessa.

 

...........................................................................................................................................................................

30/07/ - 12h16m
USINA DE BIODIESEL DE CANDEIAS AUMENTA PRODUÇÃO PARA 300 MI BARRIS/ANO

 


 

Depois de seis anos em operação, a Usina de Biodiesel de Candeias vai elevar a sua capacidade de produção de 217 milhões de litros de biodiesel/ano para 300 milhões de litros/ano.

Segundo o presidente da Petrobras Biocombustível, Alberto Fontes, a ampliação aumenta ainda mais a participação da Bahia - e da maior usina da Petrobras Biocombustível - no mercado nacional. "O processo de ampliação será feito com segurança e confiabilidade, aprimorando a qualidade de todo o processo, do pré-tratamento ao produto final”, explica Fontes.

"Para a Bahia é muito importante que este projeto continue forte e cresça cada vez mais. É uma ampliação considerável, de quase seis vez mais de quando começou, em 2008, quando produzia 57 milhões de litros de biodiesel/ano. Essa usina abastece a região Nordeste do Brasil, principalmente os estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Alagoas", comemora James Correia, secretário da Indústria, Comércio e Mineração.

 A usina de Candeias integra o parque produtor de biodiesel da empresa, incluindo usinas próprias e unidades em parceria, que juntas têm, hoje, capacidade total de produzir 821 milhões de litros/ano. A unidade possui sistemas de instrumentação e controle automatizados, além de flexibilidade no processamento de óleos vegetais brutos e no uso de matérias-primas diversas, podendo processar ainda sebo bovino e OGR (óleos e gorduras residuais).

 

...........................................................................................................................................................................

30/07/ - 11h01m
BAHIA AVANÇA NA CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL


Em continuação ao processo de identificação das Áreas Prioritárias para Conservação e Utilização Sustentável da Bahia, técnicos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) continuam reunidos nesta quarta-feira (30) com especialistas em recursos naturais de diversos centros de pesquisa, no hotel Mar Brasil, em Itapuã. Coordenado pela equipe técnica do Laboratório de Ecologia da Paisagem do WWF Brasil, o encontro tem o objetivo de definir alvos e metas para conservação dos ecossistemas terrestres.

O diretor de Pesquisas Ambientais da Sema, Marcelo Araujo, explica que a identificação das áreas prioritárias representa o esforço da Sema na organização e integração dos diversos instrumentos de políticas públicas para garantir uma gestão ambiental eficiente. “Este estudo integra as demais ferramentas de planejamento desenvolvidas no estado a exemplo do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), Mapeamento da Cobertura Vegetal, Planos de Bacia e Lista de Espécies Ameaçadas de Extinção”, completou.

Araújo explicou também, que as atividades foram iniciadas em novembro de 2013, com a organização da base geográfica de dados. A partir de agora, a previsão é que em outubro seja feita uma última avaliação desse estudo, com a perspectiva de entrega no final deste ano. “No Brasil, poucos estados já desenvolveram este instrumento. A Bahia segue o processo juntamente aos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro", informou.

De acordo com o Superintendente de Políticas Publicas da WWF Brasil, Jean François Timmers, a Bahia é um dos estados mais ricos de biodiversidade do Brasil. E ao mesmo tempo, é um dos que possui suas riquezas mais ameaçadas. “Este estudo que apontará as áreas como maior necessidade de conservação, vai garantir uma melhor condição de propor e planejar políticas públicas para consolidar e manter as riquezas biológicas e os serviços ecossistêmicos”, destacou.


 

...........................................................................................................................................................................

30/07/ - 09h04m
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO PROMOVE EVENTO EM SALVADOR


O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) reúne técnicos estaduais da Proteção Social Básica no Encontro Formativo do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que será realizado nesta quinta-feira (31), das 9h às 17h, na Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro), no bairro Caminho das Árvores, em Salvador.

O evento, que terá a participação de profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Estado (Sedes), busca aprofundar a concepção e reordenamento do SCFV e o Sistema de Informação do Serviço de Convivência (Sisc), dando condições aos técnicos de referência dos estados de multiplicar informações em relação à execução e funcionamento do serviço no âmbito municipal.

Além disso, vai potencializar a parceria com as equipes estaduais, que estão como referência técnica para o SCFV, com a finalidade de aperfeiçoar, implantar e consolidar o Sistema Único de Assistência Social (Suas), por meio da oferta qualificada do serviço executado pela rede socioassistencial.


 

...........................................................................................................................................................................

30/07/ - 08h40m
TECON SALVADOR ANUNCIA AUMENTO NAS EXPORTAÇÕES


As cargas de exportação voltaram a crescer no primeiro semestre deste ano nas operações do Tecon Salvador - terminal de contêineres administrado pela Wilson Sons no Porto de Salvador. Segundo a empresa, o volume de contêineres cheios cresceu 11,4%, totalizando uma movimentação de 41,8 mil TEUs (unidade de contêiner cheio, ou seja, equivalente a 20 pés) no acumulado entre janeiro e junho deste ano.

O principal fator para o crescimento foi o aumento do embarque de celulose. Em seguida, destacaram-se também cargas do segmento de químicos e petroquímicos e de minérios. A expectativa do Tecon é manter o crescimento no segundo semestre, tendo como carro chefe a exportação de frutas produzidas no Vale do São Francisco. (Correio) 


 

...........................................................................................................................................................................

28/07/ - 15h35m
ESTALEIRO BAIANO TEM PELA FRENTE O DESAFIO DA COMPETITIVIDADE



O estaleiro Enseada Indústria Naval, da Bahia, que está em fase de conclusão de suas instalações,  o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), de Pernambuco  e o Estaleiro Rio Grande, do Rio Grande do Sul, que  investiram R$ 6,6 bilhões para criar parques industriais modernos, enfrentam neste momento o desafio da competitividade.

É que eles possuem um único cliente a Petrobras e precisam, ao tempo em que estão se implantando,  cumprir contratos de entrega de navios, plataformas e sondas de perfuração para a Petrobras, e competir em termos de custos com outros players do setor.

Reportagem do jornal Valor Econômico, afirma que o setor passa por incertezas em relação à demanda futura da Petrobras que passou a fazer encomendas de plataformas e navios no mercado doméstico seguindo regras de conteúdo nacional, para estimular a indústria nacional.  

A Petrobras nega e diz que  a demanda por embarcações offshore é sustentável no longo prazo, uma vez que o Plano de Negócios e Gestão 2014-2018 da companhia prevê investimento total direcionado para essa indústria da ordem de US$ 100,7 bilhões, até 2020.

Segundo a Petrobras, esse investimento se refere à contratação de 38 plataformas, 28 sondas de perfuração, 88 navios petroleiros e 146 embarcações de apoio e outras 14 novas plataformas  que serão contratadas de estaleiros nacionais até 2018.

Os grandes estaleiros, porém, estão desconfiados que mais encomendas podem ir para o exterior que possue maior competitividade e menor  custo da mão de obra da construção naval, por conta dos impostos. 

Analistas afirmam, no entanto,  que haverá demanda por 25, 30 anos,  para sustentar a indústria naval brasileira, mas que é preciso aumentar a competitividade, pois em algum momento as políticas de incentivo tenderão a ser reduzidas e a indústria terá que estar pronta para ser exposta ao mercado.


 

...........................................................................................................................................................................

28/07/ - 11h18m
WORKSHOP GRATUITO CAPACITA EMPRESÁRIOS DO SETOR AUDIOVISUAL


 

Nos dias 31 de julho e 1º de agosto, Salvador recebe o workshop Objetiva: Empreendedorismo em Foco, voltado para empresários do setor audiovisual. A iniciativa é da Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais (Apro) e o Sebrae. A capacitação, em Salvador, acontece no Hotel Pestana (Rua Fonte do Boi, 216), das 9h às 17h30, no dia 31, e das 8h30 às 18h30, no dia 1º. O workshop tem entrada gratuita e vagas limitadas, com inscrições até 29 de julho pelos e-mails regina@apro.org.br e paulasanches@apro.org.br.

Na abertura institucional, Odete Cruz, gerente executiva de Capacitação da Apro, explicará aos participantes sobre a metodologia do Projeto de Capacitação de Empresários do Setor Audiovisual. Na sequência, Débora Mazzei, analista técnica da Unidade de Atendimento Coletivo – Serviços do Sebrae, vai falar sobre a atuação da instituição no mercado.

Erick Krulikowski, consultor em Gestão de Negócios Audiovisuais, abordará no primeiro dia do evento questões sobre empreendedorismo, plano de negócios criativos, desenvolvimento e modelagem de negócios e ferramentas de gestão. O profissional tem 15 anos de experiência em gestão executiva de projetos e negócios nas áreas de cultura e educação, com ênfase em plano de negócios, planejamento estratégico, administração financeira, captação de recursos e desenvolvimento institucional. Assessor de Estratégia de Negócios e Cooperação Internacional do Polo Audiovisual da Zona da Mata (MG), Krulikowski é professor convidado do MBA de Bens Culturais da Fundação Getúlio Vargas e do pós-MBA do BI International, além de sócio diretor da iSetor.

No dia 1º de agosto, Débora Ivanov, advogada e sócia-diretora da Gullane Entretenimento S.A., produtora de conteúdo para cinema e televisão, falará sobre fontes de financiamento, destacando o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), que é destinado ao desenvolvimento articulado de toda a cadeia produtiva da atividade no Brasil.

No mesmo dia, haverá um seminário com Deborah Calla, produtora, escritora e roteirista brasileira, que reside há 19 anos em Los Angeles, nos Estados Unidos, sobre roteiro e a importância da relação entre o produtor e o roteirista para o desenvolvimento de pilotos para televisão e cinema. Os tópicos abordados na apresentação de Deborah abrangem como trabalhar com um roteirista, estrutura de longa-metragens, estrutura de seriado de televisão, “writer’s room” (TV), novos modelos, transmídia, “loglines e pitching”, ferramentas de vendas e “packaging”.

Lançado em outubro de 2013, o Projeto de Capacitação de Empresários do Setor Audiovisual busca oferecer cursos de capacitação em gestão empresarial, distribuição, formatação de projetos para leis de incentivo e editais, roteiro, desenvolvimento de projetos transmídia, aspectos jurídicos para direitos autorais, modelos de contratos referenciais, entre outros conteúdos. O Projeto é aberto para todo o mercado de produção audiovisual nacional.
 

...........................................................................................................................................................................

28/07/ - 08h40m
GOVERNO LANÇA PUBLICAÇÃO QUE INCENTIVA ECONOMIA CRIATIVA


Com participação da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), a Secretaria de Cultura (Secult) lança, na próxima quarta-feira (30.07), no Pavilhão de Aulas (PAF 3) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em Ondina, o documento “Bahia Criativa – Diretrizes para o Desenvolvimento da Economia Criativa na Bahia”.

Elaborado por representantes de diversas secretarias e entidades não-governamentais, sob a batuta da Secult, o “Bahia Criativa” visa construir diretrizes estratégicas e sistematizar uma carteira de iniciativas integradas para o fortalecimento da dimensão econômica do segmento criativo na Bahia.

O Bahia Criativa é parte do programa permanente da Rede Incubadoras Brasil Criativo, do Ministério da Cultura (MinC), que propõe a oferta de capacitações, cursos e consultorias sobre gestão em cultura, com foco em empreendedorismo e competências criativas voltados para pessoas que atuam na cadeia produtiva da cultura.

“Devido à sua diversidade, a Bahia é um dos pólos de cultura mais férteis do país. O documento visa otimizar essa produção, gerando novas e maiores oportunidades de negócio para quem vive da cultura”, disse o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia.

No lançamento do documento, que contará com as presenças do secretário de Economia Criativa do Ministério da Cultura (Minc),  Marcos André, e do secretário de Cultura do Estado, Albino Rubim,  será lançado também o Observatório de Economia Criativa (Obec).


 

...........................................................................................................................................................................

25/07/ - 07h44m
BAHIA RECEBE A PRIMEIRA FÁBRICA DA MULTINACIONAL LAPP GROUP


Há três meses em operação na Bahia, a fábrica da multinacional alemã Lapp Group já está processando 200 toneladas de cobre por mês. A líder mundial em condutores elétricos foi implantada em Camaçari e investiu R$ 50 milhões na primeira unidade do grupo na América Latina. Quando estiver em pleno funcionamento vai gerar 180 empregos diretos e processar 1.200 toneladas de cobre por mês.

A Lapp já está no mercado brasileiro há mais de 10 anos, distribuindo produtos importados por meio da central em Osasco – SP. Entretanto, as operações industriais no Brasil, só tiveram início no mês de outubro de 2013, com uma linha reduzida de produtos, em Lauro de Freitas – Bahia, e logo após com a implantação da empresa em Camaçari, que iniciou as operações em abril deste ano.

O empreendimento foi instalado em uma área superior a 30.000 m², localizada na Via Parafuso. A área construída total é de 10.000 m². A primeira fase do processo produtivo ocupa atualmente mais da metade deste espaço.  Breve tomará o restante do prédio, produzindo em larga escala, conta o Gerente Industrial da Lapp  Group, Edson Oliveira. “A empresa tem capacidade instalada para processar 1.500 toneladas de produto acabado. Elaboramos condutores elétricos de cobre em baixa tensão, para os mais diversos tipos de aplicação”, afirma.

Nesta primeira etapa a Lapp irá atender todo o mercado brasileiro, porém com a consolidação da fábrica, serão realizadas exportações para toda a América Latina. “Nós estamos investindo no Brasil para um projeto de longo prazo, nosso capital não é especulativo. Vamos gerar empregos e bons negócios nos próximos anos”, informa o Gerente Industrial.

O executivo explica que a principal razão da escolha da Bahia é o mercado consumidor Nordestino, que está em plena expansão e desenvolvimento. Ele destaca a importância estratégica e logística do estado como porta de entrada para as regiões Nordeste e Norte, além de manter proximidade com as regiões Sul e Sudeste.

“A Bahia está no meio do caminho. Foi o local onde encontramos uma boa condição para instalação logística na empresa. Além disso, estarmos localizados numa área densamente industrializada. O Polo Industrial de Camaçari demonstra uma vocação do estado para a atração de investimentos de capital produtivo. A mão de obra encontrada aqui é qualificada, o que facilitou a implantação da empresa”, disse Oliveira.
 

...........................................................................................................................................................................