BAHIA
As diretrizes que vão nortear a educação na Bahia foram apresentadas pelo governador aos Prefeitos
DISPUTAS E FALTA DE INTEGRAÇÃO ESTARIAM MARCANDO O SECRETARIADO DE RUI COSTA
NOS BASTIDORES

DISPUTAS E FALTA DE INTEGRAÇÃO ESTARIAM MARCANDO O SECRETARIADO DE RUI COSTA
GOVERNO DO ESTADO PRETENDE CONSTRUIR CENTRO DE CONVENÇÕES EM ÁREA DA MARINHA
ENTREVISTA

GOVERNO DO ESTADO PRETENDE CONSTRUIR CENTRO DE CONVENÇÕES EM ÁREA DA MARINHA
COLUNISTAS

ENTEVISTAS
BRUNO DAUSTER – SECRETÁRIO ESTADUAL DA CASA CIVIL
Chefe da Casa Civil diz que Fiol sai em 2017 e que não há falta de integração entre os secretários de Rui e fala do novo Centro de Convenções de Salvador
ENQUETE

NA SUA OPINIÃO QUE SETOR DA ECONOMIA BAIANA VAI SOFRER MAIS COM A CRISE?

MULTIMÍDIA


COMENTE, OPINE, ANALISE


realmente, se confirmada essas obras, será de grande importancia. pois, quem precisa dêsse equipamento sente na pele o que êle pode representar. Que venha o mais rapido possivel.
antonio heraldo
-------------------------------------------------------

O engraçado é que para aumentar os salários deles não precisa de orçamento, lei de responsabilidade fiscal. Colocam na pauta votam a noite e pela manhã ta valendo. Enquanto para os funcionários tem que ter estudo e o governador não tem vergonha da farra que todos eles fazem com o dinheiro público. Só esquecem de uma coisa, avião cai,enfarto avc cancer ta pra todo mundo. E ninguem foge do julgamento de Deus.O sofrimento para quem faz o povo sofrer tanto será maior para a família de cada um. É a Lei do universo cada um colhe o que planta. Só há um jeito para abreviar e resolver o problema do Brasil. !Uma guerra civil. Porque no Comando do Pais, só temos ladrões corruptos gente que so merece morrer.
lucia Andrade
-------------------------------------------------------

Esse Aleluia é um dos mais hipócritas que existe no meio político!!! seria uma espécie de Diogo Mainardi do Congresso!!! A UFBA adora ele...
danbrandaobarreto
-------------------------------------------------------
FRASE DO DIA

“Nós vamos discutir esse assunto na reunião do dia 13 de abril. É uma reunião da Executiva para avaliar a relação com o prefeito ACM Neto, nossa aliança, se estamos realmente satisfeitos”

Ivanilson Gomes
Presidente do PV na Bahia, falando sobre a saída da legenda do poder municípal  


FACEBOOK
OUTRAS NOTÍCIAS
30/03 - 20h01m


Empenhado em melhorar a qualificação profissional e empresarial, o secretário do Turismo Nelson Pelegrino ressaltou a importância do Programa Pacto pela Educação, lançado nesta segunda-feira (30), pelo governador Rui Costa.

Presente ao evento, ele elogiou a iniciativa e afirmou que o setor turístico será diretamente beneficiado com a melhoria da educação pública. “No Turismo, ao incentivarmos a qualificação profissional, contribuímos para a elevação do padrão de qualidade dos serviços, fortalecendo a cadeia produtiva e atendendo ao público, cada dia mais exigente” - ressaltou Pelegrino.  O lançamento foi realizado no auditório do Senai/Cimatec, em Salvador. 

Batizado de Educar para Transformar, o programa estadual visa à excelência no ensino e ao acesso a instituições públicas de qualidade, para crianças, jovens e adultos. No evento, o Governo do Estado firmou parceria com as prefeituras das cidades do interior e da capital, por meio da assinatura de um termo de compromisso com o projeto. 
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 19h15m


O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta segunda-feira e recuperou o patamar dos 51 mil pontos perdido na semana passada, em meio ao quadro benigno nas bolsas no exterior e um noticiário corporativo local abundante, com Cesp entre os destaques positivos, após anunciar pagamento de dividendos.

O Ibovespa avançou 2,29 por cento, a 51.243 pontos, com papéis de bancos privados respondendo pela principal contribuição positiva, diante da alta de 3,37 por cento de Itaú Unibanco e de 2,10 por cento de Bradesco. As ações respondem juntas por quase 20 por cento do índice. O volume financeiro da sessão somou 5,3 bilhões de reais.

Os discursos alinhados da presidente Dilma Rousseff e do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, neste segunda-feira, após uma fala do ministro sobre a presidente ter gerado ruído, também ajudaram o mercado acionário.

Os papéis da Petrobras corroboraram o tom positivo, conforme investidores seguem analisando as mudanças no Conselho de Administração e aguardam a divulgação do balanço auditado da petroleira. As ações preferenciais da estatal fecharam em alta de 3,62 e as ordinárias avançaram 4,01 por cento. As informações são da Reuters.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 18h49m

 
O lucro líquido do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve um crescimento de 5,4% em 2014, na comparação com o ano anterior. Os valores alcançaram R$ 8,594 bilhões, ante R$ 8,150 bilhões registrados em 2013.

De acordo com o órgão, é o terceiro maior lucro da história do Banco. Para o BNDES, o resultado com financiamentos a projetos de investimentos, que são os de intermediação financeira, e a manutenção do índice de inadimplência no mais baixo nível de sua história contribuíram para o desempenho. Os financiamentos subiram de R$ 11,7 bilhões em 2013 para R$ 13,4 bilhões em 2014. Já o índice de inadimplência permaneceu em 0,01%. 
 
O banco comparou o nível de inadimplência com a média do Sistema Financeiro Nacional em dezembro de 2014, que era 2,9% em dados divulgados pelo Banco Central. A direção do banco acrescentou que os critérios da instituição são mais conservadores. No Sistema BNDES, são considerados inadimplentes quem está com parcelas em atraso há mais de 30 dias. Nos cálculos do BC são consideradas em atraso parcelas com 90 dias.
 
Segundo o BNDES, o resultado com participações societárias também contribuiu para o crescimento do lucro líquido. Elas subiram de R$ 2,5 bilhões em 2013 para R$ 2,9 bilhões em 2014. “Cabe destacar que tal crescimento foi realizado num cenário de intensa volatilidade no mercado de capitais, o que elevou o montante de provisões para perdas em investimentos de R$ 2,04 bilhões em 2013 para R$ 2,8 bilhões em 2014”, analisou a instituição. Dados do banco apontam perdas equivalentes a R$ 2,6 bilhões e destacam que o principal componente foi o investimento na Petrobras. 
 
Segundo o BNDES, foram levadas em conta as características específicas de atuação do banco e do ativo. De acordo com os dados, a perda passível de não recuperação foi estimada em R$ 2,6 bilhões, descontados os efeitos tributários. O órgão esclareceu que, conforme a característica das ações detidas pelo banco, que são de transferência da União para aumento de capital da instituição, nas quais existem condições específicas como restrição de venda, as perdas são reclassificadas para o resultado apenas quando da venda ou transferência do respectivo ativo.
 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 18h23m


O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta segunda-feira, 30, que o governo precisa mudar algumas políticas, já que o cenário internacional mudou, com os principais parceiros do País reduzindo suas políticas anticíclicas. "Não é culpa dos outros, é o cenário que mudou e, como a presidente Dilma Rousseff tem dito, se esgotou nossa capacidade de fazer anticíclico", afirmou.

O ministro ressaltou em diversos momentos a necessidade de manter o grau de investimento, sendo que controlar a dívida pública é, segundo ele, essencial para isso. "A boa notícia é que o PIB é um pouco maior do que pensávamos, então a relação dívida/PIB é um pouco mais favorável", comentou, referindo-se à recente mudança da metodologia do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que levou a uma revisão para cima no PIB de anos anteriores.

Levy afirmou que o ajuste fiscal é necessário porque o Brasil precisa reverter a deterioração fiscal e das contas públicas. E que o ajuste exige um esforço de todos, incluindo a administração federal, legislativo, governos estaduais e municipais, empresários e sociedade civil.

"O objetivo é recuperar as metas de superávit fiscal", reforçou. Segundo ele, o governo faz um grande esforço para colocar os gastos obrigatórios em uma trajetória sustentável. Além disso, foi estabelecida a meta de reduzir os gastos discricionários para os níveis de 2013, o que significa uma redução de quase 30%. "É uma redução forte, mas o governo tem de mostrar liderança e a presidente bancou isso", afirmou.

Segundo o ministro, qualquer retrocesso no ajuste fiscal poderia a levar à perda do grau de investimento, o que seria desastroso. Para ele, a recente decisão da Standard & Poor's de manter o rating do Brasil não foi um voto de confiança só nele, mas em todas as instituições brasileiras, "na capacidade do governo e do Congresso de se fazer o ajuste, que se tornou absolutamente imprescindível". 
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 17h50m

 
 
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse hoje (30), em São Paulo, que tem uma “enorme afinidade” com a presidenta Dilma Rousseff na visão de longo prazo da economia. “Não há nenhuma desafinação”, enfatizou, ao comentar as declarações em uma palestra na última semana, na Escola de Negócios da Universidade de Chicago, que foram interpretadas como uma crítica à presidenta.
 
Durante almoço promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) para 600 empresários, Levy voltou a negar que tenha criticado Dilma. “A presidenta tem sido absolutamente explícita e genuína sobre seus objetivos”, ressaltou.Levy explicou que, na palestra em Chicago, ele quis dizer que, mesmo com a vontade da presidenta, às vezes, é difícil colocar em prática algumas medidas. “A gente nem sempre consegue tudo o que deseja em um processo democrático, e isso é bom."
 
O ministro disse acreditar na aprovação das medidas de ajuste fiscal pelo Congresso. “Temos tido sucesso em conversas que, em um primeiro momento, não pareciam estar encaminhadas”, disse ele, ao falar sobre as negociações entre o governo e os parlamentares para aprovação das propostas.De acordo com Levy, o objetivo do governo é reduzir os próprios gastos ao patamar de 2013. “Não temos discutido quantidade, quantos bilhões vamos cortar. Mas que fique claro que, com relação à programação financeira, aquele gasto que pode ser controlado, o objetivo é trazer para o nível de 2013. Isso exigirá grande disciplina.”
 
Para o ministro, esse controle pode representar uma redução de aproximadamente 30% dos empenhos feitos pelo Executivo. Apesar de defender a redução de gastos, Levy admitiu que o processo não será simples. “Cortar na carne é importante, mas não é fácil, porque não tem muita carne.”Levy ressaltou a importância do planejamento dos gastos e da desonerações de tributos, de modo que as contas continuem equilibradas. “Não podemos criar novas despesas que venham a exigir novos impostos. Ou sair cortando impostos, sem ter ajustado as despesas”, concluiu.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 17h49m


Em debate promovido pelo UOL e a "Folha de S.Paulo" na tarde desta segunda-feira (30) com líderes de dois movimentos populares antigoverno - o advogado Cláudio Camargo, do grupo QueroMeDefender, e o estudante Fernando Holiday, do MBL (Movimento Brasil Livre) - defenderam a união de diversas classes sociais e raciais em prol de uma grande onda de oposição à presidente Dilma Rousseff.

Os representantes dos movimentos, que ajudaram a levar cerca de 2 milhões de pessoas para as ruas no último dia 15 de março, explicaram suas respectivas reivindicações políticas e econômicas para o país. Em comum, afirmaram que o sentimento de descrença com o PT não existe apenas da elite econômica ou entre os brancos. "Não vemos brancos ou negros, pobres e ricos, mas pessoas que estão sofrendo com tanta incompetência", diz Holiday.

O jornalista Josias de Souza e a repórter Patrícia Campos Mello mediaram o debate, que marcou outro ponto em comum entre os dois movimentos: a atual falta de representatividade nos políticos eleitos nas últimas eleições. "Não me sinto representado por nenhum deles a nível federal", disse Camargo.

Holiday concordou, aproveitando para atacar a atual bancada da oposição: "Queremos que eles façam seu trabalho, pois estão ganhando boladas pra ver o povo sofrer. Eles mantêm uma postura frouxa", disse.
No entanto, o líder do MBL tentou defender a importância dos líderes do PMDB no Legislativo, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, fazerem algum tipo de contraponto a Dilma mesmo que estejam sendo acusados de crimes na Operação Lava Jato. "A corrupção do PT é pior", justificou.

Perguntados se um político como o ex-candidato a presidente do PSDB, Aécio Neves, seria hostilizado nos atos de 15 de março, Cláudio Camargo disse crer que não aconteceria, mas ele "não o representa". Já Fernando Holiday disse que outros políticos foram aos protestos, "mas pra participar dentro de um movimento, não como líderes. Não me sinto representado pela oposição hoje". As informações são do Uol.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 17h25m


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta segunda-feira (30) ter registrado lucro líquido de R$ 8,594 bilhões em 2014. O resultado ficou 5,4% acima dos R$ 8,150 bilhões obtidos em 2013.

Apesar do resultado positivo, o banco admitiu ter registrado perdas, e o principal componente foi o investimento na Petrobras. "Em função do declínio prolongado e significativo no valor de mercado dessas ações, foi realizada uma análise qualitativa do investimento, a fim de quantificar a existência de eventual montante não recuperável do ativo."

"Foram levadas em conta, as características específicas de atuação do BNDES; as características específicas do ativo, considerando-se que a empresa não descumpriu qualquer obrigação financeira; e o valor justo apurado com base em avaliação econômico-financeira", diz o balanço.

Com base nessa análise, o banco estima uma perda passível de não recuperação, referente à Petrobras, no montante de R$ 2,6 bilhões, líquidos dos efeitos tributários. Desse valor, R$ 1 bilhão já foi reconhecido no balanço de 2014.

"Esse fato, assim como a pendência na divulgação das demonstrações financeiras recentes da Petrobras, foi mencionado no relatório dos auditores independentes no balanço do BNDES." As informações são do G1.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h55m

 
O ex-superintendente de Administração e Finanças da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcos Vinicius de Barros Presídio, tomou posse, na tarde desta segunda-feira (30), como novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE -BA). 
 
A cerimônia foi realizada no Plenário Conselheiro Lafayette Pondé, do tribunal, e reuniu autoridades como o governador Rui Costa, o conselheiro presidente do TCE, Inaldo Araújo, o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Eserval Rocha, o procurador-geral de Justiça, Márcio Fahel, e o prefeito de Salvador, ACM Neto. 
 
Aos 47 anos, Presídio assumiu a vaga deixada pelo ex-deputado Zezéu Ribeiro, que faleceu no dia 25 de fevereiro deste ano. A nomeação para o TCE foi publicada no Diário Oficial do Estado, do dia 19 de março, após a assinatura de autorização do governador Rui Costa. 
 
“Ele é um técnico de longa história, que sempre esteve na área pública, cuidando de finanças e administração pública. Portanto conhece bem as contas governamentais e as contas do Legislativo. Ele está habilitado para contribuir com o julgamento das contas de todos os poderes”, afirmou Rui Costa. O novo conselheiro disse que sua expectativa é grande. “A posse é resultado de um longo trabalho. A minha meta principal é aproximar, cada vez mais, o servidor do Tribunal de Contas”.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h52m


Nos últimos oito anos, cerca de 1,1 milhão de baianos aprenderam a ler e escrever por meio do programa estadual Todos pela Alfabetização (Topa). Em 2015, o Governo do Estado lança um novo desafio: o Educar Para Transformar – Um Pacto pela Educação.

As metas propostas pelo governador Rui Costa são que todas as crianças e jovens baianos tenham desempenho adequado à sua série, com sucesso na trajetória escolar, e que a alfabetização ocorra até os 8 anos de idade. Por esta razão, 309 prefeitos de todas as regiões baianas participaram de reunião, nesta segunda-feira (30), no Senai/Cimatec, em Salvador, para aderir ao plano.

O projeto possui cinco eixos básicos: colaboração entre Estado e municípios, fortalecimento da educação básica, educação profissional, parcerias com as escolas e a integração entre as famílias e as escolas. O eixo I está focado nos seguinte pontos: formação continuada de professores e coordenadores, produção e distribuição de livros didáticos e de livros de literatura infantil de autores baianos, assessoramento técnico e transferência de tecnologia, aula 100% e Currículo Bahia

O governador Rui Costa disponibilizou áreas do Estado às demais prefeituras para a construção de creches ou escolas municipais. Durante pronunciamento, a prefeita de Cardeal da Silva e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, elogiou a iniciativa do governo estadual na área educacional e afirmou que a medida terá total apoio da instituição que representa os municípios baianos.

Ademar Delgado das Chagas, prefeito de Camaçari, acredita que o Educar Para Transformar vai reforçar a qualidade da educação no município, apontado como uma das principais economias da Bahia. “Vamos conhecer a proposta profundamente para implantá-la em Camaçari”.

Presente no evento, o prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que o tema ‘educação’ deve unir a todos, “prefeitos do interior, da capital, Governo do Estado, instituições não governamentais. Todos têm que cumprir seu papel e dar sua contribuição neste esforço. Educação é o único instrumento capaz de projetar um futuro diferente e consistente pra nossa sociedade”.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h39m


O prefeito ACM Neto e o secretário municipal da Fazenda, Paulo Souto, lançam nesta terça-feira (31), às 10h30, no Palácio Thomé de Souza, novos aplicativos e funcionalidades do programa Nota Salvador.

Uma das novidades é a plataforma móbile para smartphones e tablets, permitindo a emissão de notas fiscais, consultas e cancelamentos pelo celular, dispensando o uso de computadores e impressoras, além da implantação do módulo reclamação, que possibilita aos consumidores registrem reclamações denúncias de prestadores de serviços que se recusem a emitir documento ou cometam outras irregularidades.

Na oportunidade, também serão entregues os cheques de R$ 20 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil para os ganhadores dos sorteios de dez a 14 e será apresentado o "Devolutômetro", instrumento que permite aos contribuintes acompanharem a evolução do programa, conferindo diariamente e em tempo real quanto em dinheiro já retornou aos consumidores.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h30m


O ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega afirmou nesta segunda-feira, 30, que a economia do Brasil dificilmente voltará a crescer entre 1% e 2% no segundo governo Dilma Rousseff.

As razões para tal previsão devem-se, segundo ele, ao erros cometidos pela administração da presidente em seu primeiro mandato (2011-2014), disse durante palestra na 3ª Conferência do Agronegócio, promovida pelo BESI Brasil, em São Paulo.

Maílson afirmou que "dificilmente" deve ocorrer um processo de impeachment contra Dilma e que isso não é o ideal para o País em virtude das instabilidades que provocaria. Por fim, destacou que os problemas enfrentados hoje pelo Brasil devem "infligir uma grande derrota ao PT" nas eleições presidenciais de 2018.

O ex-ministro disse também que a situação fiscal do Brasil é delicada e que é provável que o superávit primário não alcance a 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, como projetado pelo atual chefe da pasta, Joaquim Levy. Citando previsão da Tendências, consultoria da qual é sócio, ele comentou que esse porcentual deve ficar em 0,8%. "Acho que ninguém está esperando 1,2% depois do resultado ano passado", frisou.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h16m


Até dezembro de 2012, uma das vozes de fora do governo mais ouvidas pela presidente Dilma Rousseff era a do economista Antônio Delfim Netto, ex-ministro da Fazenda (1967-74), do Planejamento (1979-85) e professor emérito da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP).

No entanto, críticas pesadas à forma como o governo tratou as contas públicas - "uma lambança fiscal que transformou dívida em superávit", na visão de Delfim - fizeram o Palácio do Planalto se distanciar do economista, e vice-versa. Delfim Netto segue crítico ao que chama de "alquimia" das contas públicas, mas acredita que o governo está no rumo certo com as medidas de ajuste da economia adotadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Em entrevista à BBC em seu escritório em São Paulo, o ex-ministro disse que Dilma "não disse a verdade" durante a campanha eleitoral sobre suas intenções de fazer ajustes econômicos, mas que se mostrou "corajosa" agora para seguir com esse caminho.

Para o economista, 2015 será um ano para "construção de uma ponte" para o crescimento sustentável. Ele disse que em 2014 o governo lançou mão de uma política estimuladora dos gastos do governo.

“O processo eleitoral estava se desenhando de forma muito difícil e o governo criou certas facilidades. Deu muito subsídio, muita redução de impostos, diminuiu a taxa de juros e ampliou o crédito do BNDES. Terminou o processo eleitoral e ficou claro que aquilo não tinha condição de continuar. Na minha opinião, Dilma não revelou a verdade durante a campanha eleitoral. Pelo contrário, negava que fosse necessário qualquer ajuste. Criticava o opositor, dizendo que ele (Aécio Neves) queria fazer o ajuste, e quando foi reeleita ela própria fez o ajuste. Ou melhor, está tentando fazê-lo”, disse.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 16h12m

 
E-mails em nome da Receita Federal continuam a ser enviadas aos contribuintes neste período de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Uma das mensagens falsas oferece facilidades na obtenção do Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2015. 
 
De acordo com a Receita, as mensagens utilizam indevidamente nomes e timbres oficiais e iludem o cidadão com a apresentação de telas que misturam instruções verdadeiras e falsas, na tentativa de obter ilegalmente informações fiscais, cadastrais e principalmente financeiras do cidadão desavisado. Os links contidos nas mensagens falsas, normalmente, abrem brechas no computador para a instalação de vírus e malwares, que são pragas digitais. Em todas as situações, sendo da Receita ou não, os internautas devem sempre evitar abrir arquivos anexados de mensagens desconhecidas pois as mesmas podem conter programas que causam danos ao computador ou capturam indevidamente dados do internauta. 
 
A Receita Federal, por exemplo, não envia e-mails sem autorização do contribuinte nem autoriza parceiros e conveniados a fazê-lo em seu nome. O Programa Gerador do IRPF deve ser obtido diretamente na página do órgão na Internet. O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 começou no dia 2 de março e termina no dia 30 de abril. As pessoas que entregam a declaração no início do prazo têm prioridade para receber a restituição, caso não a preencham com erros ou omissões. Na mesma situação estão incluídas pessoas com mais de 60 anos, com moléstia grave ou com deficiência física ou mental.
 
Este ano, cerca de 27,5 milhões de contribuintes devem prestar contas ao Fisco. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo com cada etapa da entrega está disponível na página da Receita.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 15h53m

 
A partir desta segunda-feira (30), o estudante que tiver média inferior a 450 pontos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderá se inscrever para uma bolsa do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além da média mínima, o candidato não pode ter nota zero na redação. As inscrições vão até o dia 30 de abril.
 
Foram abertas em fevereiro as inscrições para novas adesões ao Fies, mas sem a obrigatoriedade da nota mínima. Era preciso apenas ter feito o Enem para solicitar o financiamento. Não estão sujeitos a essa regra os professores do quadro permanente da rede pública matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.
 
A regra de exigir a média mínima no Enem foi estabelecida em portaria do Ministério da Educação, publicada em dezembro de 2014, e gerou descontentamento de estudantes e representantes de instituições privadas de ensino superior. Instituições estimam que a mudança reduzirá em pelo menos 20% o número de contratos do Fies.
 
Entre as mudanças feitas pelo ministério no Fies estão também a alteração de 12 para oito no número de parcelas de repasse de recursos para as instituições privadas e percentual máximo de reajuste para mensalidades no caso de aditamentos de contratos.
 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 15h35m


O governador Rui Costa está enfrentando algumas tensões no seu secretariado e informações de bastidores dão conta de que não está havendo integração entre os projetos das diversas pastas.

Em entrevista ao Bahia Economica, o Chefe da Casa Civil do governo Rui Costa, Bruno Dauster, rechaçou a ideia de que estaria havendo falta de integração entre as secretarias do governo do Estado, no entanto, enquanto o próprio Dauster diz que a ferrovia Oeste-Leste não está atrasada, outros secretários afirmam que o atraso existe e que a Fiol ficará pronta antes do Porto Sul.

O governador Rui Costa não fez sequer uma reunião de secretários, após a primeira no início do mandato, e nos bastidores do governo, o comentário é que as pastas estão virando feudos dos partidos.  

 “O governador dá orientações e é muito cuidadoso na decisões, entrando inclusive na parte técnica dos projetos mais importantes, mas como não há coordenação, nem sistema de acompanhamento ou planejamento, cada secretário segue seu rumo, sem maiores interrelações com os demais”, disse um assessor que, naturalmente, não quer se identificar.

Informações de bastidores chegadas ao Bahia Econômica dão conta de que está havendo muitos embates no seio do secretariado de Rui Costa envolvendo grupos políticos, inclusive no âmbito do PT.

Exemplos desses embates estariam nas posições de Jorge Solla, que está em campanha contra o atual secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, criticando-o de público. Já o secretário de Desenvolvimento Econômico, James Correia, tem criticado a Desenbahia, afirmando que o empréstimo a JAC Motors já devia ter saído. Critica também o fato dele, responsável pela política industrial e comercial do Estado, não ter assento no Conselho da Agência de Desenvolvimento.  

Para completar, o secretário de Planeamento e vice-governador, João Leão, demonstra enorme apetite por cargos e agora quer nomear toda a diretoria da Sudic, que é vinculada a pasta de James Correa, fato que tem preocupado as federações da indústria e comércio.(EP)
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 15h31m

 

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta segunda-feira (30) que não há margem para o país errar porque, se errar, perderá o grau de investimento pelas agências de classificação de risco, que avaliam se é um país é ou não um bom pagador de dívidas.

"Não podemos admitir riscos de não completar o ajuste fiscal", disse o ministro, em evento em São Paulo, acrescentando que o governo pode criar novas despesas que demandem novos impostos. Ele também voltou a defender as medidas fiscais, ressaltando que elas são necessárias para fazer com que a dívida pública volte a cair.

Depois de ter causado polêmica com uma declaração afirmando que a presidente Dilma Rousseff nem sempre agia "da maneira mais efetiva", Levy comentou o episódio. "Você podia ter pegado um pedaço da frase e ter sublinhado a parte relevante, que a presidente tem genuíno interesse em endireitar as coisas", disse Levy.

"Na vida real, na política e também na empresa, se trabalha sob pressão e nem tudo acontece como a gente desejaria. As coisas são difíceis", acrescentou. Por sua vez, a presidente afirmou que Levy foi "mal-interpretado" em sua declaração, durante uma coletiva de imprensa no Ceará. As informações são do Uol.


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 15h12m


A senadora Lídice da Mata (PSB) anunciou a aprovação de R$ 37 milhões para investimentos na área da Educação na Bahia. Os recursos, oriundos do orçamento da União, integram uma emenda parlamentar de bancada, de autoria da congressista baiana e beneficia, principalmente, o ensino em Tempo Integral no Estado e o desenvolvimento da Educação Básica.

Lídice participou, na manhã desta segunda-feira (30), do lançamento do programa Pacto Pela Educação - Educar para Transformar, do Governo da Bahia, realizado na sede do Senai-Cimatec, em Salvador. Durante a solenidade, ela recebeu o agradecimento do governador Rui Costa, pelo apoio do seu mandato ao setor da Educação.

“A Educação é o pilar básico para a construção da cidadania. Não se faz direitos humanos e não se combate o preconceito sem educação”, disse a senadora. Ela também afirmou que o ensino em tempo integral e a alfabetização na idade certa são fundamentais para transformar a vida das pessoas. “São iniciativas que impactam não só na Educação, mas em setores sensíveis das comunidades como a Segurança Pública”, disse.

Rui Costa também anunciou que o governo pretende implantar 300 escolas em tempo integral até 2018. “Vamos inaugurar cinco unidades este ano”, destacou.

O programa Pacto Pela Educação prevê maior participação dos pais na vida escolar de crianças e adolescentes; mais engajamento dos estudantes; maior empenho dos profissionais e pretende alcançar metas como alfabetização de todas as crianças baianas com até 8 anos de idade e acompanhar o desempenho escolar dos alunos.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 15h02m


Salvador venceu a disputa para sediar o Campeonato Mundial Júnior de Luta Olímpica 2015, que acontece de 11 a 16 de agosto, no Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana (RMS) A decisão foi por unanimidade dos votos da Federação Mundial de Luta Olímpica.

Na história da modalidade, nenhuma cidade pan-americana havia abrigado o mundial até então. A defesa da candidatura de Salvador foi feita na cidade polonesa de Walzbrych, na noite de domingo (29), pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia, Álvaro Gomes. “Esse é mais um presente do Governo da Bahia aos desportistas baianos pelo aniversário da cidade, aliás, aos desportistas do continente, pelo ineditismo da realização”.

O governo entrará com a contrapartida da ordem de R$ 1,7 milhão, que será repassado por meio de convênio assinado com a Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA). Salvador disputou com as cidades do Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. O vencedor foi escolhido em reunião com representante do Ministério do Esporte do Brasil, dirigentes da United World Wrestling (UWW) e Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA), além da Federação Mundial de Luta Olímpica.

Para a competição, 600 lutadores de mais de 90 países, com idades entre 18 a 20 anos, dos estilos Livre, Greco-Romano e Feminino, estarão na capital baiana. O evento terá transmissão para todos os continentes. Mais de 50 mil pessoas devem desembarcar em Salvador para acompanhar o mundial. 
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 14h47m


Cerca de 150 mil pessoas curtiram no clima de paz, alegria e celebração as mais de 100 atrações que fizeram parte dos oito dias do Festival da Cidade 2015.

A programação cultural comemorativa pelos 466 anos de Salvador foi promovida pela Prefeitura, sob coordenação da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura (Sedes) e Empresa Salvador Turismo (Saltur), entre 22 e 29 deste mês. O encerramento aconteceu na noite deste domingo (29), com o show do padre Fábio de Mello, na Praça Castro Alves.

O ponto alto dos festejos aconteceu no sábado (28), com as apresentações do cantor Daniel, em Cajazeiras, e Noite do Samba com É o Tchan, Batifun e convidados, na Boca do Rio, que reuniram juntos 30 mil pessoas. Além disso, a cidade viveu um dos momentos mais emocionantes com o show da cantora Maria Bethânia, no Largo do Farol da Barra, que reuniu 50 mil pessoas para celebrar os 50 anos de carreira da artista e o aniversário da primeira capital do Brasil.

Diversos artistas também elogiaram a iniciativa da Prefeitura em promover uma verdadeira maratona cultural. “Nós do reggae fazemos música de qualidade e a Prefeitura dessa vez valorizou a periferia num alto nível de entretenimento e cultura. Foi uma sacada legal, mesmo”, salientou o cantor Edson Gomes.

A diversidade foi o grande mote do Festival da Cidade. As atrações gratuitas foram disponibilizadas em 36 localidades espalhadas por Salvador e teve de tudo: teatro, música, cinema, feiras de gastronomia e artesanato, grafite, humor, distribuição de livros, exposição e oficinas culturais, dentre outras atividades.

O prefeito ACM Neto avaliou o Festival da Cidade como um sucesso este ano e ressaltou que, desde o início da gestão, houve uma preocupação muito grande em promover eventos na rua e com ampla participação popular, garantindo a multiplicidade de atrações culturais e artísticas que fazem parte da característica de Salvador. Para o presidente da Saltur, Issac Edington, o Festival da Cidade cumpriu o objetivo de oferecer programação de qualidade para diversas plateias, em diferentes pontos de Salvador. 
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 14h17m


Em virtude do feriado da Semana Santa, o Vale Luz, projeto da Coelba que prevê a troca de resíduos sólidos recicláveis por descontos na conta de energia, funcionará até quinta-feira, dia 02/04, nesta semana.

Serão contemplados oito bairros de Salvador: São Cristóvão, Jardim Nova Esperança e Cajazeiras 10 (hoje, dia 30); Cosme de Farias e Uruguai (terça-feira, dia 31); Castelo Branco (quarta-feira, dia 1º); e Calabar e Pernambués (quinta-feira, dia 02). O caminhão estará estacionado nos bairros das 9h às 15h30.

Segundo a Coelba, além de reduzir o valor da conta de energia, o projeto Vale Luz tem o objetivo de estimular o uso racional dos recursos naturais e minimizar os impactos negativos causados pelo lixo no meio ambiente, estimulando a reciclagem. São aceitos para reciclagem metal, papel, papelão e plásticos.

Nos caminhões, os consumidores também podem fazer cadastro na Tarifa Social de Energia, benefício do Governo Federal que concede descontos de até 65% na conta de luz e trocar lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas e também fazer alteração cadastral. Para isso, o cliente deve levar o NIS (Número de Identificação Social), a conta de energia, documento de identificação com foto e CPF original e cópia.  
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 14h07m


O Governo do Estado informou que lançará este ano um programa de apoio e reestruturação financeira das Santas Casas e entidades filantrópicas, que atualmente são responsáveis direta e indiretamente por cerca de 50% dos serviços relacionados à saúde pública. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (30) pelo secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, durante um seminário sobre o setor, realizado na capital.

O programa capitaneado pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) visa desenvolver uma linha de financiamento adequada às necessidades e realidade do setor no Estado, que enfrenta grave endividamento. O programa estabelecerá como contrapartida o aperfeiçoamento da gestão e metas, a exemplo de ter leitos 100% regulados.

Recentemente, a Caixa Econômica lançou, em nível nacional, uma linha para reequilíbrio financeiro das entidades, com 120 meses de prazo, seis meses de carência e juros de 1,18% ao mês. "Estamos inaugurando uma nova relação com as filantrópicas, onde enfrentaremos juntos o subfinanciamento, mas simultaneamente, cobraremos todas as metas acordadas contratualmente, de modo que a assistência aos pacientes seja ampliada", afirma o secretário.

Para o presidente da Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia (FesfBA), Maurício Dias, é essencial é estreitar cada vez mais a relação e a parceria com o poder público.

O setor filantrópico na Bahia gera 42 mil empregos diretos e 160 mil indiretos. Em cerca de 30% dos municípios da Bahia que possuem entidades filantrópicas, elas se constituem na única alternativa de assistência hospitalar para a população atendida pelo SUS.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 14h00m


As obras dos corredores transversais I e II, agora chamados de Linha Azul e Linha Vermelha, seguem em ritmo acelerado, segundo informou o governo do estado. Operários e máquinas trabalham em diversas frentes de serviço nas obras, que são resultado do investimento de R$ 1,3 bilhão dos governos federal e estadual.

Com cerca de 12 quilômetros, cada, as duas Linhas vão ligar a Orla Atlântica à Orla do Subúrbio Ferroviário, com seis faixas de tráfego, viadutos, túneis, ciclovias e via exclusiva para transporte de passageiros sobre rodas. Integram as obras a construção da Avenida 29 de Março e duplicação da Avenida Orlando Gomes, que formam a Linha Vermelha, e a duplicação da Avenida Gal Costa, que, junto à Avenida Pinto de Aguiar, forma a Linha Azul.

"Essa obra mexe profundamente na estrutura de Salvador porque, pela primeira vez, teremos vias expressas ligando as duas orlas da capital, permitindo que a cidade se comunique melhor e, mais ainda, dando acesso fácil aos moradores do miolo, que é densamente povoado", afirmou o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins.

O secretário visitou as intervenções no final de semana, acompanhado pelo diretor de Obras Estruturantes da Conder, Sérgio Silva. A previsão é que as Linhas Vermelha e Azul estejam prontas no segundo semestre de 2017.



 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 13h29m


De cada dez brasileiros entre 18 e 64 anos, três possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio, segundo pesquisa do Sebrae divulgada nesta segunda-feira (30).

“Em dez anos, essa taxa de empreendedorismo saltou de 23%, em 2004, para 34,5%. Metade da taxa corresponde aos empreendedores novos – com menos de três anos e meio de atividade – e a outra metade, aos donos de negócios já estabelecidos há mais tempo”, aponta a pesquisa.

A taxa de empreendedorismo é a maior entre os países dos Brics. Na China, essa taxa é de 26,7%. Na Índia, de 10,2%; e na África do Sul e na Rússia, de 9,6% e 8,6%, respectivamente. De acordo com a entidade, a taxa brasileira também é maior que a vista em países como Estados Unidos (17%), Japão (10,5%) e Itália (8,6%).

A pesquisa mostra também que ter o próprio negócio é o terceiro maior sonho dos brasileiros, com 31% das menções. Os dois primeiros são comprar a casa própria, com 42%, e viajar pelo Brasil, com 32%. Para o levantamento, o Sebrae entrevistou 10 mil pessoas entre 18 e 64 anos, nas cinco regiões do país. (G1)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 12h41m


A Eletrobras fechou 2014 com prejuízo de R$ 3 bilhões, segundo balanço divulgado pela companhia. Apesar das perdas, o prejuízo foi 51% menor que o registrado em 2013, de R$ 6,1 bilhões.

Segundo a empresa, as principais causas do prejuízo foram o custo da energia comprada para revenda (R$ 9,9 bilhões), a provisão para contingências judiciais (R$ 3,2 bilhões) e a baixa de crédito fiscal (R$ 1,7 bilhão).

No quarto trimestre, a empresa também reduziu o prejuízo em comparação com o mesmo período de 2013. As perdas somaram R$ 1,174 bilhão de outubro a dezembro de 2014, ante R$ 5,4 bilhões nos mesmos meses do ano anterior.

A receita operacional líquida da empresa teve crescimento de 64,3% na comparação anual, para R$ 9,781 bilhões, com as receitas da Celg D, cuja aquisição do controle acionário foi aprovada por acionistas em setembro. Desconsiderando esse efeito, a receita operacional líquida foi de R$ 8,522 bilhões de outubro a dezembro do ano passado.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2014, as receitas oriundas da comercialização de energia no mercado de curto prazo subiram 120%, do lado da geração. Na distribuição, a receita de fornecimento subiu 189,2%. (G1)

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 12h05m


As diretrizes que vão nortear a educação na Bahia foram apresentadas pelo governador Rui Costa na manhã desta segunda-feira (30), durante o lançamento do Pacto pela Educação, no Senai/Cimatec, em Salvador.

Batizado de Educar para Transformar, o programa estadual vai garantir a excelência no ensino e o acesso a instituições públicas de qualidade para crianças, jovens e adultos. No evento, o Governo do Estado firma parceria com as prefeituras das cidades do interior e também da capital, através da assinatura do termo de compromisso com o projeto.

Na cerimônia, o governador recepcionou prefeitos e representantes das administrações municipais para apresentar as propostas do Pacto, que é baseado em cinco eixos básicos: colaboração entre Estado e municípios, fortalecimento da educação básica, educação profissional, parcerias com as escolas e a integração entre as famílias e as escolas. O programa também vai mediar o envolvimento de empresários, instituições públicas e privadas, universidades e outras organizações sociais, a exemplo de sindicatos.

Em coletiva, Rui Costa afirmou que o pacto é um grande movimento que foi chamado de "Educar para Transformar" porque vai melhorar os principais índices da educação no estado, modificando a realidade de toda a Bahia. "Aqui temos prefeitos, deputados, ou seja, todo o poder público representado nesse primeiro momento. Em abril, mobilizaremos também a sociedade civil com empresários, Ongs e outras instâncias que queiram aderir ao pacto. São grandes metas e indicadores que queremos avançar na Bahia", afirmou o governador. 

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 11h57m
 
 
 
A Secretaria da Receita Federal alertou nesta segunda-feira (30) que estão sendo enviadas mensagens eletrônicas (e-mail) em nome do órgão com o "falso propósito" de divulgar facilidades na obtenção do Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2015.
 
A Receita Federal informou ainda que não envia e-mails sem autorização do contribuinte e nem autoriza parceiros e conveniados a fazê-lo em seu nome. Acrescentou que o Programa Gerador do IRPF deve ser obtido diretamente na página da RFB na Internet. Veja como o Fisco recomenda que os contribuintes procedam perante estas mensagens:
 
1. não abrir arquivos anexados, pois normalmente são programas executáveis que podem causar danos ao computador ou capturar informações confidenciais do usuário; 2. não acionar os links para endereços da Internet, mesmo que lá esteja escrito o nome da RFB, ou mensagens como "clique aqui", pois não se referem à Receita Federal; e 3. excluir imediatamente a mensagem.
 
Para esclarecimento de dúvidas ou informações adicionais, a Receita Federal informou que os contribuintes podem procurar as unidades do órgão, acessar a página na internet ou entrar em contato com o Receitafone (146).


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 11h42m
 
 
A cobrança do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) sobre a venda de produtos de beleza começa em 1º de maio, mas já impacta o varejo. Empresários já usam estratégias para driblar a alta da tributação e não perder consumidores. Ao notar a diminuição da frequência de suas clientes, a proprietária da esmalteria Feito à Mão, em São Paulo, Vanessa Scici, passou a oferecer outros serviços. 
 
“A manicure é para ser consumida toda semana, mas desde o fim de janeiro, muitas clientes passaram a vir a cada 15 dias. Por isso, resolvi oferecer escova e hidratação”, diz. O governo alega que a cobrança do IPI fecha uma brecha de sonegação. 
 
As indústrias, que já pagam o imposto sobre suas vendas, comercializam seus produtos a preços mais baixos para a empresa atacadista do mesmo grupo, diminuindo a base de cálculo do IPI. Com a mudança, o governo quer arrecadar R$ 653 milhões por ano.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 11h21m
 
 
Os bancos que operam no Brasil têm interesse no leilão da folha de pagamento do funcionalismo público federal, proposta que está em estudo pelo governo para aumentar a arrecadação e auxiliar no ajuste fiscal. As instituições financeiras, contudo, querem um modelo diferente do que vem sendo pensado pela União. 
 
Desde que o jornal O Estado de S. Paulo antecipou a decisão de venda da folha de pagamento, os bancos têm tratado o tema com discrição, mas avaliam, nos bastidores, como influenciar na definição do modelo de licitação. A reportagem procurou as maiores instituições financeiras, que confirmaram o interesse em administrar a folha dos servidores federais, mas ponderaram que o momento econômico atual e as mudanças na legislação que facilitaram a portabilidade das contas causam impacto no modelo do negócio. 
 
Executivos dos bancos só aceitaram falar à Agência Estado sem que fossem identificados para não explicitar as estratégias de cada instituição. Os bancos querem que o governo adote um sistema semelhante ao das Forças Armadas, pelo qual remuneram mensalmente por cada cliente que mantiveram, de fato, a conta no banco, em vez de pagar antecipadamente pela gestão da folha. 


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 11h07m
 

 
A qualidade e eficiência na gestão da distribuição do gás natural no estado levaram a Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) a conquistar a primeira colocação em quatro categorias - Custeio, Investimentos e Gestão da Medição de Gás Natural – da quinta edição do Prêmio Gestão CDL 2014, entregue pela Petrobras. Um total de 19 concessionárias do setor concorreu aos prêmios em oito categorias. 
 
A Bahiagás ainda foi condecorada com o prêmio de Destaque Global, por apresentar os melhores resultados conquistados e a maior pontuação somando todas as categorias da premiação. Isto significa que a Companhia foi a concessionária do setor de gás natural que apresentou o melhor desempenho em todo o país durante o ano de 2014. 
 
Os prêmios recebidos pela distribuidora baiana representam também um reflexo da precisão na execução de processos e maior qualidade na prestação de serviços aos clientes. “Isso mostra que a Bahiagás não apenas tem realizado bem o seu planejamento como tem executado com exatidão tudo o que é planejado. Assim, a Companhia obteve resultados significativos que culminaram com o seu reconhecimento como a empresa que tem a melhor gestão entre as concessionárias do setor no país”, afirma o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza. 


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 10h45m


As contas de luz dos brasileiros continuarão com bandeira vermelha em abril – e vão, assim, continuar mais altas. A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na sexta-feira (27). As bandeiras estão vermelhas desde janeiro, indicando que o custo da produção de energia no país segue muito alto e, por isso, a população deve economizá-la.

Esse sistema estabelece a cobrança de uma taxa extra de R$ 5,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) de energia usados. Os recursos arrecadados pelas distribuidoras vão servir para financiar a produção de energia mais cara, devido principalmente ao uso mais intenso das termelétricas.

A medida vale para todo o país, exceto os estados do Amazonas, Amapá e Roraima, que não estão ligados ao sistema nacional de transmissão de energia e são atendidos isoladamente por termelétricas.

Os consumidores serão informados, na conta de luz, sobre a bandeira em vigor. Se ela for verde, a tarifa não sofre nenhum acréscimo. Amarela, o aumento é de R$ 2,50 para cada 100 KWh (quilowatt-hora) consumidos. Vermelha, o consumidor paga R$ 5,50 para cada 100 KWh consumidos no mês. (G1)


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 10h31m


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta nesta segunda-feira (30), após acumular queda de 3% na semana anterior. Às 10h25, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa, tinha alta de 0,74%, aos 50.467 pontos.

A bolsa fechou em queda nesta sexta-feira (27), acumulando perdas de mais de 3% na semana, em dia marcado pelo anúncio do PIB de 2014, que teve taxa de crescimento de 0,1% e pela indicação do governo federal do presidente da mineradora Vale, Murilo Ferreira, para assumir a presidência do Conselho de Administração da Petrobras.

O Ibovespa recou 0,96%, para 50.094 pontos, pressionada pelas ações de bancos e do tombo dos papéis da siderúrgica Gerdau. (G1)


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 10h14m


O Monumento a Clériston Andrade, um dos principais símbolos de Salvador localizado na Avenida Anita Garibaldi e que sofreu incêndio em outubro de 2013, vai ser entregue completamente recuperado pela Prefeitura nesta segunda-feira (30), às 18h, ainda como parte das comemorações pelos 466 anos da capital baiana.

A ação de requalificação da obra de Mário Cravo Jr. conta também com intervenções urbanísticas no entorno da peça. A ação foi coordenada pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), e executada pela Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) com apoio de órgãos como a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Limpurb e Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop).

O trabalho de recuperação da obra teve a parte civil realizada pela Prefeitura e a parte artística foi coordenada pelo próprio Mário Cravo Jr. Além da moldagem das calotas semi-esféricas com superfície em fibra de vidro, foi aplicada tonalidade próxima à utilizada na peça original de 1983, ano em que o monumento foi instalado. Foram promovidas ainda a recolocação das placas individuais de latão e restauração da camada superficial da figura da cabeça de Clériston Andrade, dentre outros itens.

Os principais itens da requalificação da parte civil da obra foram a retirada do revestimento em mármore, assentamento do mármore novo, impermeabilização da laje da cobertura, estabilização do espelho d’água e recuperação urbanística do entorno. Todo o trabalho foi feito minuciosamente, visando a preservação das características originais da obra artística.

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 10h03m


Entre esta quinta-feira, 2, e a próxima terça-feira, 7, o Sistema Ferry-boat vai operar ao todo com oito embarcações para atender os passageiros que vão fazer a travessia Salvador – Itaparica durante a Semana Santa.

Os ferries vão funcionar em regime de bate e volta, com partidas programadas a cada 30 minutos. De acordo com a assessoria de comunicação da Internacional Marítima, que administra o Sistema Ferry-boat, o número de embarcações está sujeito à alteração.

A expectativa da concessionária é de que, durante o feriadão, 56 mil veículos e 343 mil passageiros circulem nos terminais - 20% a mais que o fluxo normal.


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h55m
 
 
Segundo um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) os eletrônicos são os produtos mais adquiridos pela internet.
 
A pesquisa foi realizada em janeiro de 2015, quando foram ouvidas 676 pessoas das 27 capitais brasileiras, com idade igual ou superior a 18 anos, de ambos os sexos, de todas as classes sociais e que já fizeram alguma compra virtual. A margem de erro é de 3,7 pontos percentuais e a confiança é de 95%. A categoria de eletrônicos é composta por computadores, notebooks, tablets, câmeras digitais, celulares e acessórios, entre outros.
 
No ano passado, segundo o levantamento da CNDL e do SPC Brasil, 26,8 milhões de pessoas compraram pelo menos um produto dessa categoria virtualmente, o que corresponde a 61% dos consumidores virtuais. Entre os homens, esse percentual chega a 71%. O valor médio desembolsado com cada compra foi de R$ 781, informaram a CNDL e o SPC Brasil.
 
A maior parte das compras é feita em sites nacionais (88%), diz o estudo. Os consumidores virtuais mostram índice de satisfação de 92% e são motivados, sobretudo, pela necessidade e oferta imperdível., informaram as entidades, acrescentando que 9% dos consumidores relatam problemas com as compras de eletrônicos feitas pela internet, sendo a entrega fora do prazo o principal motivo (3%).



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h42m
 
 
O dólar opera em forte alta ante o real nesta segunda-feira (30), em meio às previsões de economistas do mercado financeiro de que a economia brasileira terá uma retração de 1% neste ano.
 
Às 9h20, a moeda norte-americana avançava 1,33%, a R$ 3,2839 para venda. Nesta manhã, O BC dará continuidade às intervenções diárias, ofertando até 2 mil swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólar, com vencimentos em 1º de dezembro de 2015 e 1º de março de 2016.
 
O BC fará ainda mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em 1º de abril, que equivalem a 9,964 bilhões de dólares, com oferta de até 7,4 mil contratos. Até agora, a autoridade monetária rolou cerca de 71% do lote total.
 
O dólar fechou em alta frente ao real na sexta-feira (27), após dados do IBGE mostrarem que a economia brasileira cresceu 0,1% em 2014, levemente melhor que o esperado. A moeda subiu 1,55%, cotada a R$ 3,2405 na venda. Na semana, houve alta de 0,32%. No mês e no ano, há valorização acumulada de 13,46% e 21,88%, respectivamente.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h31m
 
 
Em 2014, o brasileiro gastou, em média, R$ 781 em produtos eletrônicos comprados pela internet, segundo um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).
 
No ano passado, 26,8 milhões de pessoas ou 61% dos consumidores virtuais compraram pelo menos um produto dessa categoria pela internet. Entre os homens, esse percentual chega a 71%. De acordo com a pesquisa, a categoria de eletrônicos é composta por, por exemplo, computadores, notebooks e tablets.

A maior parte das compras é feita em sites nacionais (88%) Os consumidores virtuais mostram índice de satisfação de 92% e são motivados, principalmente, pela necessidade e "oferta imperdível". Apenas 9% dos consumidores relatam problemas com as compras de eletrônicos feitas pela internet. O principal motivo foi entrega fora do prazo (3%).


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h25m
 
 
Segundo levantamento feito pelo Banco Central, conhecido como relatório Focus,  a economia brasileira terá uma retração de 1% neste ano, o que, se confirmado, será o pior resultado em 25 anos, ou seja, desde 1990 - quando foi registrada uma queda de 4,35%. A estimativa para a Produto Interno Bruto (PIB) de 2015 passou de uma contração de 0,83%, na semana retrasada, para um encolhimento de 1% na última semana. A piora na projeção do mercado foi a décima terceira seguida. Já a previsão do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, passou, na semana passada, de 8,12% para 8,13% em 2015. Com isso, o mercado segue prevendo "estouro" do teto de 6,5% do sistema de metas de inflação neste ano.
 
A alta na previsão de inflação do mercado aconteceu pela décima terceira semana seguida. Se confirmada a previsão do mercado, a inflação atingirá, neste ano, o maior patamar desde 2003, quando ficou em 9,3%. Para 2016, a previsão dos analistas recuou de 5,61% para 5,60%. Pelo sistema que vigora no Brasil, a meta central tanto para 2014 como para 2015 e 2016 é de 4,5%. Entretanto, há um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Desse modo, o IPCA pode oscilar entre 2,5% e 6,5%, sem que a meta seja formalmente descumprida.
 
Segundo economistas, a alta do dólar e dos preços administrados (como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus, entre outros) pressionam os preços em 2015. Além disso, a inflação de serviços, impulsionada pelos ganhos reais de salários, segue elevada. Recentemente, o IBGE informou que a inflação oficial do país, medida pelo IPCA-15, ficou em 1,24% em março. No acumulado de 12 meses, o índice foi para 7,9%, o maior desde maio de 2005 (8,19%). No ano, a taxa é de 3,5%.
 
Na última semana, o BC admitiu que o IPCA deste ano deve ficar próximo de 8% e estourar o teto do sistema de metas brasileiro. Se isso acontecer, será a primeira vez desde 2003. Quando a inflação fica mais alta do que o teto de 6,5% do sistema de metas brasileiro, o presidente do Banco Central precisa escrever uma carta aberta ao ministro da Fazenda explicando as razões que motivaram o "estouro" da meta formal.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h20m


O ministro da Defesa, Jaques Wagner, cancelou ontem à noite a primeira agenda oficial que faria a Salvador, após assumir a pasta em Brasília. Wagner participaria de um coquetel oferecido pela Aeronáutica a uma comitiva da Organizações das Nações Unidas (ONU), que está na cidade para participar de um painel sobre as operações de paz no mundo.  

Segundo informações do jornal A Tarde, Wagner foi convocado de última hora pela presidente Dilma Rousseff para uma reunião de articulação política, no Palácio do Planalto.

No início da noite especulava-se que Wagner poderia ser transferido para a Casa Civil, em substituição a Aloizio Mercadante, como havia sido cogitado na semana passada.

A assessoria do Ministério de Defesa, entretanto, negou que fosse uma reunião apenas com Wagner. “A presidente faz questão da presença dele, mas outros ministros também foram convocados”. Também foi informado que Wagner pode vir a Bahia hoje para jantar com a comitiva da ONU, que fica na cidade até amanhã.       


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h14m
 
 
Segundo levantamento feito pelo Banco Central, conhecido como relatório Focus,  após o Banco Central ter subido os juros para 12,75% ao ano no início de março, o maior patamar em seis anos, o mercado elevou sua expectativa para a taxa Selic, na semana passada, de 13% para 13,25% ao ano no fim de 2015 - o que pressupõe uma alta maior dos juros até o fim deste ano.
Para o fechamento de 2016, a estimativa dos analistas permaneceu em 11,50% ao ano.
 
A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para tentar conter pressões inflacionárias. Pelo sistema de metas de inflação brasileiro, o BC tem de calibrar os juros para atingir objetivos pré-determinados. As taxas mais altas tendem a reduzir o consumo e o crédito, o que pode contribuir para o controle dos preços.
 
Em relação a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2015 subiu de R$ 3,15 para R$ 3,20 por dólar. Para o término de 2016, a previsão dos analistas para a taxa de câmbio avançou de R$ 3,20 para R$ 3,23 por dólar.
 
A projeção para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações) em 2015 subiu de US$ 3,5 bilhões para US$ 4 bilhões. Para 2016, a previsão de superávit comercial recuou de US$ 11 bilhões para US$ 10,5 bilhões.

Para este ano, a projeção de entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil caiu de US$ 56,5 bilhões para US$ 56 bilhões. Para 2016, a estimativa dos analistas para o aporte caiu de US$ 58 bilhões para US$ 57,4 bilhões.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 09h07m
 
 
O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como inflação do aluguel porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, subiu quase 1% em março. De 0,27% em fevereiro, taxa passou para 0,98% no mês seguinte. No entanto, frente a março do ano passado, quando a variação foi de 1,67%, o indicador desacelerou.
 
Em 12 meses, o IGP-M registrou alta de 3,16% e no ano, de 2,03%.

Os três componentes do IGP-M apresentaram o seguinte comportamento: Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu de -0,09% para 0,92%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), de 1,14% para 1,42%, e o Índice Nacional da Construção Civil (INCC) recuou de 0,50% para 0,36%.

No caso da inflação do consumidor, três das oito classes de despesa registraram avanço, com destaque para habitação (de 1,19% para 2,93%), influenciada pela tarifa de eletricidade residencial (de 3,68% para 16,84%).
 
Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos alimentação (de 0,92% para 1,10%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,39% para 0,72%).



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 08h52m


A alta do dólar deve estimular ainda mais os investimentos em qualidade para o setor de exportação agropecuária da Bahia. As previsões são do economista Gilton Araújo, consultado pelo jornal A Tarde.

O especialista acredita que, mesmo diante da possibilidade do aumento de preços dos produtos importados, como fertilizantes e defensivos agrícolas, o lucro com as exportações deve, por outro lado, compensar eventuais aumentos nos custos com importação, gerando mais investimentos em prol da competitividade.

“O câmbio atual pode ter um lado negativo para o setor produtivo, sobretudo, quem importa insumos, mas também força novas posturas empresariais devido às vantagens para exportação”, analisa.

Ele lembra que, como os grandes países tradicionalmente compradores, como Rússia e China, estão passando por uma fase de restrição de crescimento, estes estariam exigindo mais composição entre preço e qualidade nas importações.

O economistas lamenta que os polos avícolas baianos de Feira de Santana, Vitória da Conquista e do oeste ainda não tenha se profissionalizado suficientemente para agora atende a demanda externa, influenciada pela desvalorização do real.        


 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 08h38m


Ao aceitar denúncia contra 27 investigados (entre eles quatro da Bahia) da Operação Lava Jato, executada pela Polícia Federal, o juiz Sergio Moro deve começar a ouvir esta semana os depoimentos dos citados, que nesta fase podem apresentar defesa e indicar testemunhas.

Segundo informações do jornal A Tarde, entre os baianos estão o vice-governador, João Leão (PP); o conselheiro do Tribunal de Contas da Bahia (TCM), Mario Negromonte; o deputado federal, Roberto Brito (PP) e o ex-deputado federal, Luiz Argôlo (SD).

Um dos depoentes será o doleiro Alberto Yousseff, que negociou a delação premiada com a Justiça. O nome mais citado é o de Negromonte. No termo de declaração 14, explica que o PP possuía um grupo hegemônico que o liderou de 1994 a 2011 ou início de 2012, comandado pelo deputado José Janene. Após o falecimento deste, passou a ser comandado pelo conselheiro baiano. Yousseff contou que entregou, algumas vezes pessoalmente, dinheiro a Negromonte na capital baiana e em Brasília.

Já Leão, é citado juntamente com Brito repetidas vezes numa mesma circunstância, quando o doleiro se refere a supostas repartição de verba destinada ao PP, obtida através das propinas pagas pelas empreiteiras.

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 08h34m
 
 
Parece que chegou ao fim a aliança entre a vice-prefeita, Célia Sacramento(PV) e o Prefeito ACM Neto(DEM). Segundo membros do PV, a relação ficou estremecida após os sucessivos deslizes do prefeito de Salvador, que estaria ignorando demandas da legenda e dando pouca atenção aos seus integrantes. O assunto deverá ser tema de reunião da Executiva Estadual do PV no dia 13 de abril.
 
No quadro da prefeitura, o verde André Fraga integra, desde 2014, a Secretaria de Cidade Sustentável, que, para o PV, tem muita importância numa administração municipal, no entanto, não estaria tendo a devida atenção por parte de ACM Neto.

O secretário, inclusive, anunciou possibilidade de abandonar o cargo. Não só esta questão tem deixado os verdes irritados, como também o que consideram uma indelicadeza de Neto: há duas semanas, o prefeito realizou uma reunião com partidos da base aliada para discutir a estratégia eleitoral de 2016 e acabou deixando o PV de fora. Os verdes reagiram, mas Neto não esboçou reação.  

Segundo o presidente da legenda na Bahia, Ivanilson Gomes, no momento não é possível traçar uma posição em relação à situação com o prefeito ACM Neto. “Nós vamos discutir esse assunto na reunião do dia 13 de abril. É uma reunião da Executiva para avaliar a relação com o prefeito ACM Neto, nossa aliança, se estamos realmente satisfeitos”, disse. 


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 08h31m
 
 
Mesmo sabendo da importância do projeto a Câmara de Vereadores de Salvador ainda não definiu o projeto de lei 201/2014, que altera o cálculo da Outorga Onerosa e prevê a extinção do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Fundurbs). O projeto de lei teve parecer favorável pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa, e aguarda votação no plenário.
 
O desentendimento sobre o projeto ocorre entre governo e oposição, que pretende discutir a pauta e travar as votações na Casa até que a matéria seja revisada pelo Executivo Municipal. O vereador  Joceval Rodrigues (PPS), líder do governo na Câmara, no entanto,  mostra-se otimista com a possibilidade de votação. 

“Hoje, 70% das dúvidas sobre o projeto estão tiradas. A única coisa que ainda precisa ser discutida é o Fundurbs”, afirmou. Já o líder da oposição afirma que, se a pauta do Legislativo municipal for prejudicada, a culpa é do prefeito ACM Neto que não aceitou revisar o projeto.

Os oposicionistas alegam que o texto não se enquadra no PDDU e  ignora norma do Estatuto da Cidade, ao tratar de três temas no mesmo texto: Outorga Onerosa, Transcons e a extinção do Fundurbs. “O Executivo deve mandar projetos de lei específicos para cada um dos temas, e fazer as audiências técnicas necessárias à modificação do PDDU, evitando a judicialização do projeto e a insegurança
jurídica no município”,  reafirmou o vereador Arnando Lessa (PT).(TB)


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/03 - 08h16m


Estimativa da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) aponta que mais de 100 mil pessoas devem embarcar no Terminal Rodoviário de Salvador para passar a Semana Santa no interior da Bahia.

Por conta da grande demanda, no período de 2 a 4 de abril serão disponibilizados 350 horários extras, além dos 540 horários regulares cumpridos diariamente.

Conforme informações da assessoria de comunicação do órgão, a procura antecipada de passagens já começou desde o final da última semana. Os destinos mais procurados são as cidades do Recôncavo Baiano, as regiões litorâneas - Estrada do Coco e Linha Verde -, além de municípios como Itacaré, Ilhéus, Porto Seguro, Lençóis, Barreiras, Vitória da Conquista e Juazeiro.

A Agerba recomenda que os passageiros antecipem a compra dos bilhetes de passagens e que procurem chegar à Estação Rodoviária com antecedência mínima de 20 minutos do horário marcado para a viagem

 

.............................................................................................................................................................................................................................................


Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960