SEGURANÇA
Presidente afirmou que foi muito questionada nos EUA sobre a segurança no evento.
ACM NETO INAUGURA HOJE MERCADO MUNICIPAL DE PERIPERI
INVESTIMENTO

ACM NETO INAUGURA HOJE MERCADO MUNICIPAL DE PERIPERI
“SE ALGUÉM ROUBOU, QUE PAGUE”, DIZ LULA AO DEFENDER PETROBRAS
PUNIÇÃO

“SE ALGUÉM ROUBOU, QUE PAGUE”, DIZ LULA AO DEFENDER PETROBRAS
COLUNISTAS

ENTEVISTAS
LIÇÃO DE ECONOMIA
CÂMBIO FIXO VERSUS CÂMBIO FLUTUANTE: QUAL A DIFERENÇA
..................................................................
ENQUETE

QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE A PRISÃO DE EMPRESÁRIOS NA OPERAÇÃO LAVA-JATO?

MULTIMÍDIA


COMENTE, OPINE, ANALISE


Se fala muito no aspecto ambiental..massa,perfeito. e o aspecto social humanitário existe dezenas de família. Como Ficarão as famílias que mora ali a anos 20 30 40 anos. Vão ser indenizada.. De resto são. Vidas humanas
wellyngton A.Rocha
-------------------------------------------------------

Ninguém entendeu como o Shoppinh Bela Vista ficou completamente lotado e depois voltou atrás.
alfredo dos anjos
-------------------------------------------------------

Armando Avena, se puder publique seu comentário sobre: Uma medida de incentivo neste momento difícil para o país seria que o prefeito ACM Neto assinasse convenio com o Senai para convocação dos alunos dos cursos de edificações e afins para estagiarem nas obras do metrô de Salvador pois estes se formam sem nunca terem sequer estagiado e depois de formados não conseguem uma colocação no mercado de trabalho porque lhes é exigida experiencia. Absurdo isso. Esses formandos futuros empreendedores são obrigados a sair para outras regiões e gerar riqueza lá, abrem empresas lá, empregam mão de obra lá também. E nós aqui perdendo nossos talentos e riqueza como sempre.
Rafael Vieira
-------------------------------------------------------
FRASE DO DIA

 
“Vamos entrar com o mandado de segurança contra o presidente da Câmara pela violação frontal da Constituição Federal. Vamos questionar o procedimento que ele tem adotado de fazer quantas votações forem necessárias para aprovar as propostas que lhe interessam”

 Alessandro Molon (RJ)
Deputado federal, falando sobre a PEC da maioridade penal.


OUTRAS NOTÍCIAS
03/07 - 20h00m


Mesmo com os acionistas de parte das concessionárias de rodovia do País envolvidos nas investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, o governo não espera uma redução significativa dos investimentos dessas empresas este ano. A estimativa é que as rodovias federais recebam R$ 5,2 bilhões em melhorias.

Trata-se de uma ajuda importante, num momento em que o governo se vê forçado a cortar os investimentos por causa do ajuste fiscal. Com orçamento restrito, a opção para reaquecer a economia são os investimentos privados. O cálculo é conservador, segundo informam técnicos da área. A cifra pode ficar maior, porque os custos das obras aumentaram.

Mas, no momento, ela está abaixo dos R$ 5,8 bilhões registrados em 2014. Esse foi um ano em que as concessionárias que arremataram lotes na primeira fase do Programa de Investimentos em Logística (PIL), cujos leilões ocorreram em 2012 e 2013, correram para concluir pelo menos 10% das obras de duplicação e ganhar, assim, o direito de recolher pedágio.

Das seis concessões dessa etapa, duas já iniciaram a cobrança: a MGO, que opera um trecho da BR-050 no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, e a Concer, que administra trechos das BRs-060, 153 e 262 na mesma região. A primeira já investiu R$ 330 milhões na concessão, sendo R$ 290 milhões em obras e outros R$ 40 milhões em gastos operacionais. A segunda investiu R$ 280,5 milhões de 2014 até o primeiro trimestre deste ano.

Mas a estimativa da ANTT não leva em conta só as rodovias concedidas no PIL. Estão no cálculo os investimentos em rodovias federais concedidas desde 1995. As informações são do Estadão.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 19h33m


Morreu no início da tarde desta sexta-feira (3) o antropólogo, professor e comentarista de rádio, Roberto Albergaria de Oliveira. O intelectual tinha 61 anos e era formado em história pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), com doutorado em Antropologia pela Universidade de Paris. A causa da morte e o horário do sepultamento ainda não foram divulgados.

Albergaria também era comentarista da Rádio Metrópole, membro do Departamento de Antropologia e Etnologia da Ufba, além de articulista do Jornal A TARDE. O reitor da Ufba, João Carlos Sales, conviveu com Albergaria na faculdade, e lamentou a perda. "Foi, sem dúvida, um intelectual destacado na nossa sociedade, com posições fortes e polêmicas, mas bem amparadas, que nos levavam a refletir", disse.

O professor da UFBA e antropólogo, Luiz Mott, destacou que “Albergaria era a inteligência mais viva, criativa e provocativa da Bahia". Mott lamentou que ele tenha escrito pouco, participando mais de programas de rádio e entrevistas para a televisão. "Irreverente, anarquista, defensor da alegria e da liberdade, Albergaria ficará indelevelmente presente no imaginário e na história da Bahia", afirmou. As informações são do A Tarde.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 19h08m


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu hoje (3) que o país atravessa um momento difícil e apontou um roteiro para a recuperação do governo de sua sucessora e afilhada política, Dilma Rousseff.

Para o petista, "o nosso governo está, outra vez, precisando conversar com o povo" e precisa recobrar o "oxigênio" nas ruas. "Acho que Dilma tem a noção exata do que eu estou falando. Ela conviveu muito tempo comigo e sabe que, nas horas difíceis, não tem outra alternativa a não ser encostar a cabeça no ombro do povo e conversar com ele. Explicar quais são as dificuldades e quais são as perspectivas", disse num longo discurso a integrantes da FUP (Federação Única dos Petroleiros).

Segundo Lula, Dilma precisa colocar "o pé na rua" e falar com a parcela da população que torce para ela governar o país. "Tem que fazer o que tiver para fazer em Brasília e, oh, pé na estrada. Ela e os ministros", aconselhou. "O povo vai cobrar? Vai. Mas tem que cobrar mesmo. (...) É essa linha direta entre a Dilma e o povo que vai permitir que a gente conquiste grande parte dessa juventude", destacou.

"A Dilma é boa de papo. Se ela andar e depois abraçar o povo  - tem que abraçar, sentir -, é essa coisa que dá oxigênio. Quando fica em Brasília esperando... puta merda. Tem que andar agora. Pegar os ministérios e oh, todo mundo fazendo política na estrada, todo mundo defendendo o governo", discursou.

O ex-presidente adiantou que fará o mesmo movimento. "Não vou me matar, não vou sair do país, eu vou para a rua", disse Lula. "Se quiserem me derrubar, vão ter que me derrubar na rua". Lula não fez críticas à condução do governo de sua sucessora. Ele defendeu o ajuste fiscal. As informações são do Uol.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 18h49m

 
O advogado Eduardo de Moraes, que defende o ex-diretor da área Internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, está analisando os documentos anexados no decreto de prisão preventiva do seu cliente, que desde ontem (2) à tarde está detido na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba, no Paraná. Moraes explicou à  Agência Brasil que somente com a avaliação desses documentos poderá preparar o pedido de habeas corpus que a defesa vai encaminhar à Justiça no máximo até terça-feira (7). “O único remédio, neste momento, é o habeas corpus para ele poder se defender em liberdade”, observou.
 
O advogado disse que o seu irmão Renato de Moraes, que também defende o ex-executivo da Petrobras vai no domingo (5) para Curitiba para fazer um atendimento ao cliente antes de dar entrada no habeas corpus na Justiça paranaense. “No meu entender não há necessidade de mantê-lo preso, nem o Renato Duque [ex-diretor de Engenharia e Serviços da Petrobras] nem o Cerveró [ex-diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró]. Não há a mínima necessidade, mas infelizmente tem sido o entendimento do juiz e esse entendimento tem sido acolhido pelos tribunais”, explicou. 
 
A indicação no processo de apuração da Operação Lava Jato contra Zelada de que ele mantém duas contas em Mônaco é um mérito da acusação do Ministério Público, mas não justifica a prisão de ninguém, disse o advogado, acrescentado que “vai ser apurado se houve ou não cometimento do crime se existe essa conta no exterior ou não. Isso aí é o mérito. Ele explicou que a pessoa não pode sofrer uma antecipação de pena. É o direito de qualquer indivíduo de responder o processo em liberdade. “De acordo com a acusação uma das contas, supostamente, seria de Zelada e outra ele seria beneficiário,” informou. 
 
Para o advogado a prisão é uma exceção e o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, está transformando a prisão em regra. “A pessoa tem que oferecer algum risco à sociedade estando em liberdade e a meu ver Jorge Zelada não oferece nenhum risco. Ele foi preso em casa, não viaja e pode responder o processo em liberdade.” Zelada foi preso, ontem (2) pela manhã, em casa, no Rio de Janeiro em cumprimento a um mandado de prisão da 15ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Conexão Mônaco. Segundo a PF, o foco das investigações é o recebimento de vantagens ilícitas no âmbito da diretoria da área internacional da Petrobras. Ainda na operação houve cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão, sendo três no Rio de Janeiro e um em Niterói, na região metropolitana. 


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 18h00m


A Bovespa fechou com o seu principal índice em queda nesta sexta-feira, na mínima em três meses, pressionado particularmente por Petrobras, em sessão de liquidez reduzida sem Wall Street por feriado e com cautela antes de um referendo na Grécia sobre novo resgate financeiro ao país.

O Ibovespa caiu 1,1 por cento, a 52.520 pontos, renovando o menor patamar desde 1º de abril. O volume financeiro somava apenas 2,59 bilhões de reais, ante uma média diária de 6,87 bilhões de reais em 2015. Na semana, o principal índice acionário brasileiro acumulou perda de 2,77 por cento, também conforme informações pré-ajuste.

No mercado cambial, o dólar comercial fechou em alta de 1,4%, a R$ 3,139 na venda nesta sexta-feira (3), acumulando, assim, alta de 0,35% na semana. No mês, até agora, a moeda acumula ganhos de 0,98%; no ano, a alta chega a 18%. As informações são da Reuters.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 17h33m


Na próxima semana, funcionários de diversos shoppings da cidade organizam uma série de manifestações contra a cobrança nos estacionamentos. Segundo o Sindicato dos Comerciários de Salvador, o primeiro protesto ocorrerá na manhã da próxima segunda-feira (6), em frente ao Shopping da Bahia. Marcadas sempre para o mesmo horário, as próximas manifestações ocorrerão no Shopping Barra, na terça-feira (7), no Salvador Shopping, na quarta-feira (8) e novamente no Shopping da Bahia, na quinta-feira (9).
 
De acordo com o presidente do sindicato, Jaelson Dourado, os salários dos trabalhadores, mesmo com reajuste acima da inflação, ainda é baixo, as refeições nos locais são caras e agora os funcionários ainda terão que arcar com gastos de estacionamento. "Vale lembrar que muitos trabalhadores conseguiram comprar um carro fazendo grandes sacrifícios, tudo para driblar o transporte público caótico e precário na cidade, e chegar até a empresa", afirma. "Se é ruim para os clientes, é muito pior para os comerciários", completa. 
 
Por conta da situação, muitos trabalhadores estão deixando os carros do lado de fora dos shoppings, tendo que ir andando e se sujeitando à violência urbana. A entidade solicitou reuniões com o Sindicato dos Lojistas e associações dos lojistas dos shoppings para discutir o assunto, acionando também a Câmara de Vereadores e o Ministério Público.Os shoppings centers de Salvador que são associados à Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) estão avaliando internamente uma proposta de cobrança de estacionamento diferenciado aos funcionários dos centros de compras.
 
Quase todos os shoppings centers da capital baiana - Shopping da Bahia, Barra, Lapa, Paralela, Piedade, Salvador e Salvador Norte - já começaram a cobrança desde o último dia 22 de junho. O Shopping Bela Vista anunciou que começará a cobrar pelo estacionamento a partir deste mês, mas ainda não divulgou data nem valor. Apenas os shoppings Itaigara e Paseo Itaigara não vão cobrar por estacionamento.  De acordo com o coordenador regional da Abrasce, Edson Piaggio, estuda-se a possibilidade de se fazer um valor diferencial mensal para os funcionários dos centros de compras. 


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 17h10m

 
O desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será considerado na classificação dos estudantes para obter novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Na última edição do Fies, houve a exigência de nota mínima de 450 pontos no exame, mas as vagas eram preenchidas de acordo com a ordem de inscrição do estudante no curso. Para a classificação, será considerada a edição do Enem em que o estudante tenha obtido a maior média.
 
As informações estão em portaria publicada na edição de hoje (3) do Diário Oficial da União com as regras do Fies que passam a valer para novos contratos firmados a partir deste semestre.Uma das condições para obter o Fies é ter feito a prova do Enem, a partir da edição de 2010, obtido média superior a 450 pontos e não ter tirado nota 0 na redação.
 
A portaria, no entanto, reserva 10% das vagas selecionadas em cada curso para dois casos em que essa exigência será dispensada: estudantes que tenham concluído o ensino médio antes de 2010 e não tenham participado do Enem após esse ano e professores da rede pública que não fizeram a prova do Enem a partir de 2010 e se inscreveram nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos, a classificação será com base em critérios como renda familiar, raça e estudo em escola pública ou privada.
 
A partir do ano que vem, a exigência de nota no Enem passará a valer para todos os casos, de acordo com portaria publicada em maio pelo Ministério da Educação (MEC). A portaria ainda oficializa mudanças anunciadas pelo MEC, que estabelecem prioridade na oferta de vagas para as regiões Norte, Nordeste e Cento-Oeste – excluído o Distrito Federal – e em cursos das áreas de engenharia, saúde e formação de professores. Terão prioridade os cursos com nota 4 e 5 nas avaliações do ministério – a nota máxima é 5. O edital do Fies com a data de início das inscrições deve ser publicada nos próximos dias pelo MEC.


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 16h51m


 

Mais de 25 bairros e áreas de Salvador ficarão sem água por tempo indeterminado devido ao rompimento de uma tubulação da Embasa, na manhã desta sexta-feira (3), na Avenida 29 de Março, próximo a um acesso à Avenida Paralela. Segundo a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa), o serviço de manutenção deve ser concluído até às 18h de hoje.
 
O rompimento aconteceu em uma rede distribuidora de água, com diâmetro de 400 mm, na Avenida Paralela que atende a região. Equipes com técnicos e operários da Embasa estão no local fazendo o reparo. Por conta disso, o fornecimento de água foi interrompido nas seguintes localidades: Alphaville, Costa Verde, Jardim Vila Verde, Mussurunga, Narandiba, Orlando Gomes, Paralela, Patamares, Pq. São Cristóvão, São Cristovão, Trobogy, Colinas da Ponte, Alto do Coqueirinho, Farol de Itapuã, Itapuã, Jardim Encantamento, Nova Brasília, Plakaford, Nova Conquista, Bairro da Paz, Alamedas de Praia, Praia do Flamengo, Stella Maris, Vila dos Sargentos, Jardim Piatã, Loteamento São Francisco, Mussurunga.

De acordo com informações da Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador), por conta do vazamento e dos reparos, o trânsito na via está lento.

 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 16h32m


O deputado estadual Eduardo Salles entregou nesta semana um ofício ao governador Rui Costa o convidando para visitar o município de Maraú e ver de perto a situação da BR-030.

"A estrada se encontra em um estado de calamidade. Um triste resultado das chuvas incessantes que caem na região. Isso deixa a sede do município e alguns povoados completamente isolados", disse o parlamentar.

Depois de receber o ofício e ver fotos atuais da estrada, o governador se comprometeu a enviar ofício ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e ao Ministério dos Transportes, solicitando ações emergenciais imediatas para a BR-030, especialmente no trecho que liga a BA-001 a Campinhos.

O ofício será entregue aos destinatários pelo vice-governador João Leão, que vai aproveitar o encontro para discutir essas dificuldades pessoalmente com o ministro Antonio Carlos Rodrigues e com o diretor interino do DNIT, Valter Casimiro Silveira.

"Além disso, agendei uma audiência na CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional), onde eu e a prefeita Gracinha vamos conversar com o presidente, Wilson Dias, sobre a situação das pontes que caíram e estão prestes a ceder. Em seguida, veremos o Secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalvanti, para discutirmos as questões das demais estradas com problemas no município", disse o deputado.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 16h22m


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta sexta-feira as investigações na Petrobras e a punição de servidores que tenham de fato cometido irregularidades. O petista, no entanto, aproveitou plenária com a Federação Única dos Petroleiros (FUP), em Guararema (SP), para fazer uma defesa enfática da estatal.

Lula ressaltou que a Petrobras nos governos petistas aumentou de 2% para 13% sua participação no Produto Interno Bruto (PIB), além de ter duplicado o número de funcionários em 12 anos. "Aqui tem um brasileiro que não tem vergonha de dizer que tem orgulho da Petrobras", disse o ex-presidente, acrescentando que a estatal "não é só corrupção", mas uma empresa "respeitada mundialmente e muito importante".

"Se alguém roubou, que essa pessoa pague, e que os trabalhadores não sejam punidos. Que não sejam punidos aqueles que efetivamente são responsáveis pela construção dessa extraordinária empresa, motivo de orgulho para o nosso país", afirmou o petista.

Segundo Lula, a Petrobras é motivo de orgulho no mundo por sua capacidade de inovação e exploração, embora no Brasil estejam "deixando prevalecer um complexo de vira-lata". "Tenho orgulho de ter sido o presidente da República que mais visitou plataformas e tirou fotos com petroleiros, que fez a maior capitalização do mundo, na Petrobras, na Bolsa de Valores de São Paulo, e de ter participado da recuperação da indústria naval", disse o ex-presidente, recebido no evento com aplausos e gritos de "Lula, guerreiro do povo brasileiro".

Ao iniciar o discurso, o ex-presidente brincou que teria que ser cauteloso com suas declarações. "Vou ter que tomar cuidado para não falar nenhuma bobagem que, eventualmente, eu falo". No fim do mês passado, vazaram declarações do petista com críticas ao governo Dilma Rousseff e o PT. As informações são do Valor.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 16h08m


O juiz federal Nivaldo Brunoni, negou nesta sexta-feira (3), por volta de 13h, o pedido de habeas corpus preventivo impetrado ontem em favor do ex-ministro chefe da Casa Civil José Dirceu. O juiz Nivaldo Brunoni foi convocado para atuar no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) durante as férias do desembargador federal João Pedro Gebran Neto.

A defesa de Dirceu, liderada pelo advogado Roberto Podval, pede que o tribunal conceda “ordem de habeas corpus, evitando-se o constrangimento ilegal e reconhecendo o direito do paciente de permanecer em liberdade”. A informação foi confirmada pela assessoria do ex-ministro.

Em 40 páginas, a petição argumenta que Dirceu, investigado por receber dinheiro de empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato, atendeu, por meio de sua assessoria, a mais de “60 clientes de 20 setores diferentes da economia, como indústrias de bens de consumo, telecomunicações, comércio exterior, logística, tecnologia da informação, comunicações e construção civil”.

Segundo o juiz Nivaldo Brunoni, “o mero receio da defesa não comporta a intervenção judicial preventiva”. De acordo com Brunoni, o fato de Dirceu ser investigado e apontado no depoimento de Pascowitch não resultará necessariamente na prisão processual. “Até mesmo em face do registro histórico, as prisões determinadas no âmbito da Operação Lava Jato estão guarnecidas por outros elementos comprobatórios do que foi afirmado por terceiros”, avaliou o magistrado. As informações são do Congresso em Foco.


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 15h41m


O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, decidiu permanecer no cargo. Ele conversou nesta sexta (3) de manhã com a presidente Dilma Rousseff e não sairá do governo, segundo fontes do Planalto.

Cardozo revelou a amigos na semana passada que estava "no limite", como antecipou a coluna. Ele não estaria suportando a pressão de empreiteiros e do PT para interferir no trabalho da Polícia Federal na Operação Lava Jato.

No entanto, por lealdade à presidente, ele tendia a ficar no cargo, o que agora se confirma. As informações são da Folha.


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 15h25m


A Executiva Estadual do PT se reúne nesta segunda-feira (06) para aprovar a continuidade das ações conjuntas com os movimentos sociais, as alianças para as eleições de 2016 e o calendário de encontros nos Territórios de Identidade.

Também será feita avaliação do desempenho dos congressos estadual e nacional do partido, além da participação do PT juntos com os movimentos sociais no cortejo do Dia 2 de Julho.

Na data cívica mais importante da Bahia, o partido e os movimentos mostraram, através de faixas e cartazes, pauta reivindicando Educação, Trabalho e mais Democracia.

O presidente do PT/Bahia, Everaldo anunciação, comemorou o destaque da pauta e disse que “foi muito estimulante a receptividade do povo baiano ao partido”.
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 15h13m


Em discurso durante o lançamento da tocha olímpica da Olimpíada do Rio-2016, nesta sexta-feira, em Brasília, a presidente Dilma Rousseff fez um discurso descontraído. A líder brincou algumas vezes com os outros políticos presentes, Eduardo Paes (prefeito do Rio de Janeiro) e Luiz Fernando Pezão (governador do RJ), sorriu bastante ao falar da tocha e só usou tom mais sério ao prometer segurança total nos Jogos.

Na ocasião, Dilma afirmou que, durante sua visita aos Estados Unidos, na semana passada, foi bem questionada sobre o assunto. Usou, então, o sucesso da Copa do Mundo de 2014 para garantir tranquilidade aos habitantes e turistas.

"Fui muito perguntada sobre a segurança nas Olimpíadas na coletiva na Casa Branca. Eu disse, com a certeza da experiência da Copa do Mundo, que tivemos capacidade de nos organizar com Forças Armadas, Polícia Federal, Secretaria de Segurança Pública do Estado, com a PM e a Civil", explicou Dilma.

"Temos certeza que faremos uma Copa segura, uma Copa tranquila", disse, para logo ser interrompida por Paes, fora do microfone, que a corrigiu. "Desculpa, falei em Copa? É porque fiquei com a Copa do Mundo na cabeça. Mas fizemos uma Copa segura também. E se fizemos a segurança em 12 cidades durante a Copa, temos toda condição de fazer em uma cidade. Todos aqueles que quiserem participar desta Copa, perdão, Olimpíada, que venham e participem, que serão muito bem recebidos", finalizou a presidente.

Dilma aproveitou para fazer uma provocação ao governador do Estado do Rio. "Eu e o Eduardo Paes fazermos grande esforço para que o governador Pezão compre uma bicicleta e comece a pedalar. O Nuzman - presidente do COB - até forneceu a ele o uniforme completo do time olímpico do Brasil. Mas cada vez menos ele tem razão para não integrar os 47% da população brasileira que é sedentária, conforme pesquisa do ministério do Esporte citada pelo ministro George Hilton", brincou a presidente. As informações são do Uol.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 14h50m


Salvador está confirmada no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. O Comitê Organizador dos Jogos anunciou hoje (03), em Brasília, a lista das primeiras 82 cidades que integrarão a jornada da Chama Olímpica pelo país. A data e o percurso detalhado da passagem da chama por Salvador serão confirmados posteriormente, assim como todo o trajeto em solo nacional.

As cidades anunciadas hoje indicam os destinos finais da chama Olímpica para cada dia do Revezamento , com exceção dos dias em que houver paradas técnicas ou momentos especiais de imagem. Também foi confirmado que a jornada da Chama Olímpica no Brasil começará em data ainda a ser decidida, entre abril e maio de 2016.

Na avaliação do secretário do Escritório Salvador Cidade Global, Jorge Khoury, gestor dos Jogos Olímpicos no âmbito municipal, o importante é que os percursos contemplem a cultura e a identidade do soteropolitano. “Já temos três roteiros elaborados, considerando que a passagem da Tocha Olímpica por Salvador será mais uma oportunidade para a cidade mostrar a sua história ao mundo e, ao mesmo tempo, aproximar esse evento dos soteropolitanos, nossa maior fonte de calor”, observa. 

O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 vai durar entre 90 e 100 dias após a tradicional cerimônia de acendimento da chama Olímpica na cidade grega de Olímpia, berço dos Jogos da Antiguidade. As datas da cerimônia de acendimento em Olímpia e da chegada da chama a Brasília ainda serão definidas. Em solo nacional serão em torno de 12.000 condutores da tocha e a chama percorrerá cerca de 20.000 quilômetros por estradas e ruas brasileiras e viajará em torno de 10.000 milhas aéreas, no trecho entre Teresina e Campo Grande.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 14h32m


“Com o calote do abono salarial, a presidente Dilma Rousseff sacrifica os trabalhadores, mas continua incapaz de cortar na própria carne, reduzindo o excessivo número de ministérios para realmente fazer o ajuste fiscal”, disse o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) ao propor um Decreto Legislativo para anular a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Condefat) de transferir parte do pagamento dos abonos para o ano que vem.

De acordo com Aleluia, o Congresso Nacional tem plenos poderes de anular qualquer ato do Poder Executivo. “O Condefat é um órgão do Poder Executivo, que sofre forte influência do ex-presidente Lula. A cruel medida anunciada atinge milhões de trabalhadores, cuja renda não ultrapassa dois salários mínimos e dependem do abono”.

Aleluia avaliou que a suspensão do abono salarial vai causar incomensuráveis prejuízos a milhões de famílias brasileiras, que contavam com o dinheiro para pagar despesas domésticas. “Meus colegas do Congresso vão se sensibilizar com isso e aprovarão o Decreto, corrigindo mais esta maldade da dupla Dilma e Lula, que querem fazer ajuste fiscal à custa da miséria do pobre”.

O deputado disse que ficou assustado com a reação de populares à suspensão do pagamento do abono salarial. Aleluia participava da inauguração de um mercado municipal, no bairro de Periperi, ao lado do prefeito de Salvador, ACM Neto, na manhã desta sexta-feira (03), quando várias pessoas se dirigiram a ele cobrando uma solução para o problema.

A decisão do Condefat transfere para o ano que vem o pagamento de R$ 9 bilhões em abonos salariais. O adiamento se tornou possível com a extensão do calendário. Em vez do cronograma tradicional de pagamento, de julho a outubro, o abono será pago em 12 meses, de julho deste ano até junho de 2016. Do total de R$ 19,1 bilhões previstos, R$ 10,1 bilhões serão desembolsados neste ano.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 14h15m


Com objetivo de colher subsídios para elaboração do planejamento estratégico da Desenbahia 2016/2019, o presidente da instituição, Otto Alencar Filho, reuniu-se com o secretário da Agricultura da Bahia, Paulo Câmera, para discutir projetos e investimentos na agropecuária baiana, com foco no desenvolvimento produtivo.

“A Desenbahia está montado o plano estratégico e conversando com as secretarias do Estado, visando mapear os investimentos, e dando apoio no que for pertinente. A Seagri nos apresentou o seu Plano Plurianual (PPA), e já identificamos em alguns projetos a possibilidade de investimento e parceria”, destacou o presidente da Desenbahia.

Apoio à agroindústria e suas cadeias produtivas, por meio da disponibilização de crédito; investimento em estradas para escoamento da produção; benefícios fiscais para atração das indústrias e agregação de valor para produtos in natura e organização e fortalecimento das cooperativas para apoiar micro e pequenas empresas em parceria com Sebrae, Fieb, secretarias do Estado e Desenbahia, para transferência de tecnologia de gestão e produção e soluções financeiras, são alguns dos eixos da matriz de desenvolvimento da Desenbahia que podem ser fomentados em parceria com a Seagri.

“Esse é o objetivo, unir forças para valorizar as potencialidades de cada região, consolidando as cadeias produtivas, que englobam do pequeno ao grande produtor. É muito importante também trazer empresários para investir no Estado, atraídos pelas soluções financeiras da Desenbahia, para serem implantados agroindústrias nos polos agrícolas”, afirmou o secretário Paulo Câmera.

A Desenbahia já financia práticas de agricultura sustentável (agricultura de baixo carbono), construção e ampliação de armazéns, compra de máquinas e equipamentos agrícolas, entre outros incentivos. 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 13h57m

 
A utilização da capacidade instalada na indústria recuou para 80,1% em maio com queda de 0,4 ponto percentual em comparação a abril, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A queda foi mais intensa se comparada com maio do ano passado (81,1%). Os dados já dessazonalizados (sem levar em conta atividades típicas de cada mês, como feriados) mostram que, com exceção do faturamento, todos os indicadores industriais caíram.
 
Em maio, o faturamento real – indicador dessazonalizado – registrou alta de 1,6% ante abril. O resultado, no entanto, indica que a queda sofrida em abril foi revertida apenas em parte e está 10,1% inferior se comparada a maio de 2014.
 
As horas trabalhadas na produção caíram 0,5% no mês passado, também sem influências sazonais. Se comparada com maio de 2014, o indicador registra queda de 10,2%. O emprego recuou 0,9% na comparação entre abril e maio e 5,6% ante o mesmo mês do ano passado. Houve também recuo na massa salarial de 1,2% e 5,9%, respectivamente, na mesma comparação.O rendimento médio real do trabalhador da indústria caiu 0,3% em maio na comparação com abril e 0,4% ante maio de 2014.
 
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a produção industrial brasileira cresceu 0,6% em maio na comparação com abril. O resultado interrompe um período de queda de três meses consecutivos em relação os meses imediatamente anteriores, mas ficou 8,8% abaixo do registrado no ano passado.O IBGE informou, ainda, que a produção industrial brasileira acumula queda de 6,9% em 2015 e de 5,3% quando analisado o período de doze meses encerrado em maio. 


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 13h35m

 
As sucessivas elevações das taxas de juros aumentam as despesas financeiras das empresas, agravando a situação da solvência empresarial. As micro e pequenas empresas lideraram os requerimentos de recuperação judicial de janeiro a junho de 2015, com 255 pedidos, seguidas pelas empresas de médio porte, com 147 e pelas grandes empresas, com 90.
 
Já os pedidos de falência chegaram a 798 em todo o país, o que representa aumento de 0,8% em relação aos 792 requerimentos do mesmo período de 2014.
 
Segundo os dados, 410 pedidos foram de micro e pequenas empresas (alta de 1,74% comparado ao mesmo período de 2014), 181 de médias empresas (recuo de 7,65% em relação a 2014) e 207 de grandes empresas (alta de 7,25% em relação a 2014).

 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 13h13m

 
 
O impacto na atividade econômica brasileira, que deve apresentar resultado abaixo do seu potencial, é normal em um ano de ajuste. A avaliação é do diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Luiz Awazu Pereira da Silva, que participa do seminário da revista The Economist – Brazil Business Summit.O diretor citou também que eventos não econômicos como as investigações da Operação Lava Jato se sobrepõem ao ciclo de negócios.
 
Awazu reforçou que a volta do crescimento econômico virá com fortalecimento da confiança. Ele citou que o governo tem uma agenda de concessões, com medidas para melhorar o capital físico (investimentos em infraestrutura) e o humano (educação).O diretor defendeu os ajustes na economia, com cortes em gastos públicos e aumento da taxa básica de juros, a Selic, para que haja um realinhamento de preços no país.Awazu destacou que o duplo ajuste de preços relativos (administrados e externos) impactou a inflação no primeiro semestre deste ano, elevando o resultado acumulado de 12 meses e as expectativas para 2015.
 
A Selic já passou por seis altas seguidas e está atualmente em 13,75% ao ano. O BC usa essa taxa para tentar conter a inflação, que deve estourar o teto da meta para o ano. A projeção do próprio BC indica inflação este ano acima da meta, em 9%. A meta de inflação para este ano e 2016 é 4,5%, com limite superior em 6,5%. Para 2017, o Conselho Monetária Nacional reduziu o limite superior para 6%.
 
“A redução da banda de tolerância da meta de 2017 reafirma esse compromisso com a meta de inflação de 4,5%”, destacou o diretor.A taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve como referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Embora ajude no controle dos preços, o aumento da taxa Selic prejudica a economia, que atravessa um ano de recessão, com queda na produção e no consumo.



 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 12h41m

 

 
 

O presidente da CNTur, Nelson de Abreu Pinto, recebeu para um almoço de trabalho em sua sede de Brasília os deputados Herculano Passos, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, acompanhado do senador Hélio José e o deputado Alex Manente, presidente da comissão de Turismo da Câmara dos Deputados.Eles foram discutir a nova Lei de Incentivo ao Turismo que está sendo elaborada pela Comissão e a Frentes Parlamentar.

Ao presidente Nelson de Abreu Pinto apresentaram a minuta do PL para estudo e sugestões. O objetivo é criar mecanismos que desenvolvam, de forma harmônica o turismo nacional. Estiveram presentes, além dos parlamentares o presidente do ConCNTur-DF, ex-minsitro Herique Hargreaves e os diretores da PAR Férias e RDE VIAGENS, Ari Cirilo e Alberto Toussaint.




Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 12h29m


Os bancos gregos têm um "colchão de liquidez" de € 1 bilhão, mas os recursos para depois de segunda-feira dependem do Banco Central Europeu, segundo a presidente da associação de bancos da Grécia, Louka Katseli. 

"A liquidez está garantida até segunda-feira; depois vai depender da decisão do BC europeu", disse Katseli a repórteres, de acordo com a Reuters. "O 'colchão' de liquidez que temos é de cerca de € 1 bilhão".

As agências bancárias do país ficaram fechadas esta semana, depois que o país não conseguiu prorrogar o programa de ajuda europeu, ao rejeitar as condições para o empréstimo e convocar um referendo para a próxima semana para questionar a população sobre o assunto. (G1)
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 12h12m


Vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, o deputado Pablo Barrozo (DEM) defende a convocação do presidente da Embasa, Rogério Cedraz, para explicar o tipo de material e quais os critérios utilizados nas obras feitas pela empresa em Salvador. Segundo o parlamentar, virou rotina o rompimento de adutoras e surgimento de crateras em pontos do asfalto que foram cortados para a realização de intervenções da empresa.
 
"Somente em junho, foram mais de 20 situações provocadas pela Embasa e que prejudicaram a cidade, gerando transtornos para a população. Um táxi chegou a cair numa cratera aberta após problemas na rede da Embasa em plena Avenida ACM. Outros locais também sofreram, como o Canela e a Vasco da Gama. Isso sem falar nos bairros onde surgiram crateras e buracos resultantes do péssimo serviço da Embasa, que corta o asfalto para fazer alguma intervenção e não faz o reparo com material de qualidade", acusou o deputado.
 
Ele afirmou que, ano passado, a média de prejuízo que a Embasa deu à cidade foi de R$30 mil por dia. "Esse foi o custo que a Prefeitura teve para tapar os buracos provocados pela empresa, que também presta um péssimo serviço à população, com falta de água constante em vários bairros e erros grotescos nas contas. Salvador paga um preço alto pelo péssimo serviço prestado, o que precisa mudar urgentemente. Nós deputados temos que nos unir nessa luta", disse Barrozo.
 
O deputado afirmou que a bancada vai apresentar requerimento convocando o presidente da Embasa para prestar esclarecimentos nas comissões da Assembleia. "O pior de tudo é que muitas vezes esses buracos da Embasa são abertos em vias que foram pavimentadas pela Prefeitura. É um prejuízo muito grande". 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 12h02m


O Ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, recebeu em audiência, ontem, 02, o presidente da CNTur, Nelson de Abreu Pinto, que foi lhe apresentar o novo presidente do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador, Virgilio Nelson da Silva Carvalho. O eleito é o representante da CNTur no Conselho do CODEFAT e foi ungido para um mandato de 2 anos pela unanimidade dos representantes do governo, patronais e de trabalhadores.

O presidente da CNTur estava acompanhado do deputado Herculano Passos, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turtismo do Congresso Nacional, o ex-ministro Henrique Hargreaves e os diretores Sebastião Duarte, Virgílio Carvalho e José Osório Naves.
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 11h53m
 

 
O leilão de energia de reserva realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (3) durou seis minutos e não registrou ofertas de investidores, fechando sem contratar nenhuma usina, destaca a agência Reuters.
 
O certame, que tinha como objetivo viabilizar novos empreendimentos de termelétricas a gás natural para início de operação em janeiro de 2016, era visto como desafiador pelos empreendedores devido ao pouco prazo para conclusão dos projetos.

"Os leilões de reserva servem para incrementar a garantia física do sistema e podem ser realizados com qualquer antecedência. Esses leilões também têm o objetivo de reduzir os riscos de desequilíbrio entre a oferta e a demanda de energia elétrica", informa a Aneel.


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 11h49m


Em relação a matéria divulgada pelo Bahia Econômica sobre os investimentos da Fera Investimentos no Centro Histórico de Salvador
, a empresa entrou em contato com o portal informando que ainda não foram investidos  R$ 150 milhões no empreendimento, e que esse valor, divulgado pela empresa, é uma projeção do que será investido ao longo de 7 (sete anos) na aquisição e restauração de imóveis na área.

A empresa informou também que sua sede não é em Belo Horizonte, mas sim em Salvador, na Rua da Ajuda.  Segundo apurou o portal, a empresa  foi criada com o objetivo específico de montar o projeto  do Bahia District e seu portfólio conta apenas com os projetos do Fera Palace Hotel, um residencial e um estacionamento.
 
Segundo a comunicacào da empresa, a Expresso Gardênia  permanece um dos negócios da família do empresário Antonio Mazzafera, mas não tem qualquer ligação com a Fera Investimentos e não foi vendida.
 
A assessoria de imprensa da Fera Investimentos informou que a reforma dos imóveis será feita com recursos próprios e financiamentos e que os imóveis estão sendo adquiridos com recursos próprios, de investidores privados e family offices, com foco em ativos imobiliários.  A empresa disse que não tem negócios com o Fundo Equinox.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 11h39m
 

 
Na próxima quarta-feira (8/7), o Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia sedia seminário cujo tema é a garantia do direito à saúde no Brasil. A abertura será às 17h e contará com a presença do reitor João Salles, da diretora do ISC, Isabela Cardoso, além do diretor da Faculdade de Direito, Celso Castro e dos presidentes da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), a Ordem dos Advogados do Brasil, secção da Bahia (OAB/BA).
 
O evento, que integra os preparativos para o 11º Congresso Nacional de Saúde Coletiva da Abrasco, prossegue no dia 9, com duas mesas redondas: “Financiamento da saúde: universalismo ou segmentação” e “Relações trabalhistas na contemporaneidade”. As mesas contarão com a participação de autoridades nos temas como Sérgio Piola, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Jairnilson Paim, do Instituto de Saúde Coletiva da Ufba.

As inscrições para o seminário estão abertas e podem ser feitas através do site http://www.abrascoeventos.org.br/gestaosaudefgv/. A taxa é de R$ 30 para estudantes e R$ 50 para profissionais.


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 11h21m
 
 
Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa disse que o reajuste do judiciário vai depender do reajuste de pessoal do executivo. Segundo ele as negociações terão como ponto de partida a proposta de reajuste de 21,3% em quatro anos, a partir de 2016.
 
Após reunião com grupos de investidores, em Nova York, Barbosa voltou a declarar que o reajuste de 53% a 78,56%, aprovado nesta semana pelo Senado, é incompatível com o equilíbrio fiscal e a realidade da economia brasileira. Para ele, os aumentos salariais não são sustentáveis e provocam efeito cascata sobre as contas públicas. O ministro classificou o tema como prioritário dentro do Ministério do Planejamento.

De acordo com o Planejamento, a proposta aprovada pelos senadores provocará impacto fiscal de R$ 25,7 bilhões até 2018. A categoria, de acordo com o ministério, teve reajuste em torno de 60% entre 2005 e 2008 e foi contemplada com aumento de 15,8%, pagos em parcelas anuais de 2012 a 2015.

Em visita aos Estados Unidos, Barbosa participou de reunião com cerca de 60 investidores. Ele apresentou os principais dados sobre a economia brasileira, explicou as medidas de ajuste fiscal e detalhou os projetos do Programa de Investimento em Logística, que prevê concessões de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos ao setor privado.

 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 11h06m
 

 
 
A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda nesta sexta-feira (3), com bancos e Petrobras entre as maiores pressões de baixa, em dia que tende a ter a liquidez reduzida por feriado nos Estados Unidos e cautela antes do referendo na Grécia no domingo sobre condições para novo resgate financeiro do país.
 
Às 10h20, o Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caía 0,42%, aos 52.880 pontos. Na quinta, o Ibovespa subiu 0,66%, a 53.106 pontos, guiado principalmente pelos ganhos dos papéis de bancos e da Petrobras, enquanto ações de mineração e siderurgia pressionaram na ponta oposta. 

 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 10h51m


A Receita Federal publicou no Diário Oficial da União a Instrução Normativa 1.571, que obriga empresas a apresentar informações sobre operações financeiras ao Fisco por meio da e-Financeira, ferramenta constituída por um conjunto de arquivos digitais referentes a cadastro, abertura, fechamento, e pelo módulo de operações financeiras. Emitida de forma eletrônica, a e-Financeira deverá ser assinada digitalmente pelo representante legal da empresa ou procurador, com uso de certificado digital válido. Os dados devem ser transmitidos ao ambiente do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

O uso da e-Financeira será obrigatório para as empresas "autorizadas a estruturar e comercializar planos de benefícios de previdência complementar; autorizadas a instituir e administrar Fundos de Aposentadoria Programada Individual (Fapi); ou que tenham como atividade principal ou acessória a captação, intermediação ou aplicação de recursos financeiros próprios ou de terceiros, incluídas as operações de consórcio, em moeda nacional ou estrangeira, ou a custódia de valor de propriedade de terceiros; e para as sociedades seguradoras autorizadas a estruturar e comercializar planos de seguros de pessoas".

Entre outros dados, as empresas são obrigadas a prestar ao Fisco informações de operações financeiras dos usuários de seus serviços como o saldo no último dia útil do ano de qualquer conta de depósito, inclusive de poupança; rendimentos brutos, acumulados anualmente, mês a mês, por aplicações financeiras; aquisições de moeda estrangeira; valor de créditos disponibilizados ao cotista, acumulados anualmente, mês a mês, por cota de consórcio. Em relação às contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), deverão ser informadas apenas aquelas com depósitos anuais superiores a R$ 100 mil. Sobre aquisições de moeda estrangeira, por exemplo, as empresas só precisam prestar informações quando o montante global movimentado ou o saldo, em cada mês, for superior a R$ 2 mil no caso de pessoas físicas e R$ 6 mil, para pessoas jurídicas.

Segundo a portaria, a e-Financeira deverá ser gerada diretamente por sistema próprio sob a responsabilidade do declarante. A ferramenta é obrigatória para fatos ocorridos a partir de 1º de dezembro de 2015 e deverá ser transmitida semestralmente nos seguintes prazos: até o último dia útil do mês de fevereiro, contendo as informações relativas ao segundo semestre do ano anterior; e até o último dia útil do mês de agosto, contendo as informações relativas ao primeiro semestre do ano em curso. "Excepcionalmente, para os fatos ocorridos entre 1º e 31 de dezembro de 2015, a e-Financeira poderá ser entregue até o último dia útil de maio de 2016", avisa o texto.

A Coordenação-Geral de Fiscalização da Receita Federal ainda vai editar atos complementares sobre a e-Financeira: os leiautes em até 15 dias e o manual de orientação dos leiautes em até 30 dias. (Estadão)



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 10h38m


 

O diretor presidente do Grupo Frutosdias, Frutos Gonzalez Dias Neto, receberá o título de Comerciante do Ano 2015, concedido pela Fecomércio-BA, que anualmente elege um empresário que tenha se destacado na atividade comercial na Bahia. A entrega do título e da medalha Visconde de Cairú será realizada pelo presidente da Federação, Carlos de Souza Andrade, no dia 16 de julho ─ data em que se comemora o Dia do Comerciante ─, às 20h, no 3º andar da Casa do Comércio.

Há 15 anos, Frutos Neto assumiu a presidência do grupo fundado por seu avô, o imigrante espanhol Frutos Gonzalez Dias. Antes de presidir o grupo, Frutos Neto foi diretor administrativo durante cinco anos. Com uma tradição de mais de 90 anos, o Grupo Frutosdias tem investimentos diversificados no setor automotivo: duas lojas Chevrolet, seis Yamaha, corretora de seguros, locadora de veículos e uma empresa de intermediação de negócios. Mesmo em tempos de crise, o Grupo segue uma trajetória de crescimento, tendo inaugurado nos últimos anos unidades em Camaçari, Lauro de Freitas, Simões Filho, Alagoinhas e Salvador.
 
Atual presidente da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador, Frutos Neto é conhecido pelo seu engajamento com as questões associativistas do comércio na Bahia. Participa da diretoria da CDL desde 2004, quando ingressou como diretor de Tecnologia. Além da CDL, seu nome já fez parte da Abrac (Associação Brasileira de Concessionários Chevrolet), FCDL Bahia, Sincodiv-BA (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos da Bahia), ACB (Associação Comercial da Bahia) e  Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Bahia. Engenheiro mecânico de formação, antes de ingressar no Grupo Frutosdias, atuou durante 15 anos em posições gerenciais nas áreas de projeto, montagem industrial e operações de petróleo.
 
Premiação - Desde o ano de 1985, a Fecomércio-BA homenageia os principais comerciantes atuantes na Bahia com o título de Comerciante do Ano. A escolha anual é feita por uma comissão constituída por presidentes de sindicatos filiados à Federação.  Entre os que já receberam a comenda Visconde de Cairú estão Mamede Paes Mendonça (1989), José Faro (1998), Nelson Daiha (2002), Antoine Tawil (2011) e Eliezer Schnitman (2013).
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 10h22m


Nesta sexta-feira (3), o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) declarou oficialmente a Grécia em situação de default (moratória) depois de não ter realizado o pagamento de 1,6 bilhão de euros ante o Fundo Monetário Internacional (FMI). O país é a primeira economia avançada a ficar em atraso com o órgão.

O comunicado do fundo não traz consequências imediatas para o país, que será submetido a um referendo que pode determinar o seu futuro na zona do euro.

O governo convocou o referendo para que o povo grego diga se aceita as exigências do FMI e dos credores europeus para receber ajuda financeira, como aumento de impostos e cortes na aposentadoria. A data escolhida para a consulta foi o dia 5 de julho. (G1)



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 10h06m


 

Uma adutora rompeu na manhã desta sexta-feira, 3, por volta das 9h30, na avenida Paralela, em Salvador. O rompimento ocorreu no mesmo local onde é realizada a obra de duplicação da avenida Orlando Gomes e construção da avenida 29 de Março.

As obras são de responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). O incidente aconteceu na proximidade do Bairro da Paz. A água alaga a pista e atrapalha o tráfego de veículos. Por conta disso, os motoristas devem redobrar a atenção.

A reportagem entrou em contato com a Conder e aguarda um posicionamento do órgão. A Embasa também foi procurada, mas a instituição ainda não se pronunciou sobre o fato. (A Tarde)



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 10h00m


O Ministério da Agricultura divulgou nesta sexta-feira (3) os preços mínimos para os cereais de inverno e sementes, válidos para a safra de 2015/2016. Os valores foram publicados no Diário Oficial da União, por meio da Portaria número 131, assinada pela ministra da Agricultura interina, Maria Emilia Jaber.

Conforme a portaria, para a Região Sul, o preço mínimo do trigo tipo 1, pH 78, pão, subiu 4,57%, de R$ 33,45 a saca de 60 kg na safra 2014/15, para R$ 34,98 a saca na safra 2015/16. O trigo tipo 1, pH 78, melhorador, também foi reajustado em 4,57%, de R$ 35,03 para R$ 36,63 a saca.

Já o preço mínimo do trigo tipo 2, pH 75, pão, para a Região Sul, subiu 4,53%, de R$ 28,67 para R$ 29,97 a saca. O trigo tipo 2, pH 75, melhorador, teve reajuste de 4,63%, de R$ 30,02 para R$ 31,41 a saca. Segundo a portaria, os valores foram fixados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), por meio de voto em 23 de abril passado. (Estadão)
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h56m
 

 
O dólar subia ante o real no início dos negócios desta sexta-feira (3), em um dia que deve mostrar baixa liquidez devido ao feriado nos Estados Unidos, após o Banco Central reduzir a oferta de swaps cambiais e sinalizar que deve rolar uma fatia menor dos contratos que vencem em agosto. Às 9h30, a moeda norte-americana subia 0,84%, a R$ 3,12 na venda, após marcar na véspera a maior queda desde abril. 
 
A moeda norte-americana terminou a sessão negociada a R$ 3,096 na venda, em baixa de 1,56%, maior queda desde 14 de abril, quando recuou 1,97%. Mais tarde, o BC dará continuidade à rolagem dos swaps cambiais que vencem em agosto, com oferta de até 6 mil contratos, equivalentes a venda futura de dólares. Nos dois primeiros leilões de rolagem deste mês foram ofertados até 7,1 mil swaps.
 
Mantendo a oferta de até 6 mil contratos por dia até o penúltimo dia útil do mês, o BC rolará o equivalente a US$ 6,396 bilhões ao todo, ou cerca de 60% do lote total. Se continuasse com as ofertas anteriores, a rolagem seria de 70%.


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h46m
 
 
Uma pesquisa da Organização das Nações Unidas (ONU0, apontou que 94% da população brasileira tem acesso a serviços de água potável. Nas cidades, esse percentual alcança 98%, contra 92% em 1990, de acordo com o relatório da Unicef. Entre a população rural, o avanço foi bem mais expressivo nos últimos 25 anos: apenas 38% acessavam redes de água limpa nestas regiões, contra 70% em 2015.

Na África-Subsaariana, por exemplo, 427 milhões de pessoas tiveram acesso – uma média de 47 mil pessoas por dia todos os dias por 25 anos. A expectativa de vida infantil teve ganhos substanciais. Hoje, menos de mil crianças com menos de cinco anos morrem a cada dia por diarreia causada por contaminação na água, ante mais de 2 mil casos 15 anos atrás.
 
Por outro lado, o progresso no saneamento foi barrado por investimentos inadequados em campanhas de conscientização, segundo o relatório, assim como falta de produtos acessíveis para os pobres, e normas sociais que aceitam ou encorajam fazer necessidades básicas em lugares abertos.

Embora cerca de 2,1 bilhões de pessoas tenham tido acesso a redes de esgoto desde 1990, o mundo não alcançou a meta do MDG de mais cerca de 700 milhões de pessoas. Hoje, apenas 68% da população mundial utiliza instalações sanitárias adequadas – nove pontos abaixo da meta de 77%.

As áreas rurais abrigam sete entre 10 pessoas sem acesso a saneamento adequado. "Até que todos tenham acesso adequado a instalações sanitárias, a qualidade de água será reduzida e muitas pessoas continuarão a morrer de doenças relacionadas a sua contaminação", afirmou no estudo a diretora do departamento de saúde pública, meio ambiente, Maria Neira. 



 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h36m
 
 
 
Terminam hoje (3) o prazo para que candidatos se inscrevam para concorrer a vagas em cursos do Programa Nacional do Ensino Técnico (Pronatec). As inscrições começaram na segunda-feira (29) e são realizadas através da Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) 2015 pelo site www.sisutec.mec.gov.br. 
 
O prazo termina às 23h59. O edital que regulamenta a seleção foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (26). No primeiro dia do Sisutec, o MEC recebeu 49.651 inscritos e 92.719 inscrições. No penúltimo dia de inscrições, o sistema já tinha 164.412 inscritos e 309.550 inscrições até as 18h.
 
O Sisutec 2015 terá o resultado da primeira chamada divulgado em 7 de julho e, o da segunda chamada, em 14 de julho. O início das aulas ocorre entre os dias 3 e 31 de agosto. Neste ano o Sisutec oferece 83.641 vagas em 515 municípios de todos os estados e no Distrito Federal. O Sisutec reúne vagas para cursos de ensino técnico tanto na rede pública quanto na privada. No caso da rede particular, se contemplado, o aluno terá bolsa de estudo. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Para concorrer, o aluno não pode ter tirado zero na redação.
 
Entre as vagas oferecidas nesta seleção, 85% serão destinadas para estudantes que, independentemente de renda per capita familiar, tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas, na condição de bolsista integral. Além disso, metade dessas vagas serão reservadas para alunos com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. Mas, para ocupar uma dessas vagas, não é permitido que o aluno continue matriculado em outro curso técnico de nível médio ou superior, ou curso de graduação, em instituições públicas ou privadas como bolsista.


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h25m
 


 
Feriado só na Bahia. Em Brasilia, para os deputados locais o expediente na Câmara foi normal, ou melhor, foi bastante agitado.  Entre as agendas que prenderam os políticos na capital federal estava a votação da maioridade penal que se estendeu pela madrugada.

Além disso, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras que investiga os casos de corrupção na estatal também ouviu Auro Gorentzvaig, ex-conselheiro e acionista da Petroquímica Triunfo, Dalmey Fernando Werlang, agente de Polícia Federal e José Alberto de Freitas Iegas, delegado da PF.

Participam do colegiado o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB), Félix Mendonça Júnior (PDT), Paulo Magalhães e João Carlos Bacelar (PR). Apesar da ausência dos baianos nos festejos, dos 39 deputados na Câmara, apenas 26 registraram presença no plenário.(TB)


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h13m
 
 
A Petrobrás anunciou mais um aumento no preço do gás no Brasil .Dessa vez o reajuste foi de 11% no produto a partir do dia 1.º de agosto. É a terceira alta nos preços somente neste ano. No acumulado do ano, o aumento chegará a 23,5%. O reajuste, entretanto, não será repassado diretamente aos consumidores, segundo a associação. As informações são da Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegas).
 
O repasse depende de uma autorização das agências reguladoras estaduais, que ainda não se posicionaram sobre o tema. A Abegás ainda está em negociação com a Petrobras para tentar evitar os reajustes praticados ao longo do ano. A estatal comunicou a decisão às distribuidoras nesta semana, após a aprovação do plano de negócios da companhia que prevê a paridade de preços. Segundo a Abegás, o reajuste fere o acordo estabelecido em 2011, que previa aumentos trimestrais negociados com as distribuidoras.

Desde aquele ano, a companhia concedia descontos às distribuidoras para tornar o produto mais competitivo em comparação com o óleo combustível. Com a alta, os preços praticados a partir de agosto contarão apenas com 3% de descontos em relação à média do mercado internacional. Além da tentativa de negociar com a estatal, a Abegás estuda entrar com liminar contra os reajustes, conforme informou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, em maio, o presidente da associação, Augusto Salomon.


 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 09h02m
 
 
O Banco do Brasil ofereceu um bom volume de crédito ao setor produtivo brasileiro surpreendendo a classe que esperava um volume menor devido à crise econômica e o ajuste fiscal proposto pelo Governo do PT. Porém, a quantidade de recursos teve um crescimento menor do que aquele esperado. 
 
De acordo com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), os produtores de soja do estado gastaram, em média, 31,3 sacas por hectare para a compra de insumos no mês de junho de 2014. Já no mês passado essa mesma relação ficou 3,7 sacas/hectare mais cara. O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Alysson Paolinelli, disse que os custos devem aumentar mais este ano por causa da valorização do dólar. 

O coordenador da Comissão de Política Agrícola da Aprosoja-MT, Adolfo Petry, acrescentou que mais importante que a oferta de crédito é facilitar o acesso a ele. "O atraso na liberação dos custeios na safra 2014/15 aumentou os custos do produtor no Estado em mais de R$ 1 bilhão", afirmou.

Segundo ele, o aumento das taxas de juro vai pesar sobretudo para o produtor de milho. "Embora as altas em Chicago (Bolsa) tenham permitido uma melhora (dos preços) nos últimos dias, o cenário ainda exige muita atenção do agricultor. Ele não deve assumir grandes riscos, pois ficar exposto ao risco cambial pode amargar prejuízo", disse Petry.

Paolinelli destaca a situação de alguns produtores que não poderão acessar as linhas de crédito do BB."Há muito produtor endividado no Centro-Sul, por causa dos três últimos anos em que o clima prejudicou as lavouras", disse.

No Paraná, a preocupação deve ser a de buscar o quanto antes o financiamento, diz o analista técnico e econômico da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), Robson Mafioletti. Ele recomenda que os produtores busquem logo os recursos a juros controlados (2,5% a 8,75% ao ano). 
 


Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 08h49m


O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, afirmou nesta sexta-feira (3) que o acordo entre o país e os credores internacionais está ao alcance, independente do resultado do referendo de domingo (5). "Com o 'Sim' ou o 'Não', o acordo está ao alcance", disse em uma entrevista ao canal irlandês RTE.

"Se o 'Não' vencer, posso assegurar que durante esta semana de impasse recebemos algumas propostas muito decentes procedentes da Europa, de forma confidencial, e o acordo está mais ou menos selado", completou.

Varoufakis explicou que as negociações privadas prosseguiram com a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu esta semana, apesar do anúncio de vários líderes europeus de que seria necessário aguardar até depois do referendo.

"Não acredito que seja muito tarde", destacou. O referendo de domingo, que não foi bem recebido em Bruxelas, tem como objetivo saber se os gregos aceitam ou não as exigências financeiras e de reforma dos credores do país, em troca da manutenção da assistência a Atenas. (France Press)



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 08h37m


A parada da travessia marítima Salvador-Mar Grande será maior nesta sexta-feira (3), por força da maré baixa acentuada desta semana. O serviço será suspenso às  9h30 às e só ser retomado às 12h30, uma hora a mais que a parada de ontem. A Astramab informa que, caso ocorra concentração de demanda de passageiros nos terminais devido à parada, horários extras serão disponibilizados, a partir das 12h30,  com as embarcações saindo de 15 em 15 minutos  caso o fluxo de passageiros exija.
 
A falta de condições para atracar embarcações em períodos de maré baixa do Terminal Hidroviário de Vera Cruz   é o que determina as paradas momentâneas do sistema. O canal de navegação do terminal   não tem profundidade suficiente. As condições de navegação na Baía de Todos os Santos são boas nesta manhã, com ventos fracos e mar calmo.   Hoje a última viagem saindo de Mar Grande será às 18h30 e de Salvador, às 20h.
 
Os catamarãs da linha Salvador-Morro de São Paulo operam normalmente. As saídas ocorrem às 8h30, 9h, 10h30, 13h e 14h30. Já do terminal em Morro de São Paulo, os horários são: 9h, 9h30, 11h30, 12h30   e 15h. As passagens podem ser adquiridas no momento do embarque nos guichês do terminal. As escunas que fazem o tradicional "Passeio às Ilhas" da Baía de Todos os Santos também estão em tráfego. O tour pelas ilhas tem tarifa de R$ 40. As escunas saem a partir das 9h e retornam às 17h30.
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 08h24m



Em seu artigo semanal no jornal Correio, o jornalista e economista Armando Avena comenta alguns dos chamados clichês da Bahia e discute a questão das indústria intensivas de capital e a verticalização da orla de Salvador.
 
Avena comenta também a necessidade do Congresso estabelecer uma norma obrigando a apresentação de projeto executivo em obras públicas e os efeitos da cobrança de estacionamento nos shoppings de Salvador. Veja na íntegra.



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 08h22m


A instituição, por lei, de preço fixo para os livros no Brasil pode levar ao fortalecimento da cadeia produtiva do setor, com a democratização do acesso. O assunto foi discutido nessa quinta-feira (2) na 13ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), na abertura da programação da FlipMais.
 
O presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), Marcos da Veiga Pereira, explicou que a proposta é que nos primeiros 12 meses após o lançamento de cada livro, a obra tenha o preço fixado pela editora responsável, com desconto máximo de 10%.
 
De acordo com ele, atualmente ocorre uma depreciação do valor do livro por parte de grandes redes e lojas online, o que prejudica o pequeno e o médio livreiro.

“Se você encontra o varejo vendendo o livro com 40% de desconto, como ocorre hoje, você cria uma situação de competição predatória. O pequeno livreiro, o livreiro médio ou mesmo o grande livreiro, para competir com o varejo online, tem de abrir mão de uma margem que não tem. Ele precisa dessa margem para fazer face a todo o investimento que tem na loja, os funcionários, o acervo, os serviços que presta”. (Agência Brasil)
 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................
03/07 - 08h12m


O preço anunciado dos imóveis em 20 cidades brasileiras teve queda real pelo oitavo mês seguido, de acordo com o Índice FipeZap de junho, divulgado nesta sexta-feira (3). O aumento médio de 0,13% ficou abaixo da inflação esperada de 0,72% para o mês (segundo o Boletim Focus, do Banco Central).
 
No período de 12 meses terminado em junho, os imóveis tiveram aumento nominal de 4,52% nos preços. Foi a sexta vez seguida em que a variação foi menor do que a inflação nessa base de comparação, configurando novamente queda real de preços.
 
Ao fim do primeiro semestre, o Índice FipeZap Ampliado registra um crescimento acumulado em 2015, de 1,38%. No mesmo período, a inflação esperada para o IPCA (IBGE) é de 6,10%. Dessa maneira, o preço médio anunciado do metro quadrado nas 20 cidades pesquisadas ampliou sua queda real para 4,45% em 2015. Em Salvador a variação obtida no acumulado de janeiro a junho foi de 1,8%. 



Facebook Twitter WhatsApp Google+ Bit.ly Addthis
.............................................................................................................................................................................................................................................


Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960