COLUNISTAS

QUAL SERÁ A BASE DA POLÍTICA ECONÔMICA DA PRESIDENTE DILMA NO 2º GOVERNO?

FRASE DO DIA

“Se eu for conversar vou conversar com todo mundo, mas não vou interferir”

Alan Sanches
Deputado estadual falando sobre a possibilidade de ser candidato a presidência da Assembleia Legislativa

CERVEJARIA PETRÓPOLIS AUMENTARÁ CAPACIDADE DE PRODUÇÃO EM 20% COM FÁBRICA NA BA
04/07 - 07:00hs -


A nova unidade fabril da cervejaria Petrópolis em Alagoinhas, a 108 quilômetros de Salvador (BA), terá capacidade de produzir 6 milhões de hectolitros de cerveja por ano. O montante representa um incremento de 20% na atual capacidade instalada do grupo, vice-líder no mercado cervejeiro, atrás da Ambev.

Segundo analistas, a chegada da Petrópolis na região Nordeste é fundamental para assegurar a segunda posição da empresa no ranking. Com apenas quatro fábricas no país, nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, a dona das marcas Itaipava e Crystal guarda distância mínima da concorrente Schincariol (que tem 10,6% de participação em volume, contra 10,7% da Petrópolis).

O diferencial competitivo da Schincariol, que opera 13 fábricas em cinco regiões do país, está justamente no Nordeste, onde o consumo de cerveja se mantém estável ao longo do ano, devido às altas temperaturas.

O espaço tem sido palco da disputa entre Schincariol e Ambev, que tem no portfólio as marcas líderes Skol, Brahma e Antarctica. Uma fábrica na região deve dar novo impulso às vendas da Petrópolis e ao seu "market share", em um mercado em que cada ponto percentual durante um ano vale cerca de R$ 200 milhões, segundo o Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). As informações são do Valor.



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3272 - 2960