COLUNISTAS

A CANDIDATURA DE MARINA SILVA PODE SER BOA PARA A ECONOMIA BRASILEIRA?

FRASE DO DIA

“Provavelmente, vai chover muito em 2015 e vocês reclamarão da chuva, e não da seca. O crescimento internacional vai ter uma melhoria, não só eu estou prevendo isso. [Sem a Copa do Mundo] teremos mais dias úteis e com menos pressão inflacionária”.

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao demonstrar otimismo com a economia em 2015.


BANCO CENTRAL GARANTE INTENSIFICAÇÃO NO CRESCIMENTO ECONÔMICO BRASILEIRO
03/08 - 10:35hs -

 
O Banco Central informou nesta sexta-feira (03) que a economia brasileira tende a se recuperar de maneira mais intensa nesse semestre, mesmo com o atual cenário da crise internacional.

Segundo o boletim divulgado em Salvador pelo BC, medidas recentes adotadas pelo governo, como a redução da taxa básica de juros (Selic) que teve sua mínima recorde de 8% e ainda outra série de medidas para incentivar a produção e o setor industrial, contribuíram para essa intensificação da economia.

"O ritmo de atividade tende a se intensificar neste semestre, sustentado pela demanda doméstica, especialmente, o consumo das famílias, em ambiente de confiança elevada, crescimento da renda e expansão moderada do crédito", diz o documento.

Carlos Hamilton Araújo, diretor de Política Econômica do Banco Central, apresenta o documento em Salvador e logo depois estará numa coletiva de imprensa. (Exame)