COLUNISTAS

QUAL SERÁ A BASE DA POLÍTICA ECONÔMICA DA PRESIDENTE DILMA NO 2º GOVERNO?

FRASE DO DIA

“Sempre tem algum grau de dificuldade, quer dizer, não é dificuldade. Sempre tem um aperto. Como tem o aperto, é preciso tomar medidas saneadoras ou economizadoras para que você possa fechar a conta".

Governador Jaques Wagner ao justificar medidas para conter despesas públicas no final do seu governo.



BANCO CENTRAL GARANTE INTENSIFICAÇÃO NO CRESCIMENTO ECONÔMICO BRASILEIRO
03/08 - 10:35hs -

 
O Banco Central informou nesta sexta-feira (03) que a economia brasileira tende a se recuperar de maneira mais intensa nesse semestre, mesmo com o atual cenário da crise internacional.

Segundo o boletim divulgado em Salvador pelo BC, medidas recentes adotadas pelo governo, como a redução da taxa básica de juros (Selic) que teve sua mínima recorde de 8% e ainda outra série de medidas para incentivar a produção e o setor industrial, contribuíram para essa intensificação da economia.

"O ritmo de atividade tende a se intensificar neste semestre, sustentado pela demanda doméstica, especialmente, o consumo das famílias, em ambiente de confiança elevada, crescimento da renda e expansão moderada do crédito", diz o documento.

Carlos Hamilton Araújo, diretor de Política Econômica do Banco Central, apresenta o documento em Salvador e logo depois estará numa coletiva de imprensa. (Exame)


Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3272 - 2960