COLUNISTAS

QUAIS OS SETORES QUE O GOVERNADOR ELEITO RUI COSTA DEVE MUDAR NA ÁREA ECONÔMICA?

FRASE DO DIA

"Faltou planejamento ao sistema de transporte em Salvador. As linhas aqui são como puxadinhos, foram se estendendo conforme a demanda".

Fábio Mota
Secretário de Urbanismo e Transporte de Salvador

BIOFUNGICIDA QUE COMBATE VASSOURA DE BRUXA SERÁ COMERCIALIZADO ESTE MÊS
05/08 - 11:30hs -


Já começou a ser produzido o primeiro lote do biofungicida capaz de combater a vassoura de bruxa, segundo a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac). O produto deve ser comercializado ainda este mês, e deve custar em torno de R$ 5 o quilo do produto.
 
De acordo com o produtor rural, Guilherme Galvão, que participou dos testes do biofungicida, houve grande melhora nos locais da sua propriedade em que o produto foi aplicado. “Eu usei na propriedade de 18 equitares de cacau de Itajuípe. Fizemos três aplicações no primeiro ano, fizemos três aplicações no segundo e do terceiro fizemos só duas aplicações. Lá melhorou sensivelmente. Eu tenho até hoje um ataque muito pequeno de vassoura”.

A vassoura de bruxa é uma doença causada por um fungo que chegou no Brasil há 20 anos e fez a produção de cacau cair em menos da metade no país.

Conforme o fitopatologista João Costa, o biofungicida atua como parasita do fungo das vassouras de bruxa. “Esse fungo coloniza a vassoura de bruxa competindo por espaço e nutriente com o fungo que está no interior da vassoura seca. Consequentemente o biofungicida não deixa produzir estruturas reprodutivas na vassoura de bruxa. Com isso o fungo da vassoura não tem condições de se perpetuar na natureza”. (G1)




Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3272 - 2960