COLUNISTAS

A CANDIDATURA DE MARINA SILVA PODE SER BOA PARA A ECONOMIA BRASILEIRA?

FRASE DO DIA

“Provavelmente, vai chover muito em 2015 e vocês reclamarão da chuva, e não da seca. O crescimento internacional vai ter uma melhoria, não só eu estou prevendo isso. [Sem a Copa do Mundo] teremos mais dias úteis e com menos pressão inflacionária”.

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao demonstrar otimismo com a economia em 2015.


CONCESSÃO DA FERROVIA SALVADOR-BELO HORIZONTE REFERE-SE À FERROVIA JÁ EXISTENTE
16/08 - 10:25hs -



A ferrovia  Salvador-Belo Horizonte, anunciada ontem em Brasília pela presidente Dilma Rousseff no âmbito do  Plano de Concessões, como objeto de uma nova concessão e investimentos, não é um projeto novo, mas mas refere-se apenas à recuperação e modernização  da Ferrovia Centro-Atlântica, já existente e em pleno funcionamento.

Técnicos do Ministério do Transporte responsáveis pela elaboração do Plano de Concessão de Ferrovias informaram ao Bahia Econômica que a concessão será para operação e modernização,  em sistema idêntico ao da concessão de rodovias, ou seja:  a concessão é feita com a inclusão da duplicação ou modernização dos trechos.

No caso da Salvador-Belo Horizonte, no entanto, já existe uma empresa que detém a concessão e os técnicos do ministério não souberam informar qual o processo será adotado, lembrando que a maioria dos trechos anunciados ainda vão passar por estudos de viabilidade. 

No mapa fornecido pelo MT o traçado da nova ferrovia se sobrepõe ao traçado atual.