COLUNISTAS

NA SUA OPINIÃO, QUAL O CARGO QUE O GOVERNADOR WAGNER DEVE ASSUMIR EM BRASÍLIA?

FRASE DO DIA

“Votamos Utilidades Públicas, norma que ajusta aposentadorias de ex-governadores, quando estes tiverem 30 anos de contribuição na previdência; aprovamos as contas do Poder Executivo dos anos de 2011 e 2012, e houve ainda o ajuste de limites territoriais entre as cidades de Cipó, Tucano e Nova Soure. Portanto, a Casa volta à plena normalidade, com todas as comissões funcionando e exercendo sua missão”.

 Zé Neto (PT) 
Deputado estadual e líder do governo  

BRASKEM INAUGURA FÁBRICA DE PVC EM ALAGOAS
17/08 - 15:47hs -

Carlos Fadigas


A Braskem inaugurou nesta sexta-feira (17) uma fábrica de PVC, construída no município de Marechal Deodoro, em Alagoas. Maior investimento já realizado pela petroquímica em um único projeto no Brasil, a fábrica representa uma nova etapa do objetivo da Braskem de reduzir a dependência nacional por resina importada. O próximo passo pode ser dado no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), polo em construção no município de Itaboraí.

A nova fábrica tem capacidade para produzir 200 mil toneladas anuais de PVC, resina utilizada principalmente na construção civil. O projeto, avaliado em cerca de R$ 1 bilhão, elevará a oferta de PVC da Braskem para aproximadamente 700 mil toneladas e a capacidade nacional (que inclui a concorrente Solvay) para cerca de 1 milhão de toneladas. A demanda doméstica está em aproximadamente 1,1 milhão de toneladas anuais.

A redução da dependência externa, contudo, deve ser momentânea, uma vez que a procura doméstica pela resina deve manter trajetória de crescimento no curto e médio prazos. "Dentro dos próximos três ou quatro anos, acreditamos que a demanda manterá taxa média de crescimento entre 4% e 5% ao ano", disse o vice-presidente da unidade de Vinílicos, Marcelo Cerqueira.

A projeção, se confirmada, pode viabilizar a construção de outra fábrica entre 2016 e 2017, conta Cerqueira. Por isso, a Braskem já analisa alternativas para uma futura expansão, e o Comperj surge como opção, conforme revelado em 2011 pelo presidente da petroquímica, Carlos Fadigas.

A unidade de Alagoas tornará o Estado o maior produtor brasileiro de PVC, desbancando a Bahia, onde a Braskem produz 250 mil toneladas, e São Paulo, onde a concorrente Solvay tem capacidade para produzir 300 mil toneladas anuais.

 



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3272 - 2960