COLUNISTAS

NA SUA OPINIÃO O QUE VAI ACONTECER COM A FIOL E O PORTO SUL?

FRASE DO DIA

“Mesmo com a alteração do cálculo, ainda pagaremos duas vezes mais o que pagávamos há dois anos”.

Luciano Muricy
Presidente da Ademi-BA ao comentar projeto sobre outorga onerosa de Salvador.

NOTÍCIAS
30/05/2015 10:57
SAC MÓVEL VAI ATENDER POPULAÇÃO DO NORDESTE DE AMARALINA

 
 
Moradores do Nordeste de Amaralina, em Salvador, vão poder retirar identidade, carteira de trabalho, primeira via de CPF e certidão negativa de antecedentes criminais, durante o atendimento do SAC Móvel no bairro, nos dias 1º e 2 de junho. Realizada pela Secretaria estadual da Administração (Saeb), em conjunto com a Polícia Militar, a ação integra-se à rede de Bases Comunitárias de Segurança do Programa Pacto pela Vida.
 
O projeto leva à população a oferta dos documentos essenciais para o exercício da cidadania. O caminhão do SAC Móvel (Rota 3) já percorreu oito bairros que possuem Bases Comunitárias, mas a iniciativa atenderá um total de 17 localidades que possuem unidades do Pacto Pela Vida. No Nordeste de Amaralina, a carreta estará situada, a partir das 8 horas, no Centro Social Urbano do bairro, na Rua do Bomboche.

Durante este mês de maio, o SAC Móvel já esteve nos bairros de Itinga, Rio Sena, São Caetano, Calabar, Águas Claras, Bairro da Paz, Fazenda Coutos e Uruguai, e prestou 3537 atendimentos. Após a ação no Nordeste de Amaralina, a carreta do SAC irá se instalar no bairro da Santa Cruz (4 e 5) e na Chapada do Rio Vermelho (8 e 9). 


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 10:34
RECEITA DE IMPOSTOS CAI 3,5% NO 1º TRIMESTRE DE 2015 E EXPÕE CRISE NAS FINANÇAS



A queda de 1% no  PIB baiano no primeiro trimestre de 2015 em comparação com mesmo período de 2014, mostra a economia baiana está submetida a uma forte desaceleração em todos os setores, inclusive na administração pública, com a única exceção da Agropecuária.

O PIB da Administração Pública  na Bahia, que representa cerca de 20% do PIB baiano,  caiu 1,4% percentual bem maior que o verificado ao nível nacional de 0,1%.  Já a receita de impostos sobre produtos caiu 3,5%, queda muito maior que a verificada a nível nacional de 1,6%.  

O desempenho dos setores que são os maiores contribuintes de impostos explica a preocupante situação das finanças estaduais, a exemplo da produção de refino de petróleo que caiu 40%,  devido a quase dois meses de paralização na produção, decorrente de problemas técnicos na unidade de Landulfo Alves.  E a produção de eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana caiu 12%.

Veja Também:  PIB baiano cai 1%, com forte queda nos principais setores

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 10:31
PREÇO DA ENERGIA FICA ABAIXO DO TETO EM 3 REGIÕES PELA 1ª VEZ NO ANO

 
 
O valor da energia elétrica no mercado de curto prazo, dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), ficou abaixo do teto nas regiões Sudeste, Sul e Nordeste pela primeira vez no ano, mas as chamadas bandeiras tarifárias continuarão vermelhas em junho, indicando ainda custos elevados na geração, segundo informações divulgadas pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).
 
Para a CCEE, o PLD para a próxima semana foi fixado em uma média de R$ 370,41 por megawatt-hora (MWh) em todos os submercados do país, abaixo do teto de R$ 388,48. Um fator que pesou para a redução no PLD foi o armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas, equivalente a 1,3 mil MW médios acima do previsto em todo o sistema.
 
Apesar disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira a manutenção das bandeiras tarifárias vermelhas para o mês de junho, que indicam custo maiores na geração e levam a um acréscimo, nas contas dos consumidores, de R$ 5,50 para cada 100 quilowatts-hora utilizados.
 
A demanda por eletricidade no Sistema Interligado Nacional (SIN) deve subir apenas 0,3% em junho ante mesmo mês de 2014, puxada pela alta de 6,5% no Nordeste, estimou nesta sexta-feira relatório do Operador Nacional do Sistema (ONS). Enquanto a carga no Nordeste deve subir 6,5%, a do Sudeste/Centro-Oeste, principal consumidora de energia do país, deve ver recuo de 1,6%, segundo o relatório Informe do Programa Mensal de Operação, divulgado semanalmente.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 10:10
ARNOLD SCHWARZENEGGER PEDALA NA ORLA E CURTE PASSEIOS NO RIO

 
 
Arnold Schwarzenegger aproveitou a tarde desta sexta-feira, 29, no Rio, se exercitando na orla da Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. O astro do cinema pedalou aparentemente acompanhado de um segurança. Ele está no Brasil para participar de sua feira fitness, a Arnold Classic Brasil 2015, que começou hoje no Riocentro.
 
Após o passeio de bike, ele participou de entrevista coletiva para promover seu evento e se declarou para o Brasil: "Amo esse país". E o dia do fortão não acabou por aí. No início da noite, ele levou a namorada, Heather Milligan, para jantar em um Shopping da cidade.
 
No ano passado, quando esteve no país para o mesmo evento, Schwarzenegger foi visto passeando em um shopping e comprando presentes. Na feira deste ano, musas fitness como Gracyanne Barbosa e Juju Salimeni já marcaram presença.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 10:03
BAHIAFARMA AMPLIA PRODUÇÃO E PREPARA POLO FARMOQUÍMICO NO ESTADO

 
 
Com um faturamento de mais de R$ 80 milhões até o próximo ano, com o fornecimento de dois medicamentos ao Sistema Único de Saúde (SUS), a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) já prepara a ampliação do portifólio para diminuir a dependência de fármacos importados, gerando economia para a Bahia. 
 
Até o início de 2016, a Bahiafarma vai distribuir para o SUS mais de 56 milhões de comprimidos de Cloridrato de Sevelâmer, indicado para doença renal crônica, e mais de dois milhões de unidades de Cabergolina, utilizado por mulheres com disfunções hormonais. No total, os lotes fornecidos pela Bahiafarma a preços menores que os praticados no mercado representam uma economia estimada em R$ 33 milhões, o equivalente a 50% das aquisições desses remédios pelo Ministério da Saúde.
 
A produção, em parceria com uma indústria privada, contempla transferência de tecnologia para a unidade industrial da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que já trabalha na fabricação de outros tipos de medicamentos e será a primeira fábrica de imunobiológicos do Nordeste. 
 
Segundo o diretor-geral da Bahiafarma, Ronaldo Dias, a garantia da capacidade de entrega possibilita a ampliação dos produtos fornecidos ao ministério e a atração de empresas, formando um polo farmacêutico. “A Bahiafarma é um indutor desse processo e, atuando com um portfólio diversificado, pode ser um facilitador de mão de obra qualificada, laboratórios certificados e parcerias com outros laboratórios que chegarem”.
 
O diretor acrescenta que a ideia é produzir também kits diagnósticos, além de próteses, órteses e válvulas cardíacas. As projeções estimam que, apenas na unidade industrial da Bahia, o número de postos de trabalho seja ampliado dos atuais 40 para 400 empregos gerados.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 10:01
ARGENTINA E BRASIL SE APROXIMAM DE NOVO ACORDO AUTOMOTIVO

 
 
Buscando uma maior aproximação econômica a Argentina e Brasil podem estar perto de  acertar um novo acordo automotivo, em meio a amplas negociações envolvendo um setor que é chave para as economias de ambos os países e próximo do vencimento do acordo vigente.
 
O setor automotivo representa quase a metade do comércio entre os dois principais membros do Mercosul. O comércio bilateral no primeiro quadrimestre somou cerca de 8 bilhões de dólares.
 
"Temos tido avanços substanciais, resta colocar um número, mas estamos próximos", disse em Buenos Aires o ministro da Economia da Argentina, Axel Kicillof, a jornalistas junto com chanceleres dos dois países.

O acordo vigente até agora estabelece que por cada dólar que a Argentina exporte ao Brasil em bens da indústria automotiva, o país poderá importar 1,5 dólar do Brasil, em uma relação conhecida como "flex".

A indústria automotiva atravessa um momento de crise em ambos os países. No Brasil, as vendas de veículos novos de janeiro a abril despencaram 19% sobre o mesmo período do ano passado, enquanto a exportações do país, que tem a Argentina como principal cliente automotivo, acumularam queda de 18,9%.

Enquanto isso, a produção de veículos da Argentina caiu 21,1% em abril sobre um ano antes, com as exportações recuando 34,6%.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:39
APENAS 2,6% DOS MUNICÍPIOS CONCLUÍRAM ELABORAÇÃO DO PLANO DE EDUCAÇÃO

 

 
Nos últimos dois meses, a quantidade de municípios que já cumpriram a tarefa de elaborar um plano municipal de educação para a próxima década cresceu mais de três vezes. Entretanto, o número representa só 2,6% do total. Um levantamento feito pelo portal Globo.com em 23 de março registrou que só 46 dos 5.570 municípios brasileiros haviam finalizado o plano. À época, o total era de 0,8%. Nova consulta, feita em 28 de maio, a menos de 30 dias do fim do prazo, mostrou que esse número subiu para 150. Segundo o Plano Nacional de Educação aprovado pelo Congresso em 2014, o prazo para que todos os municípios cheguem ao fim dessa tarefa termina em 24 de junho.
 
A elaboração do plano segue uma série de etapas, que vão desde a criação de uma comissão especial para o tema até a aprovação da lei municipal, passando por etapas de avaliação e diagnóstico e de consulta à população. Atualmente, só dois municípios brasileiros (Dourado, em São Paulo, e Brejo Grande, em Sergipe) ainda não começaram o trabalho, ou seja, não criaram a comissão responsável por elaborar o plano.
Dos demais municípios, 10,4% já formaram a comissão, 19,1% já elaboraram o diagnóstico exigido pelo processo, 28,8% já formularam um documento-base do projeto, e estão na fase da consulta pública do plano.
Outros 39% finalizaram a consulta, e agora precisam cumprir as etapas que competem ao Poder Legislativo: apresentar a lei aos vereadores, que devem debater e votar sobre o assunto. O passo final é a sanção da lei. Mas apenas em sete dos 26 estados mais da metade dos municípios já chegou à fase final. No Distrito Federal só há um município, Brasília. Lá, o plano atualmente está nas últimas etapas legislativas.
 
O possível descumprimento da meta por parte dos gestores não está diretamente relacionado a multas ou outras punições. Embora o PNE tenha sido aprovado há nove meses e suas regras e metas já estejam valendo, ainda não há uma regulamentação que especifique responsabilidades para os gestores que descumprirem os prazos e metas. Porém, segundo o MEC, os gestores estão submetidos a possíveis ações civis públicas, caso não sigam a legislação vigente.
 
Nos últimos dois meses, avançou também o número de estados que já elaboraram seu plano estadual de educação. Até 28 de maio, todos os estados já tinham criado a sua comissão, e feito o diagnóstico inicial da rede. Atualmente, 12 estados estão na fase de ouvir a população sobre o documento-base: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo. Outros 12 estados já estão nas etapas de criação, debate e aprovação da lei: Distrito Federal, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Desde 23 de março, o número de municípios que já finalizaram todas as etapas continua o mesmo: três (Maranhão, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul). Os estados que mais avançaram nos últimos dois meses foram Sergipe e Paraná, que no fim de março só haviam criado a comissão, e atualmente já estão na parte legislativa do processo.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:19
MP RECOMENDA QUE A BAHIATURSA SUSPENDA SELEÇÃO DE ARTISTAS

 

 
O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) pediu controle de gastos na programação do São João pelo interior da Bahia. O edital foi lançado no dia 23 de maio e prevê a seleção de 170 projetos com valores que podem variar de R$ 20 mil a R$ 100 mil. alcançando o montante de R$ 17 milhões.
 
A recomendação foi assinada pelas promotoras Rita Tourinho e Patrícia Medrado, do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (Gepam). Elas pedem a demonstração da razoabilidade dos gastos frente ao orçamento do Estado, que deve ser remetida no prazo de cinco dias úteis. As promotoras ainda classificam os "critérios de avaliação técnica" previstos no edital de seleção pública para celebração dos convênios como não objetivos, o que, segundo elas, também comprometerá a fixação dos valores dos convênios.
 
As promotoras consideram que a minuta disponibilizada pela Bahiatursa referente ao 'Projeto para Celebração de Convênios São João da Bahia 2015', no que diz respeito às metas financiadas, não exige a apresentação de orçamento detalhado, conforme exigido em lei estadual.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:14
BAHIA DERROTA PARANÁ E VIRA LÍDER DA SÉRIE B

 
 
O Bahia começou sonolento no jogo e só acordou depois de chacoalhões de um Paraná sempre desperto na noite desta sexta-feira, 30, na Fonte Nova. Até deu uns cochilos, mas ganhou por 1 a 0 e dorme como líder da Série B do Campeonato Brasileiro.
 
Neste sábado, o pernambucano Náutico, com um ponto a menos, tem a chance de recuperar o topo no Maranhão, contra o Sampaio Corrêa, também pela quarta rodada.
 
Apesar do apoio de quase 20 mil torcedores, o Tricolor de Aço não foi bem. Mostrou-se disperso, errou muitos passes. O atacante Léo Gamalho até desperdiçou pênalti. Na próxima semana, o Esquadrão emendará duas partidas fora de casa. Terça-feira, contra o Macaé. Sábado, diante do Bragantino.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:10
BANCOS DEVEM REDUZIR JUROS DA CASA PRÓPRIA

 
 
O volume de crédito concedido para a compra da casa própria deve aumentar e os juros dos financiamentos desta operação podem cair em função das novas regras de estímulo ao setor imobiliário definidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) na noite da quinta-feira.
 
Entre as medidas anunciadas, a de maior impacto é a liberação de R$ 22,5 bilhões do depósito compulsório sobre a poupança, fatia dos recursos captados pelas instituições financeiras via caderneta de poupança e que fica parada no Banco Central. No Brasil, o financiamento habitacional é feito majoritariamente com os recursos da poupança que, neste ano, apresenta maior volume de saques que de depósitos. 

O Bradesco afirmou, ontem, que estuda reduzir os juros no crédito imobiliário com recursos da poupança na tentativa de rentabilizar os R$ 4 bilhões que terá de folga de capital com as novas regras, segundo Domingos Figueiredo de Abreu, diretor vice-presidente do banco. Hoje, a taxa mínima cobrada nas linhas do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), conforme ele, é de 9,8%.

Além disso, aumentou os juros por duas vezes. O Banco do Brasil informou que ainda avalia as medidas anunciadas pelo CMN. O BB, embora tenha seguido a Caixa e elevado os juros no crédito imobiliário, é um ponto fora da curva neste segmento. Por ter entrado mais tardiamente neste setor, adootou mudanças nas condições, mas, ao contrário dos demais bancos, foram para facilitar a contratação de crédito.

O banco, que financia até 80% do valor do imóvel, ampliou o prazo de 360 para 420 meses, aumentou as possibilidades de escolha dos sistemas de financiamento e ainda implantou uma metodologia de flexibilização de taxas de juros.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:08
TIAGO LEIFERT DIZ QUE ESTÁ TREINANDO PARA TER FILHO

 

 
Tiago Leifert divertiu muito o público quando participou do quadro Ding Dong ao lado de Mariana Santos no palco do Domingão! Nos bastidores, o apresentador conversou rapidamente com o Gshow sobre a família, a possibilidade de ser pai e mostrou até a tatuagem que fez para a sobrinha no braço direito. Assista ao vídeo!
 
"Eu e Daiana estamos praticando no momento para ter filho, a gente está tentando. Se acontecer, aconteceu, não é a gente que escolhe essas coisas", explicou Tiago, que ainda revelou que a mulher é ciumenta: "Ela é bastante, eu não sou muito, não. Ela não tem motivo para ser ciumenta, eu trabalho de 6h30 até 21h, nem se eu quisesse fazer alguma coisa, daria tempo".



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 09:01
RECEITA COBROU MAIS DE R$ 4 BILHÕES DE 96 ENVOLVIDOS EM FRAUDES NO FUTEBOL

 

 
A Receita Federal informou, por meio de nota, que desde 2002 investiga fraudes ligadas ao futebol. Segundo o comunicado, o Fisco identificou e autuou pessoas físicas e empresas que mantêm relações comerciais com entidades responsáveis pela organização do esporte no país, de âmbito nacional ou regional. A revelação foi feita dois dias após a Justiça americana determinar prisões de dirigentes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) envolvidos em um grande esquema de corrupção. Entre os detidos está o vice-presidente da Confederação Brasileira do Futebol (CBF), José Maria Marin, que foi afastado do cargo.
 
“Foram realizadas três operações especiais de fiscalização desde 2002, onde foram investigadas 96 pessoas físicas e jurídicas. Essas auditorias resultaram em cobrança de tributos, multas e juros no valor de R$ 4,47 bilhões”, diz a nota. A Receita destacou que algumas pessoas citadas na recente operação promovida no âmbito do Poder Judiciário dos Estados Unidos estão na lista de autuações aplicadas no Brasil. O Fisco diz que, em função do sigilo fiscal, não pode informar os nomes dos envolvidos.

A Receita Federal brasileira entrou em contato com a americana, para conhecer a operação promovida contra pessoas ligadas à Fifa, que incluiu vários brasileiros. 


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 08:39
DILMA DIZ QUE SOCIEDADE ESTÁ MUITO CONSERVADORA

 

 
Em evento do PCdoB, em São Paulo, na qual foi a estrela principal, a presidente Dilma Rousseff (PT) advertiu que há um conservadorismo muito perigoso na sociedade brasileira. E se posicionou novamente contra a maioridade penal. "Penalize o adulto, mas resolver a questão da violência do menor com internação em prisões, não resolve."
 
No discurso de pouco mais de uma hora, a presidente lamentou a queda da CPMF, derrubada no Congresso Nacional, na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o apoio dos parlamentares do PSDB. E disse que a destinação de 25% do fundo do pré-sal para a saúde não dá para muita coisa. Neste momento, alguém da plateia gritou: "CPMF neles!" e ela riu e disse: "Não sou eu quem está dizendo."

Ao criticar o conservadorismo presente no País, voltou a elogiar o PCdoB, dizendo que eles sabem o que é prioridade. E defendeu sua gestão: "Posso garantir que a agenda do meu governo é popular, inclusiva, e tenho discutido o ajuste fiscal de forma equilibrada, com justiça. Tenho certeza que posso continuar contando com o PCdoB, quero a militância ao meu lado."

No final do discurso, disse que não se sente sozinha no Palácio do Planalto. "Sozinha me sino dentro de uma cela", emendou, em resposta a algumas críticas de que vive 'encastelada' na sede do executivo federal.

A vinda de Dilma para o evento do PCdoB não estava na agenda prévia do Palácio do Planalto, foi decidida na tarde de hoje, 29. No início do discurso, ela disse que ficou muito honrada e comovida pelo convite. "Neste convite tem toda confiança recíproca que eu tenho em vocês e queria muito que vocês tenham em mim."


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 08:19
DILMA NEGA QUE ESTEJA PENSANDO EM AUMENTAR IMPOSTOS

 
 
Depois de receber críticas de membros do PT de que houve falha na sua comunicação para explicar o ajuste fiscal para a população, a presidente Dilma Rousseff, em evento promovido pelo PCdoB, em São Paulo, afirmou na noite desta sexta-feira, 29, que o governo "não está aumentando impostos". "Conseguimos aprovar as MPs que precisávamos e agora precisamos aprovar o PL que reduz a desoneração da folha, mas nós não estamos com isso aumentando imposto", afirmou.
 
Segundo Dilma, MPs 664 e 665, que alteram benefícios trabalhistas, são apenas "correções de rumo", mas o projeto de lei das desonerações é "crucial" para o sucesso do ajuste fiscal do governo. "Esse projeto é crucial e é ele que dá a maior parcela do ajuste", afirmou. A presidente lembrou que o projeto gerou perdas de R$ 25 bilhões em arrecadação e que o projeto, se aprovado, vai reduzir as perdas para R$ 12 bilhões.

Dilma garantiu que o governo vai manter seus projetos sociais, como o Minha Casa, Minha Vida. E reforçou que política de subsídios do governo não acabou, apenas terá uma menor escala. "Agora temos que reequilibra o fiscal", reforçou.

Apesar de reconhecer que o país enfrenta um momento difícil, Dilma afirmou que o Brasil vai continuar avançando e os resultados vão aparecer. "Há uma agenda de futuro simultaneamente a do ajuste fiscal", afirmou, ressaltando que essa agenda ainda está sendo construída e que ela deve ser feita de forma "cuidadosa". "O Brasil vai continuar avançando, em que pese toda a dificuldade e turbulência politica provocada pelo
acirramento do que foi essa terceira eleição", disse, para depois corrigir: "A quarta, pois a terceira foi mansa".



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
30/05/2015 08:01
CONSTRUTORA MENDES JÚNIOR TEM PATRIMÔNIO DE R$ 137 MILHÕES BLOQUEADOS

 

 
O Ministério Público Federal (MPF) divulgou, ontem(29), que a Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 137.526.767,64 do Grupo Mendes Júnior e de cinco executivos da empresa, investigados na Operação Lava Jato.
 
Esses valores se somam a outros bloqueios já determinados pela Justiça Federal a outras empresas e réus da operação. Só em relação às empreiteiras, já há quase R$ 1 bilhão bloqueado. Os valores, segundo o MPF, são referentes a 1% dos contratos firmados entre a Mendes Junior e a Petrobras, além de três vezes esse valor, a título de multa civil. Ainda conforme a procuradoria, os réus têm prazo de 15 dias para apresentar à Justiça quais bens estão disponíveis e desimpedidos para serem penhorados.
 
Segundo o MPF, a Justiça Federal considerou que houve o pagamento de propinas no valor de 1% nos contratos das empreiteiras com a Petrobras – dinheiro destinado à diretoria de Abastecimento, comandada na época dos desvios por Paulo Roberto Costa.
 
O bloqueio tem carater liminar (provisório) e seu objetivo é garantir o pagamento de eventuais multas por parte dos investigados, em caso de condenação. Além das empresas investigadas, em abril houve bloqueio de R$ 120 milhões de contas bancárias de pessoas investigadas na operação. Veja os valores bloqueados de empresas investigadas na Lava Jato: Galvão Engenharia: R$ 302.560.926,48, Camargo Corrêa e Sanko Sider: R$ R$ 241.541.922,12, Queiroz Galvão: R$ 163,5 milhões, Engevix: R$ 153.957.199,60, Mendes Júnior: R$ 137.526.767,64


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
29/05/2015 20:00
DILMA FAZ NOVA INDICAÇÃO PARA OEA APÓS REJEIÇÃO DE PATRIOTA


A presidenta Dilma Rousseff submeteu ao Senado Federal o nome do diplomata José Luiz Machado e Costa para a vaga de representante do Brasil na Organização dos Estados Americanos (OEA). A indicação foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Na semana passada, o plenário do Senado rejeitou a indicação do embaixador Guilherme Patriota para a vaga. Irmão do ex-ministro de Relações Exteriores Antonio Patriota, o diplomata teve 38 votos contra e 37 a favor de sua indicação. Para ser aprovado pelo Senado são necessários 41 votos a favor.

Na mesma edição do Diário Oficial da União, a presidenta indicou os nomes para os cargos de embaixadores do Brasil em Moçambique (cumulativamente com Suazilândia e Madagascar), no Iraque, na Dinamarca, Lituânia, Espanha e no Principado de Andorra, na China, Mongólia, em Honduras e Botsuana. As informações são da Agência Brasil.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
29/05/2015 19:10
FIESP ESTIMA QUE PIB DEVE RECUAR AINDA MAIS ATÉ O FIM DO ANO


A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) informou, por meio de nota, não ter sido surpreendida com o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre, divulgado hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A entidade estimou que a economia do país deverá recuar ainda mais no segundo trimestre, com o PIB devendo fechar o ano com uma redução de  2% e a indústria 5%.

“Os dados do IBGE confirmam o que nós já sabíamos. O primeiro trimestre foi ruim, mas o mais grave é que a situação não para de piorar. Os indicadores do segundo trimestre, tanto do IBGE quanto da Fiesp, mostram um agravamento da retração”, disse, em nota, o presidente da Fiesp e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Paulo Skaf.

Os dados das Contas Nacionais Trimestrais, divulgados esta manhã pelo IBGE, mostram que no primeiro trimestre deste ano o PIB registrou uma redução de 0,2% na comparação com o trimestre anterior, quando a economia cresceu 0,3%. Nos três primeiros meses deste ano, o PIB ficou em R$ 1,4 trilhão. Os dados mostram ainda que, quando comparado com o primeiro trimestre de 2014, o PIB do primeiro trimestre deste ano caiu 1,6%, a maior redução desde o segundo trimestre de 2009 (-2,3%).

“Nesse cenário de forte retração, o governo ainda defende o aumento da arrecadação sobre a indústria, ampliando em 150% a alíquota de contribuição previdenciária sobre o faturamento. A necessidade do ajuste fiscal é inquestionável, mas o governo tem que fazê-lo a partir do corte dos seus gastos, e não do aumento dos impostos para a sociedade”, destaca a nota. As informações são da Agência Brasil.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
29/05/2015 18:58
GOVERNO AUTORIZA INVESTIMENTOS DE R$ 105 BILHÕES PARA ESTATAIS EM 2015

 

 
O governo federal autorizou o limite, para empenho, de R$ 105,86 bilhões no orçamento federal para investimento das empresas estatais neste ano. Apesar de estes valores de investimentos estarem autorizados, isso não quer dizer que eles serão necessariamente gastos em 2015. Em 2014, por exemplo, a lei orçamentária autorizou investimentos de R$ 105,6 bilhões. Entretanto, o valor gasto pelas estatais com investimentos ficou em R$ 95,5 bilhões - o menor nível em três anos.
 
De acordo com portaria do Ministério do Planejamento, publiada no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (29), o orçamento de investimento das empresas estatais contempla a
execução de obras e serviços em 320 projetos e 263 atividades. Do valor autorizado, R$ 24,56 bilhões foram gastos até abril, informou o governo.
 
"Este  total engloba  as programações  de 68 empresas estatais federais, sendo 62 do setor produtivo e 6 do setor financeiro. Não foram computadas as entidades cujas programações constam integralmente dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social, nem aquelas que não programaram investimentos", acrescentou o Ministério do Planejamento.
 
No ano passado, os investimentos das empresas estatais somaram R$ 95,5 bilhões, o que representa uma queda de 15,8% em relação ao valor gasto em 2014 (R$ 113,54 bilhões), de acordo com dados do Ministério do Planejamento. O valor do ano passado ficou abaixo, até mesmo, do valor das despesas com investimentos realizadas pelas empresas estatais em 2012 (R$ 97,96 bilhões). Foi, portanto, o menor valor desde 2008 (R$ 82,46 bilhões).



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
29/05/2015 18:38
BOVESPA FECHA EM QUEDA DE MAIS DE 2% COM BANCOS E CENÁRIO EXTERNO

 
 
A Bovespa fechou em forte queda nesta sexta-feira (29), pressionada por ações de peso como as do setor bancário, após medidas de estímulo à concessão de financiamento habitacional. Os negócios também foram impactados por baixa dos mercados externos, sem que o resultado melhor que o esperado do PIB brasileiro no primeiro trimestre animasse investidores.
 
O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, fechou em queda de 2,25%, aos 52.760 pontos.Veja a cotação. Foi a maior queda desde 1º de abril, quando o pregão fechou em 52.321 pontos, queda de 2,29%. Na semana, a Bolsa acumulou queda de 2,97%, e no mês, de 6,17%. Já no ano, há valorização acumulada de 5,51%.
 
As bolsas norte-americanas recuavam, após a economia dos Estados Unidos contrair no primeiro trimestre, e as europeias fecharam no vermelho, com sinais conflitantes das negociações sobre a dívida da Grécia.
 
Por aqui, apesar de a economia brasileira ter contraído 0,2% no primeiro trimestre ante os últimos três meses do ano passado, menos que os 0,5% esperados, o mercado não se animou, já que o resultado ainda indicou atividade econômica fraca.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
29/05/2015 18:35
CBF: DEL NERO NEGA QUE TENHA ASSINADO CONTRATOS SUSPEITOS


O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, negou hoje (29), em entrevista coletiva na sede da entidade, no Rio, que tivesse conhecimento de propinas nos contratos da CBF e negou ter assinado algum deles durante a administração do ex-presidente da entidade, José Maria Marin.

“Nenhuma participação, nenhum contrato eu assinei na administração do presidente José Maria Marin”, garantiu Del Nero, completando que a função dele, como vice-presidente da CBF, enquanto Marin estava no comando da entidade, era seguir as orientações da presidência.

O dirigente informou que os contratos vão ser analisados, mas de antemão não se pode afirmar que eles não estão corretos e, por isso, precisam ser revistos: “A conclusão a que a diretoria chegou é a seguinte e eu apoio: nós temos que analisar todos os contratos”.

O presidente disse que a entidade atravessa um momento difícil por causa do envolvimento do ex-presidente e atual vice-presidente José Maria Marin nas acusações do governo norte-americano de recebimento de propinas em contratos da CBF, a pedido do qual ele foi preso na Suíça antes do Congresso da Federação Internacional de Futebol (Fifa) que reelegeu o presidente Joseph Blatter para o quinto mandato seguido de quatro anos. As informações são da Agência Brasil.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ...5122     Total: 102422



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960