COLUNISTAS

NA SUA OPINIÃO QUE SETOR DA ECONOMIA BAIANA VAI SOFRER MAIS COM A CRISE?

FRASE DO DIA

"Como que o governo envia o projeto de lei com a renegociação, consegue aprovar no Congresso, sanciona em lei e agora se recusa a regulamentar? A judicialização é o único caminho hoje"

Paulo Ziulkoski
O presidente da Confederação Nacional dos Prefeitos (CNP), falando sobre a política de Dilma no repasse de recursos para os Municípios
NOTÍCIAS
28/03/2015 10:01
JANINE DEFENDE EDUCAÇÃO SEM CURRÍCULOS RÍGIDOS


Escolhido por Dilma Rousseff para comandar o Ministério da Educação, o filósofo Renato Janine Ribeiro tem ideias avançadas para o setor. Ele discorreu sobre elas num artigo veiculado há quatro meses na coluna semanal que mantém no jornal ‘Valor Econômico’.

Defendeu, por exemplo, a tese segunda a qual a educação deveria deixar de seguir currículos rígidos, tornando-se mais prazerosa e criativa. Para o novo ministro, não se pode entender o mundo moderno sem levar em conta o seguinte: “a educação não termina no último dia do ensino profissional ou do curso superior - nem nunca.” Janine avalia que certos diplomas, como o de médico, poderiam ser “concedidos com exigência de atualização” em prazos pré-determinados. Ministradas em “cursos avaliados”, essas atualizações seriam “obrigatórias, previstas em lei”.

Janine defende também a criação de “um crescente leque de cursos abertos, sem definição profissional, que aumentarão incrivelmente a qualidade da vida dos alunos.” Ele explicou: “Para cada curso de atualização em genoma para profissionais de saúde, haverá dezenas sobre filmes de conflitos entre pais e filhos, de aprendizado com religiões distantes, de arte em videogames, destinados a cidadãos em geral, de qualquer profissão - e a lista não acaba.”

O escolhido de Dilma deu exemplos do que pode suceder num sistema educacional que inclua os cursos abertos: “Quem cresceu num meio limitado pode descobrir que o sentido de sua vida é a fotografia (como o jovem favelado que é o narrador do filme ‘Cidade de Deus’): um artista se revela. Ou um menino sensível, alvo de ‘bullying’ na escola, descobre que é homossexual e que não está sozinho no mundo: um ser humano se liberta da ignorância que o prendia. Assim, a cultura aumenta seu próprio contingente – com a descoberta de novos artistas – mas, acima de tudo, amplia a liberdade humana”. As informações são do Blog do Josias.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 09:43
NOVO CÁLCULO MELHORA RELAÇÃO DÍVIDA/PIB


Com a mudança na metodologia para calcular o Produto Interno Bruto (PIB), que gerou revisões para cima do resultado nos últimos anos, os indicadores de solvência do Brasil melhoraram de forma substancial, disse o economista-chefe da consultoria LCA, Braulio Borges.

Segundo ele, a dívida bruta como proporção do PIB atingiu 63,5% em 2014 antes da adoção do atual método, mas agora deve baixar para 58,9%. Nesse contexto, ele avalia que, em 2015, esse passivo do governo deverá baixar de 65% para 61%.

"O patamar menor da dívida bruta diminui o risco de o Brasil perder o grau de investimento pelas três principais agências internacionais de rating", disse. "A Moody's, por exemplo, já deixou explícito que o nível de 70% da dívida bruta em relação ao PIB poderia provocar a perda da nota soberana. No caso da agência, pode ser que rebaixe o País em uma nota neste ano. Mas não acredito que faria uma nova redução de rating, o que levaria a retirar o grau de investimento", acrescentou.

De acordo com Borges, a revisão para cima do PIB nos últimos anos eleva o PIB potencial de longo prazo, que considera ser de cinco anos à frente. Ele acredita que subiu de 2,3% para perto de 2,7% o nível do crescimento da economia que não causa pressões expressivas sobre a inflação. "Mas, mesmo com a nova metodologia do PIB, 2015 será um ano de retração, que deverá registrar um recuo próximo a 1%", comentou Borges.

Na avaliação do economista, um dos principais fatores que definirão esse desempenho desfavorável do PIB neste ano será uma queda de 4% a 5% da construção civil. "Isso deverá ser provocado por vários elementos, como ajuste fiscal, alta dos juros pelo Banco Central, impactos da Operação Lava Jato para o setor e o fim do boom de construção que ocorreu por vários anos até meados de 2013, o que está relacionado a um ciclo econômico em desaceleração."

 
.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 09:02
RUI COSTA ENTREGA OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCOSTAS E TÍTULOS DE TERRA


As obras de contenção de encostas realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) já atenderam milhares de moradores em Salvador e serão entregues pelo governador Rui Costa neste domingo (29).

A solenidade, marcada para as 8h, no Loteamento Condor, localizado na Via Regional (Águas Claras), contará também com as presenças do secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, e do presidente da Conder, José Lúcio Machado.

A ação faz parte do Programa de Contenção de Encostas lançado pelo Governo do Estado e, neste primeiro grupo, inclui intervenções nas seguintes localidades: Rua Marisol e Loteamento Prof. João de Barro, em Cajazeiras, além das ruas São Rafael, em Pau da Lima/São Marcos, e 12 de Julho, em Castelo Branco/Pau da Lima. No total, o programa contempla quatro grupos de encostas em 98 áreas de risco alto e muito alto identificadas no Plano Diretor de Encostas da capital.

Ainda na manhã de domingo (29), às 10h, o governador Rui Costa também participa, no Colégio Polivalente do Uruguai, da solenidade de entrega de 780 títulos de terra (regularização fundiária) às famílias que moram na região de Alagados, nas seguintes localidades: Massaranduba, Joanes, Mangueira, Uruguai e Novos Alagados.

Também no domingo (29), Rui Costa participa das comemorações pelo aniversário da Associação Fábrica Cultural. O evento será às 16h, no Mercado Iaô (fim de linha da Ribeira), onde o governador será recebido pela cantora Margareth Menezes, presidente da associação.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 08:40
GOVERNO INVESTIRÁ MAIS R$ 7,9 MI NA REQUALIFICAÇÃO DA FEIRA DE SÃO JOAQUIM


Mais R$ 7,9 milhões serão investidos pelo Governo do Estado na primeira fase das obras da Feira de São Joaquim, de acordo com o secretário estadual do Turismo, Nelson Pelegrino.

Com o novo aporte de recursos, os investimentos representam mais de R$ 40 milhões na requalificação da feira, que é um dos atrativos turísticos de Salvador.

O edital de licitação foi publicado no Diário Oficial do Estado, do dia 24 de março, e prevê a construção do pavilhão para substituir o que foi condenado e demolido. A conclusão da etapa, que inclui obras já realizadas de saneamento, construção de novo cais, dragagem e pavimentação, permitirá também a entrega de boxes e balcões a 250 feirantes.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 08:34
EXPORTAÇÕES BAIANAS CAEM HÁ 3 ANOS SEGUIDOS E VOLTAM AO PATAMAR DE 2010

 



As exportações baianas estão caindo desde de 2012 e podem retroceder ao montante exportado em 2010. Em 2011, as vendas externas do Estado atingiram 11,2 bilhões de dólares e foram se reduzindo gradualmente até chegar ao montante de US$ 9,3 bilhões, em 2014,  bem próximo ao montante exportado em 2010.

A redução das exportações deve-se a vários fatores, destacando-se a queda no preços da commodities agrícolas e industriais, que tem forte peso no comércio exterior baiano, a queda das vendas externas da Petrobras e redução em setores como papel e celulose, metalurgia e outros.

A deficiência na infraestrutura, especialmente portuária, também tem contribuído para quedas no comércio exterior. Mesmo a alta do dólar, verificado no primeiros meses de 2015, não vem conseguindo dinamizar as exportações, que tiveram queda de mais de 20% no acumulado em janeiro e fevereiro, em relação ao mesmo período de 2014.

Ontem a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais – SEI, divulgou os resultados do PIB baiano em 2014, indicando uma queda de 7,75% nas exportações em relação a 2013. 

 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 08:11
TOMBINI ARTICULA NO SENADO PARA EVITAR REJEIÇÃO A NOVOS DIRETORES DO BC


A crise instalada na articulação política do Palácio do Planalto está levando o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, seguindo os passos do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a negociar diretamente com o Senado a votação dos nomes escolhidos para duas diretorias da autoridade monetária.

Fontes revelaram que Tombini iniciou as conversas na última terça-feira depois de ter participado de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O presidente do BC já encaminhou ao Planalto os nomes de Tony Volpon para ocupar diretoria de Assuntos Internacionais e de Otávio Ribeiro Damaso para a área de Regulação.

Cabe à Casa Civil pré-aprovar os nomes antes de levá-los ao Senado. Antes, porém, Tombini está ligando pessoalmente para senadores com os quais não conseguiu falar pessoalmente na CAE. "Só vi isso acontecer uma vez: com o (Henrique) Meirelles, no começo do governo Lula", comento um dos integrantes da CAE.

Tombini tem dito que a diretoria do BC está "sobrecarregada" sem dois membros e que gostaria de indicar os nomes dos substitutos após a Páscoa. Com receio de que o clima hostil no Congresso contamine a nomeação dos técnicos, Tombini encaminhará os nomes se os senadores concordem previamente em não rejeitá-los à revelia ao Planalto.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 07:43
BRASIL FARÁ PARTE DO AIIB, BANCO CHINÊS DE DESENVOLVIMENTO


O governo brasileiro anunciou nesta sexta-feira, 27, que fará parte do Asian Infrastructure Investiment Bank (AIIB), o banco de desenvolvimento criado pela China que, mais do que o Banco dos Brics, deverá ser um dos principais competidores de estruturas como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional.

Em nota, o Palácio do Planalto informou que a presidente Dilma Rousseff respondeu positivamente ao governo chinês e que o Brasil "tem todo o interesse de participar desta iniciativa, que tem como objetivo garantir financiamento para projetos de infraestrutura na região da Ásia".

O AIIB terá capital inicial de US$ 50 bilhões e começa com a participação, além do Brasil, de países europeus, entre eles o Reino Unido, Alemanha, França e Itália. Não foi revelado ainda qual será a participação brasileira.

O AIIB começa com um capital cinco vezes maior do que o banco do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), cuja criação foi assinada em julho do ano passado durante a Cúpula de Fortaleza, mas ainda não foi ratificada por todos os governos - no Brasil, por exemplo, está parado no Congresso Nacional.

O banco chinês, no entanto, é interessante para o Brasil como para outros países emergentes por concentrar mais recursos para projetos de desenvolvimento. As informações são da Agência Estado.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 07:36
FREI BETTO FAZ DURAS CRÍTICAS AO GOVERNO DILMA


Durante palestra proferida ontem na arena do Teatro Sesc/Senac, no Pelourinho, dentro da programação do Festival do Sagrado, o frade dominicano e escritor, Frei Betto, voltou a criticar as políticas adotadas pela presidente Dilma Roussef (PT) no início do segundo mandato.

"Se um brasileiro tivesse agonizado em agosto (de 2014) e tivesse acordado agora, ele ia dizer: Aécio ganhou", disse.  O religioso foi assessor do ex-presidente Lula entre 2003 e 2004 e coordenador de mobilização social do programa Fome Zero.

Frei Beto reafirmou que sua crítica é mais à esquerda, apontando que seus protestos estão mais ligados às manifestações de 2013 que às que ocorreram no último dia 15 de março. Ele disse que o erro do governo foi não ter investido em bens sociais. "Afirmou-se que não havia dinheiro para pôr em transporte público. Mas aí apareceram as 12 arenas para a Copa das Confederações, e a mentira apareceu".

Na oportunidade, o religioso criticou o corte de R$ 14 bilhões na educação, apontando, com ironia, que o lema do segundo mandato de Dilma é "pátria educadora". Frei Beto disse que considera todas as manifestações altamente positivas. "Houve um acirramento da polaridade, entre aqueles que apoiam o governo e aqueles que o criticam", comentou. Mas pontuou que os opositores foram mais inteligentes ao convocar seu ato para um domingo, quando as pessoas e as ruas estão livres.

Mas, sobre os protestos, pontuou: "O que mais me chama a atenção é como as manifestações são de protesto e não têm proposta". Frei Betto disse que saiu do governo Lula após o esvaziamento do programa Fome Zero, que ele classificou como realmente emancipador. "O Bolsa Família é um bom programa, mas não é emancipador", comentou.

 
.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 07:35
EMPRESÁRIOS SE MOSTRAM PREOCUPADOS COM NOMEAÇÕES NA SUDIC


Empresários que compõem o Conselho de Administração da Sudic – Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial manifestaram ao Bahia Econômica sua preocupação com a interferência política no órgão e os efeitos que isso poderá ter na política comercial e industrial do Estado.

Segundo essas fontes, o vice-governador João Leão estaria exigindo do governador Rui Costa que o órgão lhe fosse entregue de “porteira fechada”, isto é, seu partido indicaria todos os diretores.

Leão já indicou o presidente e o diretor financeiro da Sudic e já levou ao governador sua intenção de demitir dois diretores técnicos para preencher esses cargos com indicações políticas.  Segundo o site Bahia Notícias, Rui Costa teria demitido um diretor, e voltado atrás na decisão, três dias depois, mas que estaria sofrendo pressões do PP para voltar novamente atrás. 

A Sudic  é vinculada à Secretária de Desenvolvimento Econômico, cujo titular James Correa, preside o Conselho de Administração. Tanto a FIEB - Federação das Indústrias do Estado da Bahia, quanto a Fecomércio-Ba estão preocupadas com a possibilidade do orgão perder seu caráter técnico e tornar-se apenas político. 
.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 07:20
PAULO AZI DIZ QUE POLÍTICA DE TARIFA DE ENERGIA DE DILMA É UM DESASTRE


O deputado federal Paulo Azi (DEM/BA) considerou um desastre para o setor e uma tragédia para o povo brasileiro a redução em lei de tarifas de energia, em 2013, resultado da MP 579/12 do governo federal.

A crítica foi feita durante a audiência pública para discutir o suprimento de energia no Brasil e seu impacto nas tarifas, promovida na quinta-feira, 26, pela Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, da qual o parlamentar baiano é membro. “A MP 579 foi danosa para o país. Não se pode derrubar preço de energia na marra porque o rebate vem e vem alto. Estamos vendo agora que os consumidores tiveram uma alta como nunca”, disse o democrata.

Em janeiro de 2013, a presidente Dilma Rousseff aprovou a Lei 12.783/13, originada da Medida Provisória 579/12, para reduzir em até 20% as contas de luz. Para isso, o governo diminuiu ou acabou com alguns custos incidentes sobre a tarifa, como a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e renovou alguns contratos de concessão de geração e transmissão de energia elétrica a preços menores.

Paulo Azi alertou para o reflexo dessa medida, fruto da falta de planejamento e gestão para o setor elétrico e de manobras eleitoreira.  Ele listou os erros do governo Dilma, classificando-os de "herança terrível".

“O que estamos vendo é a queda de investimentos do setor em virtude do racionamento de energia; um rombo de mais de R$ 67 bilhões que terá que ser arcado pelo consumidor - equivalente ao pagamento de 17 contas de luz extra para cada consumidor ; mais de 6 milhões de famílias pobres que perderam o subsídio na conta de luz, já que o governo está exigindo um completo recadastramento para voltar a conceder o subsídio, além do brutal atraso na conclusão de importantes hidrelétricas e linhas de transmissão Brasil afora", alertou.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
28/03/2015 07:12
PROFESSOR RENATO JANINE É O NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO


A Presidência da República anunciou na sexta-feira (27) que o professor Renato Janine Ribeiro será o novo ministro da Educação. A informação foi antecipada pelo Blog do Camarotti. A posse do novo ministro será no próximo dia 6 (confira a repercussão).

Professor aposentado da Universidade de São Paulo (USP), Janine Ribeiro assumirá o comando do MEC no lugar de Cid Gomes, que deixou a pasta na semana passada após um conflito com deputados em sessão da Câmara.

Janine Ribeiro é o quinto ministro da Educação desde o início do primeiro mandato de Dilma Rousseff, em janeiro de 2011. Antes dele, passaram pela pasta Fernando Haddad, atual prefeito de São Paulo; Aloizio Mercadante, hoje ministro da Casa Civil; José Henrique Paim; e Cid Gomes. Desde a saída de Gomes, o secretário-executivo da pasta, Luiz Claudio Costa, chefiava o MEC interinamente. Segundo o G1 apurou, ele foi convidado por Janine Ribeiro para permanecer como secretário-executivo.

Há cerca de uma semana, ao negar uma reforma ministerial, a presidente Dilma afirmou que o Ministério da Educação não entraria na divisão partidária do governo, já que, segundo ela, trata-se de um dos ministérios "mais importantes do país".

"O MEC não é dado para ninguém. O MEC é um dos ministérios mais importantes do país porque eu tenho o compromisso de construir um caminho para a educação brasileira dando mais passos do que nós já demos", afirmou, após ser questionada sobre se, com a saída de Cid Gomes, a pasta seria “devolvida” ao PT ou “entregue” ao PMDB. As informações são do G1.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 20:00
SETRE DEFENDE NA POLÔNIA CANDIDATURA DE SALVADOR PARA MUNDIAL DE LUTA OLÍMPICA


O secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia, Álvaro Gomes, desembarca na cidade polonesa de Wroclaw, na noite desta sexta-feira (27). No domingo (29), ele faz a defesa da candidatura de Salvador como sede do Campeonato Mundial Júnior de Luta Olímpica 2015, que acontece de 11 a 16 de agosto no Brasil.

Concorrem com a capital baiana as cidades de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Caso o mundial aconteça em Salvador, as lutas ocorrerão no Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas. O equipamento é considerado um dos mais modernos do mundo da modalidade que mais medalhou o Brasil em Jogos Olímpicos.

Esta será a primeira vez que o campeonato é realizado no continente pan-americano. O bom momento da luta olímpica no País contribuiu para a escolha. A brasileira Aline Silva foi medalha de prata no Mundial 2014 da modalidade. Se o pleito baiano for vitorioso, Salvador receberá 600 lutadores de mais de 90 países. Estima-se que cerca de 50 mil pessoas visitarão a cidade-sede do evento.

O Mundial de Luta Olímpica terá transmissão para todos os continentes. Para sediar o campeonato, o Governo do Estado oferecerá uma contrapartida no valor de R$ 1,7 milhão, que será repassada por meio de convênio firmado com a Confederação Brasileira de Lutas Associadas.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 19:25
LEVY DIZ QUE ECONOMIA VAI RESPONDER A ESTRATÉGIAS PARA A RETOMADA


O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou nesta sexta-feira, 27, que a redução das incertezas e a formulação da estratégia para a retomada do crescimento farão com que a economia reaja em 2015.

Segundo ele, questões em aberto sobre a condução da política econômica fizeram com que a atividade desacelerasse no início deste ano. "A economia deu uma desacelerada forte no começo do ano porque havia uma série de questões. As questões estão sendo respondidas e, nesse sentido, na medida em que a gente também vai construindo essa estratégia da retomada do crescimento, certamente a economia vai responder, porque o principal fator era a incerteza que havia na virada do ano", afirmou Levy em entrevista coletiva na sede do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio.

O ministro ressaltou ainda que a estratégia vem sendo desenvolvida pelo governo em conjunto com o Congresso Nacional. Levy tem mantido conversas com deputados e senadores nas últimas semanas para diminuir a rejeição das medidas de ajuste fiscal entre os parlamentares.

Um dos vetores de reação da economia, aposta o ministro, serão as exportações. Após recuarem 1,1% no ano passado, Levy espera que o câmbio mais favorável crie condições para a expansão dos embarques para o exterior. As informações são da Agência Estado.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 18:56
BOVESPA FECHA EM QUEDA E PERDE MAIS DE 3% NA SEMANA

 
 
A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda nesta sexta-feira (27), acumulando perdas de mais de 3% na semana, em dia marcado pelo anúncio do PIB de 2014, que teve taxa de crescimento de 0,1% e pela indicação do governo federal do presidente da mineradora Vale, Murilo Ferreira, para assumir a presidência do Conselho de Administração da Petrobras. O Ibovespa, principal índice de ações da bolsa paulista, recou 0,96%, para 50.094 pontos, pressionada pelas ações de bancos e do tombo dos papéis da siderúrgica Gerdau. 
 
Na semana, a queda acumulada foi de 3,6%. A queda desta sexta-feira foi pressionada por ações do setor siderúrgico, bancário e da Vale, diante de nova mínima recorde do minério de ferro. As preferenciais da Vale caíram mais de 2%. Já as preferenciais da Petrobras fecharam em alta após o governo federal indicado o presidente-executivo da Vale, Murilo Ferreira, para ser eleito presidente do Conselho da petrolífera em assembleia em abril.
 
As ações do grupo Gerdau lideraram as baixas do índice, com desvalorização de mais de 9%, em meio a anúncio de proposta de mudanças na estrutura de governança, incluindo a saída do Nível 1 de governança da bolsa e alterações na composição do Conselho de Administração. Outro destaque de baixa foi a Sabesp, com queda de mais de 5%, após a companhia ter reportadoqueda de 53% no lucro líquido em 2014



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 18:27
DÓLAR FECHA EM ALTA APÓS DIVULGAÇÃO DE CRESCIMENTO DO PIB EM 2014

 
 
O dólar fechou em alta frente ao real nesta sexta-feira (27), após dados do IBGE mostrarem que a economia brasileira cresceu 0,1% em 2014, levemente melhor que o esperado. Na véspera, o Banco Central informou que a expectativa era de queda de 0,1%. A moeda subiu 1,55%, cotada a R$ 3,2405 na venda. Na semana, houve alta de 0,32%. No mês e no ano, há valorização acumulada de 13,46% e 21,88%, respectivamente.
 
O câmbio tem sido marcado por uma intensa volatilidade nas últimas semanas, que levou a divisa a encostar em R$ 3,30 e cair abaixo de R$ 3,10. Após disparar em relação ao real no início do mês, números fracos sobre os Estados Unidos e declarações cautelosas do Federal Reserve haviam levado o dólar a corrigir parte do avanço. Mas o alívio durou pouco, com o anúncio de que o Banco Central não renovará seu programa de intervenção diária além deste mês servindo de catalisador para compras de divisas.
 
"Há uma percepção mais ou menos generalizada de que o dólar a R$ 3,10 é muito barato. Mas, ao mesmo tempo, o mercado sabe que alguma hora o dólar vai ter de parar de subir", disse à Reuters o superintendente de câmbio da corretora Tov, Reginaldo Siaca. Segundo operadores, o sentimento no mercado é de incerteza, com viés de valorização do dólar. As turbulências políticas e econômicas por que passa o Brasil têm levado os investidores a se refugiar na moeda norte-americana, com medo de ainda mais entraves ao ajuste fiscal.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 18:05
BRASIL PASSAR A LIDERAR RANKING DE CUSTO DE ENERGIA PARA INDÚSTRIA

 
 
Segundo informou nesta sexta-feira (27) a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O custo médio da energia para a indústria brasileira subiu este mês para R$ 534,28 por MWh e o país passou a ocupar a primeira posição em ranking internacional de preços, 
O ranking avalia o custo de energia para a indústria em 28 países. 
 
É a primeira vez que o Brasil ocupa a liderança do ranking desde 2011, quando começou o monitoramento. No começo de março, o Brasil estava na 3 posição, com um custo médio de R$ 498,30 por MWh. Agora, o país superou a Índia e a Itália, que ocupavam as duas primeiras posições. 
 
O custo da energia para a indústria no Brasil é 107,5% superior à média dos países selecionados e mais de 330% acima da média do custo dos Estados Unidos (R$ 534,28 por MWh), segundo o levantamento. Segundo o vice-presidente da Firjan, Carlos Mariani, somente nos três primeiros meses do ano, o preço da energia subiu 48%. 

 
.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 17:47
COMISSÃO EUROPEIA ACONSELHA EUROPEUS A SAÍREM DO FACEBOOK


A Comissão Europeia recomendou cidadãos europeus a fecharem suas contas no Facebook caso queiram manter suas informações pessoais longe das mãos dos serviços de segurança dos Estados Unidos, informou o jornal “The Guardian” nesta quinta-feira (26).

A sugestão foi feita pelo advogado da Comissão, Bernhard Schima, ao promotor Yves Bot, durante uma audição sobre um caso para averiguar o nível de privacidade da rede social.

Os comentários de Schima tratavam do acordo entre a União Europeia e os EUA para troca de dados pessoais de cidadãos das duas regiões, chamado de Safe Harbour. A discussão foi levantada pelo ativista Max Schrems, que milita pelo direito à privacidade. Ele questionou se é seguro enviar informações ao EUA mesmo depois das revelações feitas pelo ex-analista da CIA Edward Snowden sobre os programas de monitoramento cibernético promovidos pelo governo norte-americano.

Em resposta, Schima foi sucinto, durante a audição na corte em Luxemburgo: “Você deve considerar fechar sua conta no Facebook, se você tiver uma”. Além disso, o representante da Comissão Europeia não soube responder se o Safe Harbour garante a adequada proteção de dados aos cidadãos europeus.

O Safe Harbour é uma espécie de acordo criado entre os EUA e a União Europeia para atender à legislação do bloco europeu. A lei de proteção de dados pessoais europeia permite que dados de cidadãos apenas sejam enviados a países que possuam aparato legal semelhante. Como os EUA não possuem legislação a respeito, o arranjo foi necessário para que empresas de tecnologia baseadas na Europa pudessem compartilhar informações de seus usuários europeus sem agir contra a lei da UE. As informações são do G1.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 17:46
CORTE NO ORÇAMENTO DO IBGE AFETARÁ APENAS CONTAGEM POPULACIONAL

 
 
O diretor de Pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Olinto, disse hoje (27) que o corte do orçamento do instituto pelo governo federal afetará apenas a Contagem Populacional  prevista para começar neste ano. Segundo ele, as pesquisas rotineiras, como as Contas Nacionais e o cálculo da inflação oficial (IPCA), e outros estudos, como a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), não serão atingidas neste ano.
 
O valor estimado para as operações iniciais da Contagem Populacional, neste ano, é R$ 194 milhões. Com o corte do orçamento, ainda não há previsão de quando ou se será iniciada a pesquisa, que é feita no meio do período entre os censos. Se a contagem for adiada, ela poderá ficar muito em cima do próximo censo, de 2020, e aí não valerá a pena executá-la.

“Um dos objetivos da contagem é calibrar as estimativas populacionais [até o próximo censo demográfico]. Se não tiver a contagem, o pessoal da área de demografia terá que usar outros métodos para tentar recalibrar [as estimativas]”, disse Olinto.



 
.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 17:38
RUI COSTA EVITA FALAR SOBRE AÇÃO JUDICIAL MOVIDA POR ACM NETO


Em visita ao distrito de Minuim, no município de Santa Brígida, o governador Rui Costa (PT) deixou claro que está evitando falar sobre o processo que o prefeito ACM Neto (DEM) está movendo contra ele. A ação judicial foi movida depois que o petista afirmou que o democrata tem “um duto que desvia verba da prefeitura para empresas da família dele”.

"Quem comenta ação é advogado. Meu trabalho é levar água, comida e estrada para o povo. Se eu for comentar processos, eu vou desempregar os advogados", disse o governador, demonstrando um certo desconforto.
 

.............................................................................................................................................................................................................................................
27/03/2015 17:17
TCU DETERMINA QUE PETROBRAS MUDE FORMA DE CONTRATAR SERVIÇOS

 
 
O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que a Petrobras modifique a forma de contratar obras e serviços de engenharia. Entre as mudanças propostas estão a exigência de fundamentação técnica para os preços apresentados pelas licitantes e a padronização das informações mínimas necessárias que viabilizem o julgamento das propostas. O objetivo é garantir a segurança jurídica, o julgamento objetivo, a isonomia, eficiência e obtenção da melhor proposta nas contratações.
 
O TCU destacou que, durante anos, a Petrobras foi a única entidade estatal a se valer da prerrogativa de licitar obras sem que os projetos de engenharia estivessem integralmente delimitados. Com o Regime Diferenciado de Contratações essa prática passou a ser autorizada por “contratações integradas”, permitindo ao gestor público a possibilidade de submeter a licitações anteprojetos de engenharia sem o devido nível de detalhamento.

A determinação está no acórdão que examinou uma auditoria feita em 2011 para fiscalizar a contratação para a construção do acesso principal do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). De acordo com a determinação do TCU, a partir de agora, as licitações deverão apresentar de forma precisa em quais partes do empreendimento as empresas poderão sugerir mudanças. A Petrobras deverá elaborar uma matriz de risco aos contratos, definindo de forma objetiva a responsabilidade das empresas contratadas. Além disso, as estimativas de preços devem ser baseadas em orçamentos detalhados, usando avaliações baseadas em outras obras similares.


 
.............................................................................................................................................................................................................................................

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ...4961     Total: 99216



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3037 - 2960