politica

politica

QUAL SERÁ A BASE DA POLÍTICA ECONÔMICA DA PRESIDENTE DILMA NO 2º GOVERNO?

“Sempre tem algum grau de dificuldade, quer dizer, não é dificuldade. Sempre tem um aperto. Como tem o aperto, é preciso tomar medidas saneadoras ou economizadoras para que você possa fechar a conta".

Governador Jaques Wagner ao justificar medidas para conter despesas públicas no final do seu governo.



POLITICA

31/10/ - 12h25m
IMBASSAHY DIZ QUE GOVERNO ROUBA NA COMPRA DE REFINARIA E ATÉ NA MANDIOCA

 
 

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, diz que a corrupção está tão entranhada no governo, que nem mesmo a mandioca, um dos produtos básicos na mesa do brasileiro pobre, passou incólume à roubalheira que vem sendo descoberta na Petrobras, informou sua assessoria.

Segundo o parlamentar, em inquérito da Polícia Federal e nas auditorias do Tribunal de Contas da União (TCU), foram constatados preços superfaturados na compra do produto para alimentação de funcionários da refinaria de Abreu e Lima (PE). Enquanto na Ceasa-PE, o preço máximo encontrado para a porção de 220 gramas não chegou a R$ 0,39, a estatal pagou R$ 2,88 pela mesma quantidade.

“É gritante a disparidade, salta aos olhos”, diz Imbassahy. Para o líder do PSDB, o governo ofende a inteligência das pessoas ao tentar justificar o injustificável. “Não adianta tentarem jogar a culpa sobre os produtores rurais. É óbvio que se trata de mais um superfaturamento, promovido por essa organização criminosa, essa verdadeira quadrilha que se instalou na maior empresa do Brasil, que rouba desde a aquisição de uma refinaria, até a uma simples compra de mandioca”, indigna-se.

 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 11h26m
JUTAHY DIZ QUE PAPEL DA OPOSIÇÃO É FISCALIZAR O TEMPO INTEIRO
 
 
Em seu primeiro discurso na Câmara como deputado federal reeleito, pela oitava vez, no qual agradeceu aos eleitores baianos, Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) disse que a oposição vai atuar de forma consistente em relação ao governo Dilma Rousseff o tempo inteiro, fiscalizando e cobrando, “porque o Brasil quer que a fiscalização ocorra, independentemente do momento eleitoral”. 

“Nós estaremos neste plenário combatendo a corrupção, defendendo os bons serviços para a população. Queremos que a inflação esteja sob controle e que haja desenvolvimento”, disse o parlamentar, lembrando ter vibrado com a decisão do Legislativo de derrubar o decreto “bolivariano” que criava os conselhos populares com a clara intenção de usurpar poderes do Legislativo e aparelhar o Estado. 



 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 10h22m
COMEÇA MOBILIZAÇÃO PELA DISPUTA DA PRESIDÊNCIA DA UPB

 
Primeira mulher a assumir a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria (PSB) se apresentou para a reeleição no cargo, que deve ocorrer em janeiro de 2015, após publicação de edital. Prefeita do município de Cardeal da Silva, Quitéria aparece, até então, como candidata única para o pleito, segundo informou a assessoria de comunicação da UPB.

Apesar do forte apoio que tem na União, conseguindo manter uma unidade com mais de 300 prefeitos, outros partidos e prefeituras baianas tem se mobilizado para a escolha de novos nomes para direção.

Maria Quitéria disputou o cargo em 2013 com o colega da legenda Wilson Cardoso, prefeito de Andaraí. De acordo com o presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, a legenda irá se reunir com todos os seus prefeitos, inclusive, os que estão na direção da UPB, como José Bonifácio, de Ruy Barbosa, vice-presidente; e João Bosco, munícipe de Teixeira de Freitas e tesoureiro do órgão.

O objetivo da reunião, acrescenta Everaldo, é saber qual o olhar deles e seus posicionamentos para em seguida definir se lançara um candidato ou apoiará Maria Quitéria, gestora pela qual o PT tem “muito carinho”. “Ela nos apoiou com muito dedicação, apoiou Dilma e fez campanha”, comentou Everaldo.

Maria Quitéria, inclusive, apoiou o governador eleito Rui Costa mesmo tendo a candidata Lídice da Mata pelo seu partido. O presidente do DEM na Bahia, José Carlos Aleluia, também informou que a maioria das prefeituras são petistas, mas que irá se articular com as de oposição futuramente. “Mas até agora, não definimos nada”, adiantou. (Tribuna).

 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 09h51m
ACM NETO PODE MIGRAR DE LEGENDA E PMDB E PSB SÃO INDICAÇÕES
 
 
A derrota nas urnas parece ter abalado as estruturas do Democratas na Bahia. O seu maior nome e forte candidato nas próximas eleições, o prefeito ACM Neto, está em processo de negociação com novas legendas e deve deixar em breve o partido que o projetou no cenário local e nacional
 
A rota de fuga mais forte é o PMDB, onde Geddel Vieira Lima é o nome forte e pode ser estreitar as relações entre as partes, já que nas últimas eleições eles estiveram no mesmo palanque. 
 
ACM Neto, além de conseguir a almejada proximidade com o governo federal, levaria também um número considerável de apoiadores, que ampliariam – mesmo que temporariamente – a base de Dilma.
O PMDB, com apoio de eventuais emigrantes do DEM, conseguiria então um número de deputados maior que o PT e não precisaria de maiores desgastes para controlar a Câmara. 
 
A segunda alternativa seria o PSB onde o líder Otto Alencar, eleito senador pela proximidade com o Governador Jaques Wagner e também seria um caminho interessante para o atual Democrata.  

O próprio ACM Neto deu indícios de descontentamento com os rumos do DEM. Antes da eleição, o prefeito sugeriu que o partido poderia se fundir com outro para criar uma estrutura mais forte na Câmara Federal. O presidente nacional do DEM, Agripino Maia, desconversou, mas o chefe do Executivo soteropolitano não recuou sobre a afirmação. 



 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 08h01m
IMBASSAHY DIZ QUE HOUVE CRESCIMENTO DAS OPOSIÇÕES NAS URNAS
 

 
Reeleito pela Bahia, o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy acredita que o resultado da eleição para a Presidência da República foi uma demonstração de que metade da população brasileira quer mudanças no cenário político e não aprova o modelo de gestão atual, o qual considera autoritário e formulado com bases nos regimes bolivariano e chavista. 
 
Para o tucano, a oposição saiu vitoriosa das urnas e continuará trabalhando para cumprir com os princípios democráticos no País. “Foi uma vitória das forças de oposição e da sociedade brasileira que não aceita a implantação de um regime bolivariano, chavista e autoritário no país”, declarou.

Depois de derrubar o decreto presidencial que cria a Política Nacional de Participação Social, na última terça-feira, a oposição tem, entre suas próximas metas, encontrar um nome de peso para disputar a presidência do Congresso.

Seu nome seria um dos cogitados, embora ela não tenha assumido e preferiu não comentar se aceitaria ou não o chamado. “Meu nome é uma especulação que não tem nenhum tipo de articulação absolutamente definida, até porque isso começou terça-feira. Ainda é muito cedo. Mesmo que seja cogitado, ainda não vou comentar”, disse.



 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 07h27m
PEDIDO DE AUDITORIA SOBRE 2º TURNO FEITO PELO PSDB VAI PARA TOFFOLI ANALISAR
 

 
O pedido feito pelo PSDB para que seja realizada uma auditoria na votação do segundo turno foi remetido diretamente para a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caberá ao presidente da Corte Eleitoral, ministro Dias Toffoli, decidir se profere alguma decisão monocrática no processo ou remete o caso para análise do plenário.
 
No noite desta quinta-feira, 30, o PSDB protocolou um pedido de auditoria especial, para verificar o resultado das eleições presidenciais. A petição é assinada pelo coordenador jurídico do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP).

A expectativa é de que alguma pronunciamento de Toffoli sobre o tema seja feito apenas no início da próxima semana, já que a Justiça Eleitoral irá operar em sistema de feriado amanhã, em razão do dia do servidor público. Originalmente, a data é comemorada no dia 28, mas o TSE postergou o feriado na Corte em razão da finalização das questões relativas à votação realizada no dia 26.



 

...........................................................................................................................................................................

31/10/ - 07h24m
RUI COSTA NEGA QUE SALVADOR VÁ SER PREJUDICADA POR DIVERGÊNCIA POLÍTICA
 

 
Em rota de colisão desde a eleição estadual, clima de desentendimento que se prolongou pelas acusações que foram parar na Justiça, a relação entre o governador eleito Rui Costa (PT) e o prefeito de Salvador, ACM Neto ainda deve render bastante no cenário político, com possíveis consequências para a cidade, embora ambos deixem claro que não vai interferir nas questões administrativas que envolvem a capital baiana.

Questionado sobre como deve conduzir o relacionamento com o prefeito, estando em projetos políticos diferentes que chamaram atenção no cenário eleitoral, Rui disse que pretende seguir a linha democrática do governador Jaques Wagner (PT) e do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT).

Rui que faz questão de evidenciar a sua origem soteropolitana, lembrando o bairro da Liberdade disse que “ama Salvador” e que pretende se relacionar de forma saudável com o Executivo municipal.  
”Eu nasci em Salvador, eu amo o povo de Salvador, amo a minha cidade e vou tratá-la com muito carinho. Vou fazer interlocução com todos os gestores de forma profissional e cordial. Sou fiel seguidor do professor Lula e o professor Wagner, onde, quando nós fazemos uma obra na cidade ela vem pra beneficiar o povo e ficar eternamente”, afirmou.


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 18h49m
CPI DA TELEFONIA REÚNE OPERADORAS, ANATEL E TELEBRASIL


O presidente da CPI da Telefonia, Paulo Azi (DEM), reuniu nesta quinta-feira, 30,  membros do colegiado e representantes das operadoras Claro e Vivo, além de representantes da Anatel e Telebrasil, para esclarecer aspectos da expansão da telefonia móvel nas zonas rurais da Bahia e das parcerias entre esses agentes para a melhoria da qualidade dos serviços nos 27 territórios regionais do Estado.

Na reta final dos trabalhos de investigação e levantamentos, a CPI - iniciada em novembro de 2013 -, colheu dados e denúncias através de audiências itinerantes em diversos municípios, oitivas com representantes das operadoras e também através das redes sociais e do site especialmente criado para receber as queixas dos usuários. 

Paulo Azi  informou que os entendimentos avançam e assegura que, ao final do trabalho,  a CPI dará as respostas que a sociedade exige e importante contribuição para que os serviços de telefonia na Bahia sejam ampliados e tenham melhor qualidade. O relatório final deverá ficar pronto em 20 dias, contendo diagnóstico dos problemas enfrentados pelos usuários e sugestões de melhorias.

Os usuários ainda podem fazer suas denúncias através do site:  http://www.al.ba.gov.br/cpi/telefonia/denuncie

 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 18h36m
AFONSO FLORENCE PRESIDIRÁ COMISSÃO SOBRE MP QUE PRORROGA INSENÇÕES FISCAIS


O vice-líder do PT na Câmara, o deputado federal Afonso Florence (PT/BA) presidirá a comissão mista que vai analisar a Medida Provisória 656/2014, que prorroga normas de isenção tributária e regulamenta medidas para estimular o crédito imobiliário Instalada nesta quarta-feira (29).

“A medida busca “incentivar o setor econômico, mantendo a alta na geração de emprego e amplia programas sociais do governo”, pontua Afonso.  Entre as isenções está Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre computadores pessoais, notebooks, tablets e smartphones. A isenção é parte essencial do Programa de Inclusão Digital, ampliando o acesso a esses meios através de preço final mais acessível ao consumidor.

Pela proposta se busca manter o incentivo à formalização do trabalho doméstico, com a prorrogação da possibilidade de o empregador deduzir do Imposto de Renda (IR) a parcela referente à contribuição patronal paga à Previdência incidente sobre o valor da remuneração do empregado doméstico.

A medida beneficia ainda o programa Minha Casa, Minha Vida. Neste caso, será mantida a redução da alíquota de 4% para 1% do Regime Especial de Tributação (RET) vigente para a empresa contratada para construir unidades com valor de até R$ 100 mil.

Depois de passar pela comissão mista, a MP será analisada pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.
 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 18h06m
VEREADOR DEBATE LEI DO SILÊNCIO EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NESTA SEGUNDA (03)

 
O vereador Alcindo da Anunciação (PT) debaterá em audiência pública, na próxima segunda-feira (3), às 9h, no auditório do Anexo Bahia Center, na Rua Ruy Barbosa, o projeto de lei de sua autoria que modifica a Lei do Silêncio. O evento contará com representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, secção Bahia (OAB/BA), do Conselho Federal de Medicina e do Fórum de Entidade Ambientais.
 
Por conta da modificação do limite máximo de som, conforme estabelece a Lei nº 8.675/2014, o vereador defende no seu projeto de lei que “o nível máximo de emissão sonora admitido nas zonas e eventos previstos seja de 65 decibéis a 110 decibéis, de acordo com a situação ou localização específica, medido no exterior do recinto em que tem origem, de acordo com a Lei nº 5.354/98”.


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 14h01m
SÍLVIO HUMBERTO REAFIRMA COMPROMISSO COM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

 
O vereador Sílvio Humberto (PSB) reafirmou a importância dos professores da rede municipal. Para o presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Câmara Municipal de Salvador, é fundamental a implantação imediata do plano de cargos e salários para os profissionais da rede municipal de ensino.
 
De acordo com o vereador, a medida faz parte de um conjunto de iniciativas visando à valorização desses profissionais, essenciais ao desenvolvimento escolar. Sílvio Humberto acredita que, com a implantação do plano, a carreira de magistério pode se tornar mais atrativa e caminhar na direção de uma educação pública de qualidade, bem como criar um melhor ambiente de trabalho e relação com os alunos.
 
“Temos o dever de valorizar e reconhecer quem trabalha diariamente formando intelectual e socialmente nossos alunos. A implementação do plano de cargos e salários vem para cumprir esse papel, assegurando condições de trabalho para que todos os servidores da educação possam exercer de forma digna suas atividades no ambiente escolar”, destacou.


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 12h16m
DILMA VAI VETAR PRAZO MAIOR PARA FIM DE LIXÕES


A presidente Dilma Rousseff vai vetar o dispositivo aprovado na Medida Provisória 651 que prorroga até 2018 o prazo para as cidades transformarem os lixões em aterros sanitários, dando destino adequado a resíduos sólidos. "Há a decisão de vetar", anunciou nesta quarta, 29, o líder governista no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE).

Um acordo foi costurado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR) para que a MP 651 fosse aprovada. A medida regulamenta a desoneração da folha de pagamento e reabre o programa de parcelamento de débitos tributários de empresas e pessoas físicas (Refis da Crise).

A inclusão dos lixões causou atrito entre a oposição e a base aliada do governo. Por isso, definiu-se que Dilma vetaria o trecho e resgataria o tema em outra medida provisória.

"Para esse artigo, vamos apresentar na MP 656 um dispositivo que prevê a prorrogação por dois anos e garante recursos federais para a implementação da política de resíduos sólidos do Brasil", afirmou Jucá. (Exame)
 
 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 11h58m
COMEMORAÇÃO DO DIA DO SERVIDOR DO GOVERNO DO ESTADO TEM INGRESSOS ESGOTADOS
 

 
Já está suspensa a troca de ingressos para o 'Dia Você Servidor', evento dedicado às comemorações pelo feriado do servidor público (28 de outubro). Iniciado no dia 13 de outubro, o processo de troca distribuiu 1,5 mil convites para a cerimônia, que acontece na próxima segunda-feira (3), no Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, a partir das 16h. 
 
O 'Dia Você Servidor' é realizado pela Secretaria da Administração (Saeb), em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult). Durante o evento serão conhecidos os vencedores dos prêmios 'Boas Práticas' e 'Servidor Cidadão' - que reconhecem iniciativas de servidores estaduais em ambiente de trabalho e em comunidade - e os finalistas do II Festival de Música do Servidor Público e do I Concurso Literário do Servidor. A programação completa do evento está disponível no site www.portaldoservidor.ba.gov.br


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 11h38m
DEM PODE APOIAR PT À PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
 

 
De olho na declaração do deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembleia Legislativa, de anunciar que tem o desejo de disputar a Prefeitura de Salvador em 2016 contra ACM Neto (DEM), petistas procuraram hoje deputados do DEM na Casa e insinuaram o desejo de conversar sobre um relacionamento no Legislativo.
 
Na prática, eles querem saber se o prefeito permitiria que os deputados mais ligados a ele que se elegeram agora estariam dispostos a votar em um candidato do PT à presidência da Assembleia, cargo que Nilo vai disputar pela quinta vez em janeiro. Se topar, Neto contaria com uma ajuda do PT na Assembleia para abrir um canal de comunicação direto com o governador eleito Rui Costa, praticamente encerrado desde a campanha à sucessão estadual. (PL) 


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 10h39m
IMBASSAHY CRITICA PRÁTICA “DO NADA SEI, NADA VI”, NA PETROBRAS

 


 

Ante as seguidas tentativas do diretor de Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, de se desvencilhar da sucessão de escândalos que envolvem a companhia, durante depoimento prestado na quarta-feira, 29, à CPI Mista que apura as irregularidades na estatal, o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy foi taxativo: “Fica difícil para os brasileiros imaginarem que um homem da sua estatura diga que não sabia de nada e continua sem saber”.

Imbassahy apontou contradições no depoimento de Cosenza. “O relator (deputado Marco Maia – PT/RS) pergunta se teve algum encontro com o ex-diretor Paulo Roberto, o senhor afirma primeiro que não. Minutos depois, confessa que teve três telefonemas e dois encontros pessoais, assim não dá”, criticou.

O líder também reprovou a leniência do diretor, que nada fez para revisar contratos celebrados pelo seu antecessor na diretoria, Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, por não coibir falcatruas ou investigar eventuais prejuízos na área de Abastecimento, como o superfaturamento da obra da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Somente um dos contratos do empreendimento teve sobrepreço de R$ 613 milhões. 

Imbassahy ainda arguiu: “Quem foi punido? Algum ex-auxiliar do Paulo Roberto Costa foi afastado?”. Ao receber a resposta negativa, o parlamentar do PSDB concluiu que “não resta dúvida de que as irregularidades prosseguiram após a saída de Costa da Petrobras”.

 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 09h29m
PINHEIRO APRESENTA PEC PARA EXTINGUIR A REELEIÇÃO E FIXAR MANDATOS COINCIDENTES
 
 
 
O senador Walter Pinheiro (PT-BA) apresentou, nesta quarta-feira (29), uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para implementar a reforma eleitoral do sistema representativo nos poderes Executivo e Legislativo dos três níveis de Governo.
 
A PEC estabelece a coincidência das eleições, proíbe a reeleição para cargos do Poder Executivo, dispõe sobre o acesso ao fundo partidário e estabelece regras de transição. As mudanças somente valerão, porém, se aprovadas em referendo popular.
 
Segundo a proposta, ficam inelegíveis no período imediatamente subsequente ao seu mandato o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Distrito Federal, os Prefeitos e quem os houver sucedido ou substituído nos seis meses anteriores ao pleito. Assim, para voltar a exercer o mesmo cargo, será preciso aguardar um intervalo de pelo menos cinco anos.
 
A PEC propõe, ainda, para viabilizar o fim da reeleição para cargos do Executivo e a coincidência das eleições, que os mandatos de todos os dirigentes e parlamentares passem a ser de cinco anos, em lugar de quatro. Assim, Presidente, Governadores, Prefeitos, Senadores, Deputados Federais, Estaduais e Distritais e vereadores terão mandatos de cinco anos. As novas regras, porém, somente serão aplicáveis nas eleições para Presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados Federais, Estaduais e Distritais a ocorrer em 2018.
 
A realização do referendo popular que será condição para a validação da PEC ocorrerá em 29 de outubro de 2016, ou seja, dois anos antes da realização da primeira eleição a ser afetada pelas novas regras. A data da posse dos eleitos para os cargos do Poder Executivo será também alterada, deixando de ocorrer em 1º de janeiro, feriado nacional. A nova data passa a ser o primeiro dia útil subsequente.



 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 08h13m
RUI NEGA INTERFERÊNCIA NA DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA DA AL-BA


A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa da Bahia não sofrerá interferência do Executivo, disse ontem o governador eleito, Rui Costa, ao negar a informação que circula nos bastidores de que haveria um acordo para garantir o quinto mandato ao deputado Marcelo Nilo (PDT) no comando da Casa.

"O governador eleito não irá interferir na eleição da Assembleia. Se, como militante político, um ou mais deputados vierem pedir minha opinião, posso conversar. Mas o governo não favorecerá o candidato A, B ou C", disse Rui, ao anunciar a equipe de transição.

Questionado sobre o futuro da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), Rui disse que busca um modelo autossuficiente, possivelmente com participação da iniciativa privada. "Não faz sentido retirar dinheiro da saúde e educação para fazer subsídio em um supermercado", afirmou. (A Tarde)

 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 07h52m
DEM QUER MUDAR DE RUMOS E FUSÃO COM PSDB E PMDB PODE ACONTECER
 

 
Fundado em 1985 ainda como PFL, o Partido Democratas (DEM), que registrou quedas nas últimas eleições, busca alguns lampejos para andar por novos caminhos a partir de 2015. 
 
O recado de mudanças, dado pelo prefeito ACM Neto, uma das principais lideranças da sigla ecoou nos quatro cantos e aumentam as especulações sobre qual o destino a seguir. O democrata, inclusive, falou em fusão no dia da eleição (26), mas frisou ainda não saber com qual sigla seria feita esse processo.

Com alinhamentos mais próximos ao PSDB, a uma ala do PMDB e ligação com alguns nanicos que mudam de aliança, conforme a conjuntura, o DEM vai avaliar o rumo a tomar a partir de novembro.

Na Bahia, lideranças do partido acreditam que ocorrerão reformas, mas não arriscam quais. A perspectiva é que aconteçam conforme a onda de alterações no sistema político, a ser discutido pelo Congresso Nacional.

O presidente nacional do DEM, José Agripino Maia, confirma que haverá uma conversa. “Vamos discutir todas as propostas, sem nenhum açodamento”, disse à revista Veja.

A perspectiva de avaliação é certa já que a sigla saiu menor do processo eleitoral, diminuindo de 28 para 22 deputados.

A legenda também ficou sem eleger governadores pela primeira vez. Em 2010 haviam sido dois, sendo que um deles, Raimundo Colombo (SC), migrou para o PSD durante o mandato e conquistou a reeleição pela nova sigla.


 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 07h50m
ALAN SANCHES PODE SER RIVAL DE NILO NA ASSEMBLEIA
 

 
Em meio à tentativa de quebrar a hegemonia do atual presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, cujo mandato já dura oito anos, o deputado estadual Alan Sanches (PSD) surge como a mais nova alternativa para o embate.
 
Em contato com a Tribuna, Sanches, que já foi presidente da Câmara de Vereadores de Salvador e é líder do PSD no Legislativo Estadual, bem como braço direito do senador eleito Otto Alencar, afirmou não ter “absolutamente” nada contra o atual gestor. No entanto, disse ser a favor da renovação no parlamento e o fim da reeleição.
 
“Por conta disso, ouvirei os meus pares e coloco o meu nome à disposição para fazer uma Assembleia ainda melhor. Pelo relacionamento criado com os colegas nesta legislatura buscarei consenso. Não busco unanimidade na base aliada nem no partido, mas, democraticamente, vou buscar a maioria”, frisou.

Ele destaca ainda integrar a segunda maior bancada da Casa, o PSD, que elegeu oito deputados, ficando atrás apenas do PT, com 11, o que, consequentemente, o credencia para o embate.
Além de Alan Sanches, estariam no páreo o deputado reeleito Sargento Isidório (PSC), o atual líder da bancada do governo, Zé Neto (PT) e o líder da bancada do PT, Rosemberg Pinto.

A eleição da mesa é realizada em fevereiro, após o inicio da 18ª Legislatura. Em entrevista recente, Nilo afirmou ter certeza que o governador Jaques Wagner e o seu sucessor, Rui Costa reconhecerão a sua força política e sua lealdade”. 

Ontem, durante evento para anunciar a equipe de transição, o novo governador foi enfático ao afirmar que não irá interferir na disputa. “Se eu for conversar vou conversar com todo mundo, mas não vou interferir”.

Mais além, Rui afirmou não ter acordo com nenhum candidato. “Você pode gravar e registrar. Não fiz acordo com ninguém. Hoje, ontem e amanhã a minha resposta será sempre essa. Não vou interferir na decisão da Assembleia. Nós devemos fortalecer aquela instituição e os deputados são maduros, não tem ninguém ingênuo lá, então vão escolher a melhor alternativa”, disse, complementando: “se como militante político um ou mais vier pedir minha opinião, eu darei, mas o estado não será utilizado para favorecer A, B ou C. Os deputados vão escolher aquele melhor para os pares”.

 

...........................................................................................................................................................................

30/10/ - 07h23m
CORRUPÇÃO NA PETROBRAS GERA DÍVIDA DE R$ 175 MILHÕES A DELATORES
 
 
O doleiro Alberto Youssef deverá devolver aos cofres públicos R$ 55 milhões até o fim dos processos abertos contra ele a partir da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. A devolução do dinheiro e dos bens obtidos de recursos ilícitos faz parte do acordo de delação premiada que o doleiro firmou em troca de redução substancial das penas de prisão a que poderia ser condenado por desvios de verbas da Petrobras e de outras áreas da administração pública. Na quarta-feira, Youssef recebeu alta do hospital em Curitiba onde estava internado desde sábado e voltou para a prisão.
 
Até o momento, réus que decidiram colaborar com as investigações da Lava-Jato já se comprometeram a devolver aproximadamente R$ 175 milhões. O primeiro da fila da delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que confessou participar de um esquema de corrupção que envolvia políticos de PT, PMDB e PP, deverá devolver mais de R$ 70 milhões. Entre os valores a serem entregues por Costa estão US$ 23 milhões que ele teria recebido da Odebrecht, uma das empreiteiras com grandes contratos com a Petrobras. O dinheiro está bloqueado em contas bancárias na Suíça, e sua devolução aos cofres públicos depende apenas de medidas burocráticas 

Volume expressivo de dinheiro deve ser devolvido também por outros colaboradores, entre eles o executivo Júlio Camargo, da Toyo Setal, que também decidiu fazer acordo de delação premiada. Os valores que ele teria de devolver estariam em torno de R$ 40 milhões. Os recursos a serem recuperados até o fim do processo devem aumentar ainda mais caso algumas empreiteiras confirmem a intenção de fazer acordo de leniência. Emissários de empresas já fizeram sondagens sobre possível acordo logo na primeira fase das investigações, mas ainda não há decisão sobre isso.


 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 18h59m
VALMIR DEFENDE REFORMA E DIZ QUE DERRUBADA DOS CONSELHOS É ATENTADO À DEMOCRACIA


O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) defendeu, nesta quarta-feira (29), a reforma política no país, o que chamou de “primeiro passo” do novo governo da presidente Dilma.

Assunção também criticou duramente a derrubada do decreto presidencial, que cria a Política Nacional de Participação Social e regulamenta os conselhos de políticas públicas, pela Câmara dos Deputados, na terça-feira (28). Para o parlamentar petista, dar prosseguimento à reforma política no Brasil é mais que essencial. Ele diz que a sociedade já anseia por essa resposta do governo e deixa evidente sua indignação a respeito da decisão da Casa Legislativa, apontando ser “um desserviço ao povo brasileiro”. “A derrubada desse decreto que regulamentava a participação popular no Executivo, principalmente o conjunto dos conselhos, é um atentado à democracia”, dispara.

Valmir diz que é equivocada a justificativa de que a participação popular só pode acontecer por meio da representação. “As pessoas reivindicam a reforma política, justamente para ter mais espaço de intervenção no poder. Foi lamentável o que vi ontem nesta Casa. Por isso, a sociedade e os movimentos sociais precisam estar em constante mobilização e pressão. O discurso da presidenta Dilma, apontando o plebiscito como a ferramenta para se chegar a esta reforma, é um indicativo importante de como o PT vai atuar dentro do Congresso”, completa Assunção.

De acordo com dados levantados pela pesquisa Ibope, de 2013, 85% dos entrevistados querem a reforma política. “A luta pela Constituinte Exclusiva para a reforma do sistema político é o horizonte que devemos galgar. Só com representantes eleitos para este único objetivo haverá a condição e a liberdade necessária para esta tarefa, que não pode sofrer qualquer pressão do poderio econômico nacional e internacional”.

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 15h17m
HILTON REIVINDICA QUE ACM NETO ENVIE À CÂMARA PLANO DE CARREIRA DA EDUCAÇÃO


“Quantos meses o Plano vai levar para atravessar a rua? Até quando ACM Neto vai desrespeitar a reivindicação das educadoras e educadores?”, questionou o vereador Hilton Coelho (PSOL), membro da Comissão de Educação da Câmara de Salvador na sessão realizada nesta terça-feira (28).

A presença das educadoras e educadores foi marcante e Hilton Coelho destacou que “infelizmente o que temos que ressaltar neste momento é o acordo do Plano de Carreira que até o momento não foi cumprido pela Prefeitura de Salvador. Por isso a categoria está com aquela faixa ‘cadê o plano de carreira da educação?’. Sabemos que só existe educação de qualidade com profissionais valorizados. O Plano vem nesse sentido e visa colocar a educação do município em um patamar mais elevado”, enfatizou.

Hilton Coelho disse que o prefeito ACM Neto descumpriu com a palavra empenhada. “A prefeitura fez um acordo com a categoria e não cumpriu. A categoria manifestou-se de forma unitária e combativa, uma verdadeira rebelião, em relação ao Plano de Carreira que significa um avanço não apenas para as educadoras e educadores e sim para toda a sociedade, para a educação do município", frisou.

Hilton afirmou que realizaram-se dois seminários reunindo mais de três mil pessoas discutindo o novo Plano de Carreira. "De todo o processo amplo e democrático foi concebido um plano de carreira que não fosse uma fraude, e sim um avanço de concreto. Após esse acordo se definiu que o momento de apreciação seria em junho e que ele seria efetivado agora em 2014 e reavaliado em 2015. Até agora não recebemos uma resposta do Executivo. Repito a pergunta, quantos meses serão necessários para que o Plano de Carreira atravesse a rua e venha do Executivo aqui para a Câmara Municipal?”, questionou.

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 12h22m
APÓS 40 DIAS, DILMA VOLTA A DESPACHAR NO PALÁCIO DO PLANALTO


Depois de ficar dedicada à sua campanha em busca da reeleição, alcançada no último domingo, 26, a presidente Dilma Rousseff voltou, na manhã de hoje, 29, a despachar em seu gabinete no terceiro andar do Palácio do Planalto, após 40 dias. O último dia que Dilma esteve no Planalto foi em 19 de setembro, quando recebeu atletas olímpicos e paralímpicos, vencedores de jogos na China e na Rússia.

Antes dessa data, ela esteve no Planalto em 25 de agosto, em uma meteórica passagem para se reunir com o presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Raymundo Damasceno de Assis, antes de seguir para São Paulo para se preparar para o primeiro debate dos presidenciáveis, na TV Bandeirantes, em 26 de agosto.

Dilma não tem agenda ainda determinada para hoje e a previsão é de que, no final do dia, embarque para a Base Naval de Aratu, na Bahia, para descansar até o final de semana.

Depois de ter vencido as eleições no domingo, Dilma, na segunda e terça-feira concedeu entrevistas a redes de televisão, recebeu telefonemas de presidentes e chefes de Estado, que lhe cumprimentaram pela vitória nas urnas e, na noite de ontem, promoveu uma grande reunião com parte de sua equipe econômica.

A expectativa é de que a presidente escolha o sucessor de Guido Mantega, no Ministério da Fazenda, antes de embarcar para a reunião do G-20, na Austrália, marcada para o dia 15 de novembro. Com isso, haveria uma redução da tensão do mercado, que tem provocado grandes oscilações na bolsa de valores e na cotação do dólar. (ESP)
 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 11h13m
PTN PROMETE OPOSIÇÃO INDEPENDENTE NA CÂMARA
 

 
Os deputados estaduais eleitos no dia 5 de outubro pelo PTN, PRP e Pros decidiram, na tarde de ontem, formar um bloco independente na Assembleia Legislativa da Bahia. Carlos Geilson, Alex Lima, Alan Castro, do PTN, Jânio Natal, Jurandy Oliveira, do PRP, e David Rios, do PROS, anunciam que começarão a atuar na Assembleia no dia 1° de fevereiro de 2015 de maneira independente, não seguindo, portanto, as orientações da bancada de situação ou da oposição. A decisão é válida para os trabalhos desenvolvidos no plenário e nas Comissões da Casa.(PL)


 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 11h10m
IMBASSAHY DEFENDE AUTONOMIA DO CONGRESSO


Com a escolha do novo presidente da Câmara dos Deputados na pauta de discussões, em Brasília, o líder do PSDB, Antonio Imbassahy, defende a necessidade de assegurar a autonomia da Casa Legislativa.

Segundo Imbassahy, existem vários assuntos de interesse da sociedade brasileira que precisam ser discutidos e levados a apreciação, sem interferências do governo. Ele entende também como relevante que o novo presidente da Câmara esteja antenado com os movimentos de participação popular.

Ele exemplifica com a derrubada, ontem, do decreto do Palácio do Planalto que cria os conselhos populares, cujo objetivo, diz o líder, é diminuir o papel do Legislativo, retirando atribuições constitucionais.

“Com esse decreto, a presidente Dilma quer que a escolha dos representantes do povo seja feita pelo governo do PT, e isso nós não vamos permitir”, afirmou. Para Imbassahy, é preciso garantir a liberdade de imprensa. “Precisamos estar atentos e unidos para impedir que a mídia seja amordaçada; é preciso exigir investigar as denúncias de corrupção da Petrobras, impedir que o Brasil se transforme em uma filial da Venezuela, enfim, defender a soberania nacional”, pregou. 

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 10h15m
PETISTAS DIZEM QUE PERFIL CONCILIADOR DE WAGNER AJUDARÁ DILMA ROUSSEFF


Após eleger em primeiro turno o seu sucessor e ajudar intensamente na campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), elevando a sua votação na Bahia, não é mais novidade que o governador Jaques Wagner (PT), está entre os mais cotados para assumir um ministério de peso no segundo mandato da chefe nacional. Apesar de o gestor ainda querer adiar as conversas, o assunto movimenta o meio político e cresce a cotação sobre qual pasta ele comandará a partir de janeiro de 2015. Uma das apostas é a Casa Civil, mas há especulações também sobre a Pasta de Relações Institucionais, diante de sua habilidade política, ainda mais, em um momento de previstas conturbações no Congresso Nacional.

O governador que chegou a ser questionado pela escolha em torno do nome de Rui Costa (PT), agora governador eleito, sendo acusado internamente de impor o candidato e desgastado pela oposição que previa um caminho fácil para as urnas, teria provado o que entende de jogo de político, aumentando o seu cacife junto às lideranças nacionais do PT e do Planalto. Com experiência administrativa, tendo já passado pelas Relações Institucionais e pasta do Trabalho no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e em fase de conclusão do seu mandato no estado, Wagner pode ser o coringa da presidente reeleita.

Lideranças petistas já teriam cogitado que a sua nomeação para a Casa Civil, prevendo que o cargo costuma ser de quem está posicionado imediatamente à direita dos presidentes. Nacionalmente fala-se também que ele pode ser nomeado para a Secretaria de Comunicação ou ficar na Secretaria Geral da Presidência, se o ministro Gilberto Carvalho deixar o governo. Outra possibilidade seria comandar a Casa Civil, caso Aloizio Mercadante vá para a pasta da Fazenda, o que não parece provável já que outros nomes vem sendo especulados e ele também teria sondado a possibilidade de permanência a onde está.

O perfil conciliador do governador é um dos critérios que o empurram para uma pasta de muito diálogo, conforme a visão de alguns petistas. Eles frisam que o assunto ainda corre de forma clara, mas destacam a tendência de ele assumir e “executar bem em qualquer posto”.

“Eu acho que ele pode desenvolver qualquer tarefa. É um exímio articulador político, mostrou isso quando foi ministro de Lula. Pode também assumir a Casa Civil, como pode comandar uma pasta mais temática, como ocorreu ao assumir o Ministério do Trabalho. É indiscutível o respeito obtido pelo governador, que fez bem o dever de casa e teve um papel de destaque na campanha, tendo todas as credenciais, mas essas questões não passam por enquanto de especulações”, disse o deputado federal Nelson Pelegrino.

O líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, deputado Zé Neto (PT), não dá dicas sobre o lugar a ser ocupado por Wagner, mas enfatiza a característica de fácil diálogo. “Onde ele for vai ajudar muito nas conversas que precisam ser feitas. O governador leva a sua experiência de pacificação que leva a outro entendimento institucional. A sua presença é muito importante”, disse.

Segundo Neto, o governador contribuiu para a corrida vitoriosa de Dilma. O petista frisa que o momento é “resolução e ajustes de ordem institucional”, em função dos atrasos por causa da campanha.  A expectativa é de que esses assuntos surjam nas próximas semanas.

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 10h09m
NETO DIZ QUE AÉCIO SAIU MAIS FORTE DAS URNAS
 
 
O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) afirmou durante entrevista à rádio Metrópole, que em nenhum momento da apuração dos votos do último domingo, o candidato derrotado Aécio Neves (PSDB) sentiu que já estava com a vitória. 
 
“Ele estava com os pés no chão. O mais importante é manter a dignidade e coerência. Acho que Aécio saiu muito maior do que entrou. Segundo o democrata, em nenhum momento a equipe sentiu o sentimento de derrotismo. “Essa foi a marca de superação de Aécio”, disse. 

ACM Neto analisou também o papel da oposição em mais um governo de Dilma. “Se a oposição quer ter alguma chance de disputar novamente a presidência e ganhar, é preciso tirar os trabalhos do corredor do Congresso e ir às ruas, para se aproximar do sentimento de mudança”. 


 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 10h05m
TENHO A CONSCIÊNCIA 'LIMPÍSSIMA', DIZ PIZZOLATO


Após deixar a prisão em Bolonha nesta terça-feira, 28, o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato disse que a cadeia em Modena foi melhor do que os oito anos passados no Brasil esperando o julgamento do mensalão "sem poder sair de casa", sendo "agredido" e "torturado nas ruas". Ele voltou a classificar o julgamento como um processo injusto.

Pizzolato afirmou que deixou o Brasil "para salvar sua vida", e que qualquer outra pessoa faria o mesmo. Afirmou, ainda, que tem a consciência "limpíssima". "Nunca perdi uma noite de sono por causa da minha consciência", garantiu.

O ex-diretor também criticou o processo do mensalão, que determinou a sua prisão. "Foi um processo injusto, mentiroso. Esconderam as provas e é lamentável que isso aconteça em pleno século 20. A Polícia Federal, o Instituto Nacional de Criminalística foi claríssimo e disse que eu não tinha nada a ver com aquilo."

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 09h40m
DILMA TERÁ DE ADOTAR 'MEDIDAS QUE ATACOU' NA CAMPANHA, DIZ MARINA


A ex-senadora Marina Silva, candidata derrotada à Presidência da República, divulgou, na noite desta terça-feira (28), um vídeo com um pronunciamento sobre a vitória de Dilma Rousseff, reeleita presidente da República, em segundo turno, no último domingo (28).

Ela afirmou que Dilma terá de adotar "medidas que atacou em sua campanha" e precisa "dar sinais de mudança na condução da economia para superar uma crise que ameaça se agravar com a estagnação e a volta da inflação".

Durante a mensagem, Marina parabenizou Dilma pela reeleição. "Quero cumprimentar a presidente Dilma Rousseff pela sua reeleição e desejar que seu governo atenda as melhores expectativas da sociedade brasileira, que exige mudanças, como ela mesma reconheceu em seu discurso de vitória".

Terceira colocada no primeiro turno, Marina Silva também falou de Aécio Neves, a quem apoiou publicamente no segundo turno. "Desejo que seu trabalho seja orientado pelos sonhos contidos na expressiva votação que recebeu."

 

...........................................................................................................................................................................

29/10/ - 09h06m
WAGNER TEM MUITO A ACRESCENTAR COMO MINISTRO DE DILMA, DIZ ESPECIALISTAS
 

 
O governador Jaques Wagner (PT), está entre os mais cotados para assumir um ministério de peso no segundo mandato da chefe nacional. A votação expressiva do PT no estado aproximou o comandante do cargo e ele deve está entre os escolhidos de Dilma.  
 
Apesar de o gestor ainda querer adiar as conversas, o assunto movimenta o meio político e cresce a cotação sobre qual pasta ele comandará a partir de janeiro de 2015. Uma das apostas é a Casa Civil, mas há especulações também sobre a Pasta de Relações Institucionais, diante de sua habilidade política, ainda mais, em um momento de previstas conturbações no Congresso Nacional. 

O governador que chegou a ser questionado pela escolha em torno do nome de Rui Costa (PT), agora governador eleito, sendo acusado internamente de impor o candidato e desgastado pela oposição que previa um caminho fácil para as urnas, teria provado o que entende de jogo de político, aumentando o seu cacife junto às lideranças nacionais do PT e do Planalto. 


 

...........................................................................................................................................................................



Rua Dr. José Peroba, 297, edf. Atlanta Empresarial, sala 1503 - Stiep - Salvador CEP: 41.770 - 235 - Tel: 3272 - 2960